Polícia

Homem é preso ao ser pego se masturbando em voo para São Luís

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento em um homem se masturba ao lado de uma passageira dentro de um avião que decolou de Brasília com destino a São Luís. Quem também estava no voo e deu voz de prisão ao suspeito, foi o ex-secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela.

Ainda segundo Jefferson Portela, após a decolagem, o homem voltou a se trancar no banheiro do avião e ficou lá por cerca de 30 minutos. Ao voltar para seu assento, o homem começou a se masturbar ao lado de uma mulher.

Ao perceber a cena, um dos passageiros começou a filmar e alertou o ex-secretário, por meio de uma mensagem de texto no celular, de que o suspeito estava se masturbando. A tripulação foi chamada e trocou a mulher de lugar, levando-a para próxima de Jefferson Portela e outro passageiro.

“Pouco antes do pouso, o homem voltou a se trancar no banheiro do avião. Ele só saiu após a tripulação bater à porta e chamá-lo por diversas vezes, obrigando-o a sair de lá”, disse o ex-secretário.

Assim que a aeronave pousou em São Luís, Jefferson Portela deu voz de prisão ao homem por importunação sexual e o apresentou aos agentes da Polícia Federal (PF), que estavam de plantão no Aeroporto de São Luís. O ex-secretário também deu apoio no encaminhamento do suspeito até a sede da PF, na Cohama. Testemunhas confirmaram à polícia o crime de importunação praticado pelo homem contra a passageira.

“Foi acionada uma viatura da PF, e o suspeito foi encaminhado à sede da Polícia Federal, na Cohama, onde prestou depoimento, e a autoridade policial tomou as medidas cabíveis”, informou Portela.

Segundo a PF, foi verificado que o suspeito tem passagens recentes por estupro de vulnerável. Ainda de acordo com a PF, após a autuação, o homem foi levado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Acabou o milho e a pipoca: Empresário Alessandro Martins tem busca domiciliar pela Polícia Civil

Alessandro Martins sendo conduzido por policiais

Na manhã chuvosa desta quarta-feira, 21, o empresário Alessandro Martins foi levado para a delegacia pela Polícia Civil.

O ex-presidente da concessionária Euromar, após anos afastado da capital, retornou nos últimos meses disposto a causar! Sim, é só o que tem feito e publicizado em sua rede social. Tem conteúdo de todo tipo.

E, devido a tantas polêmicas, sendo as últimas de ataques e “denúncias” a membros da Justiça do Maranhão, Alessandro se viu tendo busca domiciliar.

Ele foi detido em sua residência, um apartamento na área da Ponta do Farol, após desacatar uma equipe que foi ao local cumprir um mandado de busca e apreensão. Por isso, foi levado para o registro de um termo circunstanciado de ocorrência (TCO).

Pedido de prisão negado

A ação contra Martins tem relação com uma denúncia formulada por Felipe Loiola por ameaça, difamação, invasão de domicílio, dentre outros possíveis crimes.

O delegado Ney Anderson Gaspar chegou a pedir a prisão do empresário, o que foi negado pelo juiz Rogério Rondon, titular da 1ª Central de Inquéritos e Custódia.

A decisão do juiz levou em consideração o fato de Alessandro não possuir antecedentes criminais e ter residência fixa, além da não gravidade dos delitos investigados. Contudo, a busca domiciliar foi autorizada com base em evidências que indicam a materialidade dos crimes e indícios de autoria por parte do acusado.

Em tempo

Após prestar depoimento e ser liberado, vamos ver o que a figura, Alessandro Martins, tem para trazer, de conteúdo, em seu Instagram.

Agora, foram os pais de Skarllete Melo, presos por acessarem processos sigilosos da Justiça

Na manhã desta terça-feira (20), os pais da “influenciadora” Skarllete Melo, investigada por divulgação de jogos de azar, foram presos durante a 3ª fase da operação “Quebrando a Banca”. Além disso, quatro advogados também foram presos pela Polícia Civil nesta manhã por acessarem processos sigilosos que tramitam na Justiça contra a influencer e o marido dela, Erick Costa.

De acordo com a polícia, os advogados cobraram até R$ 300 mil dos pais de Skarllete para repassarem informações dos processos. A intenção seria de se antecipar à Justiça no cumprimento de prisões em flagrante e apreensões.

Nesta fase da operação, denominada “Eega Omnes”, contou com o apoio de policiais civis dos estados do Ceará e Bahia e tem como objetivo o cumprimento de 18 ordens judiciais, sendo oito de prisão preventiva, oito de busca e apreensão, e dois de sequestro de valores.

“Não existem registros criminais ou processos para apuração de ato infracional” diz juíza após soltura a um dos envolvidos na morte do motorista Francisco do Vale

A grande repercussão no caso do motorista de ônibus, Francisco do Vale, assassinado na noite da última segunda-feira, 22, enquanto estava no volante à trabalho, vem ganhando desdobramentos desde o trágico acontecimento.

Além do imediato recolhimentos da frota de ônibus na mesma noite e durante o dia seguinte, a Polícia Civil atuou rapidamente e, aliada ao serviço de Inteligência, conseguiu detectar e prender os criminosos. A prisão e as apreensões dos 3 meliantes aconteceu na tarde de ontem, 23.

Após prisão, Justiça manda soltar um dos suspeitos

Situação que vem causando revolta é que, após a prisão dos suspeitos pelo assalto seguido de assassinato ao motorista Francisco, a Justiça mandou soltar um dos envolvidos.
A decisão, assinada pela Juíza Criminal Plantonista, Maria da Conceição Privado Rêgo, concedeu liberdade a Leonidas Cunha Ribeiro, apontado como um dos participantes no assassinato do motorista.

Em depoimento, Leonidas disse que estava trabalhando carregando entulho com os adolescentes, quando um deles mostrou uma arma calibre 38 e o convidou para praticar um assalto. Leonidas diz que respondeu que ‘isso não daria certo e foi para casa’. Também, durante o depoimento, Leonidas falou que, por volta das 22h, soube do assassinato e que foi até um matagal socorrer os adolescentes.

Com base nos dados fornecidos e em resposta a uma solicitação da Defensoria Pública do Maranhão (DPE-MA), a magistrada concedeu a libertação de Leônidas com base em um ‘vício formal’. Isso se deu devido à ausência dos requisitos estipulados pelo Artigo 302 do Código de Processo Penal, que define os diferentes tipos de flagrante.

Na decisão, a juíza declarou, ainda, que ‘não existirem registros criminais ou processos para apuração de ato infracional anteriores em desfavor’ de Leônidas, que ‘este não esteve na cena do crime e não há no momento qualquer indício de sua participação ou mentoria’, conforme descrito no documento.

Já os outros dois suspeitos, adolescentes, seguem detidos e um deles assumiu ter atirado no motorista. No entanto, a Polícia Civil afirma que segue investigando o caso para tentar confirmar a autoria do crime.

Ainda segundo a Polícia Civil, os suspeitos residem nas proximidades do Terminal Rodoviário de São Luís, na região do bairro Vila Lobão, área bem próxima em que o assalto ao ônibus foi praticado.

Caça ao Tigre: Mais uma ação da polícia prende influenciadores por divulgação de jogos de azar

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por meio do Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO/SEIC) e apoio da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO/PCCE), deflagrou, na manhã desta sexta-feira (15), a segunda fase da operação ‘Quebrando a Banca’, que investiga pessoas ligadas a jogos de azar, conhecidos como ‘Jogo do Tigre’. Um suspeito foi preso em São Luís e outra prisão foi efetuada em Fortaleza (CE), de acordo com informações do delegado do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos da Seic, Guilherme Campelo.

Casal conhecido na capital por divulgação de jogos de azar, arrolados na operação

Em São Luís, o investigado conduzido foi identificado como Erik Costa Brito. Já investigada nesta operação, a influenciadora Skarllete Mello passou a ser monitorada por meio de tornozeleira eletrônica. Ela e um dos presos, Erik Costa Brito, com quem mantém um relacionamento amoroso, estavam em um hotel de luxo da capital cearense onde estavam prontos para a realização de uma festa de lançamento de uma plataforma de jogos de azar. Um carro de luxo ainda foi apreendido no local. Outros 10 mandados de busca e apreensão, além de um mandado para implementação de cautelar que, também, foi efetuado.

1ª fase

Em setembro de 2023, a Polícia Civil deflagrou a primeira fase da operação contra o “Jogo do Tigre”, apreendendo bens da influenciadora Skarlete Mello, que vinha divulgando o jogo nas suas redes sociais.

Durante a operação contra o jogo, a Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão contra dois investigados e esteve na residência de Skarlete, em São Luís. Segundo a investigação, foi detectada uma movimentação patrimonial incompatível com os investigados, que teriam conquistado altos valores por meio do jogo.

Na casa de Skarlete, foram apreendidas três motocicletas, quatro carros, incluindo dois veículos de luxo e um jet-ski. A Justiça também autorizou o bloqueio de R$ 8 milhões na conta bancária da influenciadora. Ela estaria associada aos crimes de divulgação dos jogos de azar, loteria não autorizada, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Em tempo

A operação também contou com o apoio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC), Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) e do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), através do Projeto IMPULSE, inserido no Programa de Enfrentamento a Organizações Criminosas (Enfoc).

São Luís: Homem invade faculdade particular e ataca alunos e funcionários com gás de pimenta

Alunos e funcionários de uma faculdade particular localizada no bairro Turu, em São Luís, presenciaram momentos de tensão na manhã desta quarta-feira, 22, após um homem, identificado como um dos alunos da instituição, promover ataques a outras pessoas dentro da faculdade.

De acordo com a Polícia Militar do Maranhão (PMMA), o homem usou gás de pimenta para atingir diversas pessoas. Em imagens que circulam nas redes sociais, é possível ver os alunos e funcionários correndo pelos corredores da faculdade e pessoas que foram atingidas sendo socorridas. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi acionado até à instituição.

Após o ataque, o homem foi imobilizado por outros alunos e, em seguida, levado a uma unidade hospitalar para ser atendido devido a alguns ferimentos que sofreu na região da cabeça durante a imobilização.

Até o momento, a polícia ainda não identificou qual teria sido a motivação para o ataque, mas o caso está sendo investigado.

São Luís: Encontrado, no bairro Alto do Calhau, corpo que pode ser de advogado desaparecido

Na tarde desta quinta-feira (19) a Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) achou um corpo na comunidade Portelinha, na região do bairro Alto do Calhau, em São Luís. De acordo com a polícia, ainda não há confirmação sobre a identidade da vítima, mas há suspeita de que seja do consultor jurídico Samuel Araújo, que está desaparecido desde o último dia 12 de outubro (Dia das Crianças).

De acordo com o delegado George Marques, titular da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), o corpo encontrado tem tatuagens e as mesmas características físicas de Samuel Araújo, porém, é preciso passar por perícia, para ser confirmado, com exatidão, de que se trata do consultor desaparecido.

O corpo foi localizado após trabalho do Serviço de Inteligência da Polícia Civil e com ajuda de cães farejadores.

 

 

Justiça do Maranhão mantém condenação de Lucas Porto, mas reduz pena

O Tribunal de Justiça do Maranhão ratificou a decisão do Tribunal do Júri de São Luís, emitida em julho de 2021, que condenou Lucas Leite Ribeiro Porto pelo assassinato da publicitária Mariana Menezes de Araújo Costa Pinto, nesta quinta-feira, 05. O crime ocorreu em novembro de 2016 no apartamento da vítima, localizado no bairro do Turu.

A pena inicial de 39 anos de reclusão por homicídio qualificado e estupro foi ligeiramente reduzida para 34 anos e oito meses. O desembargador Ronaldo Maciel, relator do caso na 2ª Câmara Criminal Isolada do TJ, ressaltou a clareza da decisão do júri, sendo acompanhado pelos desembargadores Vicente de Paula Castro e José Luiz Oliveira.

Há dois anos, durante o julgamento, os jurados acolheram a tese do Ministério Público do Maranhão de homicídio qualificado por feminicídio. A acusação afirmou que Lucas Porto cometeu o crime por asfixia, utilizando de meio cruel e impossibilitando a defesa da vítima, visando ocultar o estupro e configurando, assim, feminicídio. A confirmação da condenação destaca a seriedade do caso e a busca por justiça no sistema judicial do Maranhão.

De O Informante

Operação Quebrando a Banca, da Polícia Civil, investiga esquema que envolve “Jogo do Tigre”, em São Luís

Na manhã de hoje, 26, a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), da Polícia Civil do Maranhão deflagrou a operação “Quebrando a Banca”, onde uma “influenciadora digital” de São Luís foi o alvo diretamente atingido e investigado pelo que a Polícia define como “esquema do jogo online Tigre”.

Em vídeo divulgado, Skarlet Mello, diz ter sido acordada e surpreendida por vários policiais entrando em sua casa, onde, foram apreendidos, carros, motos, roupas, além de perfumes. Skarlet foi alvo direto da investigação.

As investigações apontam que existe um esquema em torno do jogo online. A influenciadora estaria ganhando dinheiro para divulgar o jogo para seus mais de 300 mil seguidores. Nas redes, ela ostenta carros de luxo, compras e viagens caras.

O que é o Fortune Tiger

No Brasil, o “Jogo do Tigrinho” foi amplamente divulgado por influenciadores e ficou famoso por prometer ganhos em dinheiro. No entanto, o Fortune Tiger é um jogo de cassino online do tipo caça níquel, considerado ilegal no país. Como na maioria dos jogos de azar, a tendência é que jogadores percam dinheiro para a plataforma.

Em tempo

Se tornando cada vez mais comum e viciante, o Jogo do Tigre, como é popularmente conhecido, tem feito cada vez mais adeptos, além de vítimas. Duas pessoas já cometeram suicídio no Maranhão por apostarem na plataforma e perderem tudo. 

  • Mônica

    Mônica Alves

    O blog Mônica Alves é um veículo de comunicação virtual, que vai informar, sugerir e analisar assuntos políticos, bastidores e comportamentos variados do estado do Maranhão e do Brasil.

    Ao criar essa página, quero contribuir e levantar questionamentos subjetivos dos mais simples aos que ganham grandes espaços de notoriedade, além de dar espaço à boas histórias, com personagens e lugares que serão (re) descobertos por meio de relatos em viagens, festividades culturais e visitas etnográficas, mas que nem sempre têm a oportunidade do destaque merecido.