Saúde

Barão de Grajaú: Um antes e depois do Hospital Barjonas Lobão que merece respeito

A cidade de Barão de Grajaú vive o seu melhor momento político, social e econômico, desde que começou a ser administrado pela prefeita Claudimê Lima. Hoje, vamos citar o exemplo do Hospital Municipal Barjonas Lobão que foi totalmente revitalizado e teve a reabertura do centro cirúrgico que, agora, oferece serviços de pequenas cirurgias, proporcionando uma gama ampliada de cuidados médicos aos baronenses.

Com um trabalho, árduo, sério e comprometido, a gestão municipal vem trabalhando, com afinco, na área da saúde e tem conseguido resgatar e devolver à população espaços imprescindíveis na garantia de seus direitos.

“Estamos comprometidos em elevar o padrão de saúde da nossa cidade, garantindo qualidade e variedade de serviços que antes não eram acessíveis. É essencial que as novas instalações estejam aptas para oferecer o melhor atendimento possível”, revelou a prefeita Claudimê.

 

Vacinação: Barão de Grajaú na luta contra a Poliomielite

A Prefeitura Municipal de Barão de Grajaú, por meio da Secretaria de Saúde, está empenhada na campanha nacional de vacinação contra a poliomielite, que começou nesta segunda-feira, 27, se estendendo até o próximo dia 14 de junho. A vacina é essencial para a prevenção da paralisia infantil. Pais e responsáveis devem levar os pequenos (de 6 meses a menores de 5 anos), com caderneta de vacina em mãos, certidão de nascimento, cartão SUS ou CPF, aos postos de saúde da cidade.

É de fundamental importância proteger as crianças e garantir a erradicação dessa doença. Vacinar é proteger!

Poliomielite

A poliomielite, doença infectocontagiosa aguda, é caracterizada pela contaminação pelo poliovírus que pode causar paralisia muscular dos membros inferiores, de forma assimétrica e irreversível. Em casos graves pode evoluir a óbito, sendo a vacinação a principal forma de prevenção.

É importante frisar que as crianças que já receberam a vacina, devem receber a gotinha do reforço.

Mais cuidado e segurança para as gravidinhas nas maternidades de São Luís

Neste sábado, 16, o Governo do Maranhão realizou vistorias nas unidades da rede estadual de saúde referência no atendimento materno-infantil em São Luís. O governador Carlos Brandão esteve no Hospital Infantil Dr. Juvêncio Mattos, na Maternidade Benedito Leite e na Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão (Marly Sarney). A inspeção teve o objetivo de verificar a qualidade do atendimento prestado à população e a estrutura das unidades para que sejam feitas melhorias que torne a prestação dos serviços ainda mais eficiente.

Governador Brandão vistoriando os serviços das maternidades em São Luís

As unidades são referência no atendimento infantil e a gestantes no estado. Durante as vistorias, acompanhado da primeira-dama, Larissa Brandão, o governador conversou com funcionários e pacientes para saber como está a qualidade do serviço prestado, além de ouvir outras demandas. O secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes, acompanhou a agenda deste sábado.

“Hoje, tiramos o dia para visitar nossos hospitais infantis. Durante a vistoria e conversa com os funcionários e pacientes, identificamos a necessidade de algumas adequações na estrutura física e ampliação de leitos. Agora, vamos fazer os estudos necessários e elaborar os projetos para que possamos melhor atender a população”, frisou o governador Carlos Brandão.

O secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes, falou sobre a importância da vistoria. “Escutando os profissionais, escutando os pacientes e, também, verificando pessoalmente cada unidade, podemos verificar o que podemos fazer para a melhoria da infraestrutura e dos serviços. Dessa forma, a gente vai cuidando de todos os maranhenses”, afirmou.

Qualidade do atendimento

E quem atesta a qualidade dos serviços prestados nas unidades são as principais beneficiadas, as mães. Valdene de Sousa veio de Lagoa Grande para ter a filha Isabelle em São Luís.

“Esta é a segunda vez que eu tenho um parto aqui em São Luís. Não tenho do que reclamar do atendimento, graças a Deus. Tudo que foi feito durante o processo do parto foi muito explicado para mim pelos médicos”, comentou, destacando o cuidado e o atendimento humanizado dos profissionais da rede estadual de saúde.

Aurinete Silveira da Silva, moradora de Paço do Lumiar, que teve a pequena Maria na capital, elogiou o atendimento. “Eu fiquei um pouco nervosa, porque eu nunca tinha feito uma cesárea, mas foi tudo muito bom, graças a Deus”, disse.

Juvêncio Mattos

Localizado no Centro de São Luís, o complexo hospitalar materno-infantil Dr. Juvêncio Mattos faz parte da macrorregião norte da Grande São Luís. Inaugurado na década de 1940 e ampliado em 2015, o hospital é referência no estado no atendimento infantil, de zero a 13 anos 11 meses e 29 dias. A unidade conta com 127 leitos de internação com fluxo de atendimento para demanda referenciada.

Em 2023, houve a unificação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) pediátrica em único espaço, no total de 20 leitos, melhorando a prestação de cuidados, otimizando os recursos humanos e uniformizando as condutas. Foram ampliados os leitos de UTI semi-intensiva de 8 para 12 leitos, com criação de 6 leitos de pacientes agudamente enfermos.

No centro cirúrgico pediátrico, destaca-se a aquisição de arco-cirúrgico e microscópio eletrônico, reduzindo os cancelamentos das cirurgias eletivas e a garantia da redução dos riscos para o sucesso dos procedimentos. Também foi feita a estruturação do serviço de cirurgias ortopédicas para o tratamento das deformidades ósseas de crianças com desordens neuromusculares associadas a paralisia cerebral, com redução da dor e melhora da qualidade de vida.

Dando continuidade a estes avanços, em breve será inaugurado na unidade um ambulatório de Fibrose Cística.

Maternidade Benedito Leite

A Maternidade Benedito Leite fica localizada na Avenida Jerônimo de Albuquerque, bairro Cohab, em São Luís, e oferece atendimento de urgência e emergência em obstetrícia com 51 leitos de enfermaria para o alojamento conjunto de gestantes em pré-parto, parto e puerpério.

A unidade de saúde dispõe também de serviço de UTI Neonatal, estrutura de 10 leitos e apoio à amamentação, com serviço de coleta domiciliar de leite humano para pasteurização e oferta aos bebês internados. A maternidade oferta ainda exames de imagem em análise clínica, ultrassonografia, teste rápido de HIV e triagem neonatal (pezinho, linguinha, orelhinha e coraçãozinho).

Na maternidade funciona também o Centro Sentinela de Planejamento Reprodutivo com serviços de orientação sobre planejamento familiar a mulheres que desejam utilizar métodos contraceptivos e inserção de DIU. A unidade ainda possibilita rodas de conversa com gestantes para o planejamento de parto e informações sobre etapas da gestação.

Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão (Marly Sarney)

Localizada no bairro Cohab Anil I, a Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão é referência estadual em atendimento obstétrico de alto risco, com 40 leitos de Enfermaria de Gestação de Alto Risco (EGAR), UTI adulto com 10 leitos, 59 leitos de enfermaria para o alojamento conjunto. A unidade de saúde conta com 38 leitos de UTI Neonatal, 38 leitos de UCINCo e 19 leitos de UCINCa.

A maternidade conta com Banco de Leite Humano, e oferece serviço de coleta domiciliar de leite para pasteurização e oferta aos bebês internados. A unidade possui sala de apoio e amamentação, além de serviços de exames de imagem em análise clínica, ultrassonografia doppler, tomografia e raio X e triagem neonatal (pezinho, linguinha, orelhinha e coraçãozinho, geneticista, Ambulatório de Alto risco, follow-up, neurocirurgia, odontologia e cirurgia ginecológica.

Na unidade, a Sala Cuidar garante atenção às urgências e emergências obstétricas, com suporte técnico de apoio e validação das conduções de situações de emergências à distância para 67 unidades de saúde de 60 municípios maranhenses.

Barão de Grajaú: Prefeita Claudimê garante que vai zerar fila de espera nas consultas oftalmológicas

“Vamos zerar a fila de espera dos pacientes que aguardam consultas oftalmológicas. Procure o seu agente de saúde e pegue sua senha”! 

Não foi uma promessa, apenas. Essa foi a garantia que a prefeita Claudimê Lima, da cidade de Barão de Grajaú, fez a todos aqueles que precisam e já aguardam por consultas oftalmológicas. Ao lado do representante da clínica Pró Saúde, no município, a gestora afirmou, numa fala inédita, “zerar” a espera nas consultas.

A prioridade desta grande ação da prefeitura é oferecer um atendimento de qualidade e eficiente a quem realmente precisa, para que sejam acolhidos e tenham as suas necessidades atendidas com excelência. “É fundamental que a população aproveite essa oportunidade, entrando em contato com o agente de saúde mais próximo e garantindo o seu atendimento”, ressaltou Claudimê.

Agentes de saúde sendo aperfeiçoados em treinamento para o grande mutirão de saúde

A partir do próximo dia 23, sexta-feira, até o dia 1° de março, o grande mutirão vai começar a ser realizado em consultas e exames, com médicos especializados, de forma totalmente gratuita, para a população. Mais de 10 tipos de exames estarão disponíveis.

Mais 

A partir de sexta-feira, 23, na Escola Raul Ramos, bairro Vereda Grande, as senhas para o 1° atendimento de regulação estarão sendo distribuídas.

Maranhão inicia aplicação da 2ª dose da vacina bivalente contra a Covid-19

O Maranhão já iniciou a aplicação da segunda dose da vacina bivalente contra a Covid-19 em pessoas com mais de 60 anos e/ou imunossuprimidos, acima, de 12 anos, que tenham recebido a primeira dose do imunizante há pelo menos seis meses. A medida segue uma orientação recente do Ministério da Saúde.

Na última quinta-feira (7), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) comunicou que as unidades de saúde pertencentes à rede estadual em São Luís, como as policlínicas do Vinhais, Vila Luizão, Cidade Operária, e o Hospital Aquiles Lisboa, estão administrando a dose de reforço da vacina bivalente.

Além dessas unidades, o público prioritário com indicação para a segunda dose da vacina bivalente pode procurar as salas de vacinação nos 217 municípios maranhenses.

Segundo a SES, é importante que a população atualize o esquema vacinal com as doses recomendadas para cada faixa etária.

Rede municipal de São Luís

Em São Luís, a aplicação da segunda dose de reforço da vacina bivalente contra a Covid-19 começa a partir desta segunda-feira (11), na rede municipal de saúde.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), a vacinação estará disponível para pessoas com 18 anos ou mais, que tenham recebido o primeiro reforço com a vacina há, pelo menos, seis meses.

Para vacinar, basta apresentar documento oficial com foto e o cartão de vacina.

As doses estarão disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, de segunda à sexta, das 8h às 17h. E no São Luís Shopping (Piso L1; Saída B), de terça à sábado, das 10h às 16h.

Câmara aprova acesso a fisioterapia pelo SUS para pacientes após tratamento de câncer de mama

A Câmara dos Deputados aprovou nesta segunda-feira (6) projeto de lei que garante acesso a fisioterapia no Sistema Único de Saúde (SUS) para quem fez tratamento de câncer de mama. A proposta será enviada ao Senado.

Proposta será enviada para apreciação no Senado

O Projeto de Lei 3436/21, da deputada Maria Rosas (Republicanos-SP) e do ex-deputado Francisco Jr., foi aprovado com emenda da relatora pelas comissões de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) e de Finanças e Tributação (CFT), deputada Iza Arruda (MDB-PE). O parecer foi lido em Plenário pela deputada Lêda Borges (PSDB-GO).

Segundo o texto aprovado, o tratamento fisioterapêutico, quando indicado pelo médico assistente e conforme regulamentação do Ministério da Saúde, servirá para reabilitar e prevenir complicações pós-tratamento. A fisioterapia será garantida também aos homens submetidos a tratamento para câncer de mama.

Se virar lei, a nova regra entrará em vigor depois de 180 dias de sua publicação.

Governo do Maranhão lança programa Cuidar de Todos para fortalecer a atenção primária à saúde nos municípios

Com o objetivo de prevenir e tratar as principais doenças que podem causar agravos à saúde e óbitos entre a população maranhense, o Governo do Estado lançou, nesta quinta-feira (3), o Cuidar de Todos, o maior programa de incentivo e apoio à Atenção Primária à Saúde do Maranhão, que beneficiará os 217 municípios do estado. O investimento inicial do programa é de R$ 55 milhões.

Nos próximos 12 meses o programa Cuidar de Todos investirá R$ 23 milhões na Força Estadual de Saúde (FES), que terá uma nova missão no âmbito do programa com foco na planificação e estratificação da atenção primária nos municípios em cada uma das 19 regionais de saúde do estado. Também serão investidos R$ 17 milhões na Farmácia Básica e R$ 15 milhões na premiação dos municípios que alcançarem os melhores resultados.

“Este é mais um grande programa do Governo do Maranhão para auxiliar as prefeituras. O programa tem várias metas que vão desde o cadastramento dos municípios, a entrega de equipamentos, o cuidado com as nossas gestantes, com as crianças, atenção à vacinação, apoio às cirurgias eletivas entre outras ações que vão melhorar os indicadores de saúde do nosso estado. E daqui a um ano iremos premiar os municípios que mais se destacarem no cumprimento das metas para incentivar as prefeituras a continuarem avançando”, declarou o governador Carlos Brandão.

Com a assinatura do termo de adesão ao programa, ocorrida nesta quinta-feira (3), foi estabelecido um pacto de cooperação técnica entre o governo estadual e as prefeituras para a doação de equipamentos para mais de 2.400 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e mais de 2.500 equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) em todo o estado para os municípios que aderirem ao programa.

Durante a solenidade de lançamento do programa, o governador Carlos Brandão também assinou o envio para a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (Alema) do projeto de lei que institui o Cuidar de Todos no âmbito do sistema de saúde estadual.

“A Assembleia Legislativa é parceira do Governo do Maranhão e apoia todos os projetos que fortaleçam o municipalismo e melhorem a vida da nossa população. Tenho certeza de que nossa bancada será muito sensível e vai analisar, votar e aprovar com brevidade o programa Cuidar de Todos”, ressaltou a presidente da Assembleia, deputada Iracema Vale (PSB).

Ainda como parte da solenidade foi feita a entrega simbólica do Vale Kit Equipamentos, recebidos pelos prefeitos Rigo Teles (Barra do Corda) e Vanessa Furtado (Paraibano), representando as 217 prefeituras. Foram entregues simbolicamente também as cadernetas do Pequeno Maranhense e da Gestante.

Programa Cuidar de Todos

O programa Cuidar de Todos vai impactar a população em geral dos municípios, priorizando crianças menores de 1 ano de idade, gestantes, pessoas com hipertensão arterial sistêmica (HAS) e diabetes mellitus (DM) e motociclistas.

O secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes, destacou que se trata do maior investimento feito na atenção básica pelo Governo do Maranhão. “Com esse programa vamos reduzir indicadores importantes como a mortalidade materna e mortalidade infantil, entre outros. É uma grande pactuação entre o governo e as prefeituras para a melhoria dos indicadores de saúde do nosso estado com metas para 2023, 2024 e 2025 para que em 2026 a gente tenha uma rede de atenção básica melhor estruturada e fortalecida”, disse.

O programa Cuidar de Todos, além da atenção primária, deve contemplar também ações como cirurgias, serviços especializados, saúde animal, oftalmologia, realizar ações nas comunidades e incluir um projeto especifico para agilizar os atendimentos às vítimas de acidente vascular cerebral (AVC).

Entrega de equipamentos

O programa Cuidar de Todos possui três etapas. A primeira etapa é a de adesão dos municípios e doação dos equipamentos para melhorar a estrutura das unidades básicas de saúde e, consequentemente, apoiar na melhora dos indicadores prioritários.

As unidades básicas de saúde e as equipes de Estratégia Saúde na Família (ESF) receberão kits de equipamentos compostos por itens como oxímetro de dedo (aparelho usado para medir a oxigenação do sangue e a frequência cardíaca), réqua antropométrica, aparelho para nebulização, balança infantil digital, balança plataforma com estadiômetro adulto (equipamento para medir a estatura do paciente durante uma avaliação física), caixa térmica com termômetro e foco de luz para exame ginecológico. Também serão entregues glicosímetro (aparelho para medir a glicose), tiras para glicemia e lancetas para glicemia para acompanhamento de pacientes diabéticos.

Os kits incluem ainda oftalmoscópio para o chamado “Teste do Olhinho”, otoscópio (dispositivo para examinar o ouvido), detector fetal doppler, balança portátil, antropômetro vertical portátil, aparelho de aferição da pressão arterial completo para pacientes hipertensos adultos, aparelho de aferição da pressão arterial completo para pacientes hipertensos obesos, escala de Snellen, termômetro clínico digital, além de kit de higiene bucal e de aparelhos para nebulização.

Também serão entregues duas cadernetas. A Caderneta do Pequeno Maranhense irá garantir o acompanhamento da cobertura vacinal entre as crianças. E a Caderneta das Gestantes vai ajudar no acompanhando do pré-natal.

Monitoramento dos indicadores

Na segunda etapa do programa acontecerá o monitoramento dos indicadores e o apoio técnico da Secretaria de Estado da Saúde (SES) aos municípios. Para isso foi criada a plataforma Monitora Maranhão, uma parceria entre a SES e as secretarias de Estado de Governo (Semgov) e Adjunta de Tecnologia e Informação (Seati).

Por meio da plataforma será feito um mapeamento destes indicadores de todos os municípios maranhenses. Os dados poderão ser acessados por todas as prefeituras, além dos técnicos da SES, para facilitar o planejamento das ações estratégicas de saúde.

Os índices a serem monitorados foram classificados em “Indicadores de Impacto”, no qual estão as taxas de mortalidade infantil, mortalidade materna, mortalidade por acidente envolvendo motociclistas, mortalidade por acidente vascular cerebral (AVC) e infarto agudo do miocárdio (IAM).

Os demais índices que serão monitorados foram classificados como “Indicadores de Esforço”. Entre eles estão a proporção de recém-nascidos filhos de mães adolescentes, taxa de cobertura vacinal em crianças menores de 1 ano, proporção de gestantes com pelo menos seis consultas de pré-natal realizadas, taxa de internação por diabetes mellitus e por hipertensão arterial sistêmica na população de 18 anos e outras.

Concurso Inova Saúde

Na terceira etapa do programa será realizada a premiação dos municípios que tenham alcançado os melhores resultados nos indicadores de impacto do Cuidar de Todos por meio do Concurso Inova Saúde.

Nesta etapa serão premiados os 38 municípios que atingirem os melhores índices nas 19 regionais estaduais de saúde.

Aprovação pelos prefeitos

Como todos os programas lançados pelo Governo do Maranhão de apoio aos municípios, o Cuidar de Todos foi recebido com entusiasmo pelos prefeitos. “Tenho certeza que todas as prefeituras irão aderir ao programa, pois ele vai garantir um apoio fundamental para os serviços de saúde municipais”, afirmou Ivo Rezende, prefeito de São Mateus do Maranhão e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem).

O prefeito de Santa Inês, Felipe dos Pneus, foi um dos que também já aderiu ao programa. “Santa Inês tem muito a ganhar com o programa Cuidar de Todos. A saúde da nossa população ficará melhor cuidada, vamos garantir mais bem-estar e a estrutura da nossa rede de saúde básica vai ganhar mais qualidade”, comentou.

Cresce, cada vez mais, o número de morte por infarto fulminante entre jovens e adultos

Metade dos infartos pode ser prevenida apenas com alterações no estilo de vida.

Quando falamos de vítimas de doença cardiorrespiratória, a primeira impressão que pode vir à cabeça é de que são pacientes com idade mais avançada, porém, os jovens estão sofrendo mais paradas cardíacas. Embora o grupo da 3ª idade ainda seja maioria, existe um aumento no número de casos entre pessoas com menos de 40 anos, que vem levando à redução da média de idade. É cada vez mais constante e diária a morte de jovens e adultos por infarto. Segundo dados do Ministério da Saúde, no Brasil, a cada dois minutos morre uma pessoa devido a uma enfermidade cardiovascular. A incidência entre o público mais jovem vem aumentando consideravelmente.

A pandemia de Covid-19 piorou o cenário. Além de a doença em si aumentar o risco de problemas cardiovasculares, também pesaram as suas consequências para a saúde mental, que incluem aumento de ansiedade e depressão, condições relacionadas à piora da saúde cardíaca.

Dores e sensação de aperto no peito, falta de ar, fadiga e náusea. Esses e outros sintomas em conjunto são fortes indicações de que uma pessoa pode estar sofrendo de infarto. Mas cerca de metade deles são silenciosos, ou seja, não apresentam qualquer sinal. A presença de alguns fatores de risco considerados clássicos expõe as vítimas a um maior risco de desenvolver doenças cardíacas. As consequências de um ataque cardíaco sem sintomas podem ser tão ruins quanto as de um ataque facilmente reconhecido.

A prática de exercícios físicos regulares, é uma das melhores formas de prevenção conta o infarto. A adoção desse hábito, combate o sedentarismo, obesidade, diabetes, colesterol, hipertensão e fortalece o músculo do coração, reduzindo consideravelmente a probabilidade de um infarto.

Câmara de São Luís realiza São João da Vacinação

Serão oferecidas vacinas de Tétano, Hepatite B, Febre Amarela, Tríplice Viral, Influenza e a Bivalente contra o vírus da Covid-19

A Câmara de São Luís, por meio do Departamento de Saúde e Assistência ao Servidor, começou, nesta segunda-feira, 26, a ação de vacinação dos servidores e seus dependentes. O São João da Vacinação ocorre das 9h às 15h, na Sala de Atenção ao Servidor.

Nele serão ofertadas as vacinas de Tétano, Hepatite B, Febre Amarela, Tríplice Viral, Influenza e a Bivalente contra o vírus da Covid-19. Para ter acesso ao serviço, basta apresentar RG, cartão do SUS e carteira de vacinação.

A gente busca sempre valorizar e trazer a comunidade para os nossos servidores. Estamos, desde o início do ano, realizando atividades que busquem essa valorização. E, nessa ação da vacina, mais uma vez, a gente está buscando isso, a facilidade. A gente sabe que, às vezes, as pessoas têm essa dificuldade em não saber onde estão vacinando, de ir atrás, procurar um posto (…) então, por isso, a gente decidiu facilitar, trazer aqui para dentro da Câmara seis tipos de vacinas que a gente tá oferecendo aqui hoje”, esclareceu o Diretor Administrativo da Câmara, Caio Lima.

  • Mônica

    Mônica Alves

    O blog Mônica Alves é um veículo de comunicação virtual, que vai informar, sugerir e analisar assuntos políticos, bastidores e comportamentos variados do estado do Maranhão e do Brasil.

    Ao criar essa página, quero contribuir e levantar questionamentos subjetivos dos mais simples aos que ganham grandes espaços de notoriedade, além de dar espaço à boas histórias, com personagens e lugares que serão (re) descobertos por meio de relatos em viagens, festividades culturais e visitas etnográficas, mas que nem sempre têm a oportunidade do destaque merecido.