Polícia

Polícia Civil prende dupla acusada de aplicar golpes em políticos e empresários via WhatsAapp

A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos – DCCT/SEIC, efetuou as prisões, em flagrante, a duas pessoas suspeitas de aplicar golpes financeiros contra empresários, prefeitos e deputados estaduais, pelo aplicativo de mensagens – WhatsApp. Ao todo, a dupla, uma mulher de 37 anos e um homem de 29 anos, arrecadou mais de R$ 60 mil em cinco dias de operação.

Operação da Polícia Civil do Maranhão resultou na prisão de dupla suspeita de crime tecnológico

De acordo com investigações da polícia, a dupla abria contas bancárias falsas e utilizava contas emprestadas pelos laranjas para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos em que os agentes criminosos se apossavam das contas do WhatsApp de autoridades públicas fazendo-se passar por estas. A partir daí, solicitavam transferências bancárias das pessoas que constavam em suas listas de contato, das quais eram alvos dos golpes. Os agentes ainda investigam se os suspeitos fazem parte de um grupo criminoso nessa prática de golpes via aplicativo de mensagem de texto.

Após a prisão, os presos foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde vão permanecer à disposição da justiça.

Os suspeitos foram enquadrados pelos crimes tipificados nos artigos 171 c/c, 71 e 154 do Código Penal Brasileiro.

Deixe uma resposta