Geral

Barra do Corda: AGED-MA, em ação conjunta com a Polícia Militar e Vigilância Sanitária, realiza blitz móvel para transporte de animais

Foi realizada, durante toda a manhã desta segunda-feira, 22, na BR 226, entrada da cidade de Barra do Corda, Blitz Móvel para fiscalização do transporte de animais vivos, produtos e subprodutos de origem animal e vegetal, com intuito de detectar se esses produtos estavam dentro dos parâmetros de obediência da legislação vigente no estado do Maranhão, com referência a Guias de subproduto e Transporte de Animais (GTA) – documentos oficiais utilizados para tráfego -, que têm a finalidade de rastreabilidade e prevenção da entrada de doenças no estado.

A ação conjunta da AGED-MA – Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão, Polícia Militar e Vigilância Sanitária do município, quis, também, vistoriar a aplicação das exigências sanitárias e procedimentos adequados nas cargas, além de orientação aos motoristas, no uso de máscaras nos caminhões e vans.

Fiscais agropecuários, Polícia Militar e Vigilância Sanitária, juntos, em ação, na cidade de Barra do Corda

Ao todo, foram abordados 25 automóveis, entre veículos grandes e de pequeno porte e, segundo os fiscais agropecuários presentes na ação, nenhuma irregularidade foi detectada, apenas reforçada a necessidade das medidas de segurança sanitárias estabelecidas pelos órgãos de saúde.

“O que a AGED, em parceria com os colaboradores nessa ação quer, é, antes de tudo, realizar um trabalho de orientação e educação sanitária junto aos motoristas, para que tanto as viagens à passeio, quanto à serviço, ou no transporte animal e vegetal, sejam seguras. Os caminhões abordados com transporte de animais vivos, como, cavalo, boi, cabra, porco, aves e peixes, por exemplo, a exigência que fizemos da documentação GTA, estava toda em dia”, destacou a fiscal agropecuária do estado, Daniela Guedelha.

Saúde

COVID 19: governador do Piauí anuncia lockdown ‘parcial’ no Estado

As restrições começam a valer das 0h de quarta-feira e seguem até o dia 7 de março. Durante esse período, poderão funcionar apenas atividades consideradas essenciais, como, construção civil e área da saúde. Comércio, bares e restaurantes, somente funcionarão por meio do sistema delivery. Já as aulas presenciais, na rede pública e privada, além de atividades religiosas, estão proibidas de acontecer em todo o estado do Piauí.

Wellington Dias – governador do Piauí

O governador piauiense Wellington Dias (PT) anunciou, há pouco, que ficarão suspensas, até o dia 7 de março, todas as atividades presenciais no Estado, com exceção dos serviços essenciais.

A medida vem após a ocupação dos leitos de UTI chegar a mais de 90%, em decorrência de pessoas infectadas pelo novo coronavírus e, com isso, a grande chance de ocorrer colapso na rede de saúde. O governo não divulgou ainda o decreto, mas adiantou algumas medidas do “lockdown parcial” que ocorrerá com restrições semelhantes ao do ano passado.

O comércio, bares, restaurantes suspendem o atendimento presencial e os serviços só irão funcionar por delivery.

Veja o que funcionará:

– mercearias, mercadinhos, mercados, supermercados, hipermercados, padarias;
– farmácias, drogarias, produtos sanitários e de limpeza;
– lavanderias;
– postos revendedores de combustíveis, distribuidoras de gás, oficinas mecânicas e borracharias;
– lojas de conveniência e de produtos alimentícios, situadas em rodovias e BRs, na zona rural;
– hotéis, com atendimento exclusivo dos hóspedes;
– distribuidoras (exceto de bebidas alcoólicas) e transportadoras;
– serviços de segurança e vigilância;
– serviços de alimentação preparada e bebidas exclusivamente para sistema de delivery ou drive-thru;
– bancos, serviços financeiros e lotéricas;
– serviços de telecomunicação, processamento de dados, call center e imprensa;
– transportes de passageiros;
– hospitais e laboratórios;
– prestação de serviços de atividades físicas.

Ficam proibidos:

– Atividades religiosas de forma presencial – missas e cultos;

– Suspensas atividades em parques, praias e espaços que podem gerar aglomerações;

– Proibidas as realizações de festas, shows, atividades culturais e esportivas;

– Atividades presenciais em todos os órgãos públicos; e irão funcionar apenas 30% de atividades presenciais de servidores;

– Suspensas aulas presenciais; apenas remotas;

As restrições começam a valer das 0h de quarta-feira e seguem até o dia 7 de março. Durante esse período, poderão funcionar apenas atividades consideradas essenciais, como, construção civil e área da saúde. Comércio, bares e restaurantes somente funcionarão por meio do sistema delivery. Já as aulas presenciais, na rede pública e privada, além de atividades religiosas, estão proibidas de acontecer em todo o estado do Piauí.

“A situação é muito grave. Temos um problema real, em relação a mais profissionais. Não estamos encontrando profissionais para criar mais leitos. Estamos com dificuldade também para o abastecimento de remédios e insumos. Em razão disso, estamos pedindo a contribuição das pessoas. Vamos fazer um esforço muito grande para reduzir os adoecimetos e óbitos, para garantir a retomada com menos prejuízos para a própria economia”, destacou o governador Wellington Dias.

Inicialmente, as medidas seriam adotadas apenas em regiões mais atingidas, mas o Estado mudou o posicionamento após ouvir os técnicos do COE – Comitê de Operações Emergenciais.

“A medida prevalece para todo o Estado. Eu mesmo estava colocando a necessidade de ter uma posição para as quatro regiões mais afetadas, porém, o Comitê orientou e nós acatamos que todo o Piauí terá que seguir esse regramento”, anunciou o governador.

Cidade Verde

Polícia

Caso Mariana Costa: entenda por que o julgamento de Lucas Porto precisou ser adiado apenas para Maio

Julgamento de Lucas Porto estava marcado para acontecer na próxima quarta-feira, 24, mas foi adiado a pedido da defesa do acusado. Julgamento deve acontecer em Maio.

A jovem Mariana Costa

Após completar 4 anos e 3 meses do assassinato da publicitária Mariana Costa, sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney, que, segundo investigações da Polícia Civil, foi morta pelo cunhado Lucas Porto, o julgamento do réu confesso, que estava marcado para acontecer na próxima quarta-feira, 24, foi adiado somente para o mês de Maio, pelo Tribunal de Justiça do Maranhão. Lucas é acusado de estuprar e matar, asfixiada, Mariana, em 13 de Novembro de 2016.

“A decisão foi tomada pelo juiz da Ação, José Ribamar Helluy Júnior, depois de um pedido da defesa de Lucas Porto para realização de uma perícia. Como não haveria tempo de conclusão dessa perícia até a data do júri, foi necessário o adiamento”.

Entendendo o pedido de perícia 

Em Novembro passado, na situação de repórter de uma Tv local, tive a oportunidade de entrevistar o, na época, mais novo advogado no caso, Arildo de Paula, sendo contratado pela família de Lucas. O advogado e, também, perito, fora admitido ao caso, pela família, no intuito de encontrar novas provas que pudessem ajudar a inocentar o empresário, além de realizar perícias nos celulares de Lucas e Mariana.
“É um direito da família contratar assistentes técnicos”, afirmou o advogado, na entrevista, em 2020.

O desafio começaria a partir daí, a defesa conseguir provar e convencer a Justiça de que existiu uma 3º pessoa envolvida na morte da publicitária, pois, segundo o advogado, as investigações foram realizadas de forma seletiva, incompleta e sem ouvir todas as partes que estiveram no apartamento no dia do crime. Sem falar na omissão do material que pudesse inocentar o réu, de acordo com a defesa de Lucas.

Arildo de Paulo, advogado e perito de defesa do réu

Conforme afirmou Arildo, o que a nova defesa estava buscando era provar a versão do acusado e que a perícia nos dois aparelhos de celular seria crucial para novos rumos na investigação.
O profissional da nova banca de defesa do réu ainda questionou o motivo de o celular de Mariana nunca ter passado por perícia, na simples justificativa de “estar com senha”.

“O que a defesa está buscando são provas do que será, eventualmente, alegado no tribunal do júri, que é a inocência de Lucas. Uma das possibilidades que a defesa acredita é de uma 3º pessoa no local do crime, porque do período que Lucas sai do apartamento, até a chegada de outra pessoa, chamada Patrícia, passou-se quase 1h30 e não foram mandadas ao processo essas filmagens”, garantiu o advogado Arildo.

Foi a partir de brechas apontadas como essas e de perguntas que não ficaram esclarecidas, que os novos assistentes técnicos de defesa do réu, entenderam que seria de extrema necessidade o pedido de novas perícias, alegando que o momento de pedir “é exatamente esse” (Novembro passado, época da entrevista), “que é na fase que nós chamamos de Artigo 422 – código de processo penal”. Então foram requeridas essas diligências (…) O juiz entendendo que não é um pedido protelatório deferiu e agora estamos realizando e aguardado os resultados.
Tudo deve ser levado ao conhecimento do Conselho de Sentença. Todas essas provas”, garantiu o advogado.

Diante disso, de a perícia não ser concluída a tempo, o julgamento precisou ser adiado.
Enquanto isso, Lucas segue preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde responde pelos crimes de estupro, homicídio e feminicídio.

Para o advogado Arildo, o resultado das novas perícias realizadas, entre outros fatos, podem garantir a inocência de Lucas Porto.
“A defesa não tem a mínima dúvida da defesa de Lucas. O fato de ter sido encontrado sêmen na Mariana, por si só, não é possível dizer que houve estupro”, concluiu.

Geral

Segunda-feira de céu nubladíssimo, trovoadas e muita ameaça de chuva na Grande Ilha

Tempo fechadíssimo na tarde de hoje, 22, na Grande Ilha de São Luís

Nesse momento, são, exatamente, 14h33, de segunda-feira, 22 e olhando para o céu, a impressão que se tem é que a noite chegou, pois o tempo, na Grande Ilha, está completamente fechado, céu para além de nublado, muitas trovoadas, relâmpagos e ameaça de intensa chuva.

Ao que parece, essa última semana de fevereiro promete ser bastante chuvosa, diferente de como iniciou o mês, quando o calor, estava insuportável. A intensa chuva promete durar toda a tarde e noite.

Aos motoristas, o cuidado precisa ser redobrado, pois é certo que o trânsito já deve estar confuso e transtornado.

No último sábado, 20, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) lançou alerta amarelo no Maranhão, que significa potencial perigo em razão do volume de chuva. O nível mais grave é o vermelho e o com menor severidade é o verde.

Instruções do INMET

– Evite enfrentar o mau tempo;
– Observe alteração nas encostas;
– Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada;
– Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193)

Saúde

COVID 19: um novo local, em serviço de testagem drive-thru, começa a funcionar em São Luís

Um novo serviço de testagem, em drive-thru, começou a funcionar hoje (22), no Complexo do Castelão, na Vila Palmeira. O serviço que está sendo oferecido pelo Governo do Estado vai atender grávidas, pessoas a partir dos 45 anos e pessoas com deficiência.
A estratégia integra as ações da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em combate à pandemia e está sendo coordenada pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH).

Serão três tendas de testagem, instaladas no estacionamento da pista de atletismo do Complexo do Castelão, com capacidade para atender 800 pessoas diariamente. O horário de funcionamento será das 8h às 16h. Para ter acesso ao teste rápido, as pessoas do grupo determinado devem apresentar documento com foto, exames ou laudos comprobatórios.

O sistema de drive-thru foi ofertado à comunidade em três edições no ano passado. De acordo com levantamento, nas três edições, foram testadas 22.571 pessoas, sendo que 18.144 testaram negativo.

Geral

Segunda-feira amanhece com protesto de motoristas de app contra preço absurdo de gasolina

São Luís – Uma carreata de motoristas de aplicativos seguiu, na manhã desta segunda-feira (20), em direção ao Palácio dos Leões, sede do governo do Maranhão, em protesto, contra o valor do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o combustível.

Eles partiram da avenida Colares Moreira, no bairro Renascença, passando pela Castelo Branco e ponte José Sarney, no São Francisco, com destino ao Centro fazendo buzinaço. Um grande congestionamento se fez em razão do protesto.

Motoristas ouvidos, durante a reinvindicação, apelaram para que governo do Estado se compadeça e reduza o ICMS que incide sobre o preço da gasolina, pois, segundo eles, “tem corrida menor que o preço do litro”.
Diante disso, se dirigiram à sede do governo para tentar diálogo e buscar soluções.

Em tempo

A Petrobras anunciou, na última quinta-feira (18), um novo aumento médio nos preços da gasolina e do diesel em suas refinarias, que chegarão a R$ 2,48 e R$ 2,58 por litro, respectivamente.

Segundo a estatal, os preços praticados nas refinarias da Petrobras são reajustados de acordo com a taxa de câmbio e a variação do preço internacional do petróleo, negociado em dólar. Desde janeiro, a Petrobras já reajustou três vezes o preço do diesel e quatro vezes o da gasolina, que tinha o valor médio de R$ 1,84 em 29 de dezembro e chegará a R$ 2,48 com o reajuste que vigorará a partir de amanhã, 23.

Isenção de impostos federais sobre o diesel

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em live realizada, também, na noite da última quinta-feira, 18, além de criticar a estatal – pela alta no preço dos combustíveis -, anunciou a isenção de impostos federais sobre o diesel e o gás de cozinha. De acordo com Bolsonaro, a partir de 1º de março, não haverá qualquer imposto federal no diesel, por 2 meses e sobre o gás de cozinha, por tempo indeterminado. (reveja AQUI)

Entretenimento

Justiça libera, a partir de hoje, 19, som ao vivo e mecânico em bares e restaurantes do Estado


O tempo limite que a população chamou de “lockdown da música”, estabelecido pelo juiz Douglas de Melo Martins, titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, proibindo festas com música ao vivo – de qualquer natureza -, som mecânico, ou, qualquer um que facilitasse a aglomeração de pessoas, durante o período que compreendeu os dias de carnaval (12 à 18 de fevereiro) -, chegou ao fim.

Em nova decisão judicial sobre a pandemia do novo coronavírus, o juiz decidiu na madrugada desta sexta-feira (19), “encerrar a vigência da decisão judicial que determinava maior restrição na realização de eventos no Maranhão, especialmente, durante o carnaval”.

De acordo com Douglas, a partir de hoje, 19 de fevereiro, volta a ficar sob responsabilidade dos 217 municípios e do Estado, fazerem valer os decretos municipais e estaduais que determinam medidas de prevenção e proteção ao avanço do coronavírus no Maranhão.
Ou seja, bares e restaurantes já podem, então, abrir com músicas, dj´s e, até bandas. Festas com até 150 pessoas voltam a ser permitidas também.

Prestação de contas com a Justiça

Quanto aos municípios que não prestaram conta à Justiça, em como estão aplicando os recursos recebidos de combate e enfrentamento ao vírus, o juiz Douglas disse que “proferi hoje outra decisão determinando o encaminhamento dessas informações ao Ministério Público do Maranhão, a fim de promover ações penais que são de sua atribuição, a esses municípios, responsabilizando-os por improbidade administrativa”.

Acrescentou ainda que o Estado, a cidade de São Luís, além de municípios como Zé Doca, Alto Alegre, Barreirinhas, entre outros, fizeram a prestação de contas, levando até a Justiça, informações passadas e atuais em como estão trabalhando para combater a doença na localidade.

 

 

Geral

Roberto Rocha Jr se recupera de mutação da COVID19, chamada P1 “uma cepa muito mais agressiva”, contou

Ex-vereador, em São Luís e filho do senador Roberto Rocha, publicou, com detalhes, em rede social, como tem passado após ser acometido pela mutação da Covid 19, chamada P1

Filho do senador recebeu alta do hospital na última quinta-feira, 18

Por meio de rede social, Roberto Rocha Jr, 32 aos, ex-vereador de São Luís e filho do senador Roberto Rocha, contou, com detalhes, como o seu corpo reagiu à mutação da Covid 19, chamada P1.

Segundo a publicação, Roberto Jr disse que no último dia 30, começou a se sentir cansado, por dois dias seguidos, mesmo tendo uma vida balanceada, sem vícios, boa alimentação e treinos.

Após o cansaço “estranho”, como assim citou, resolveu fazer o teste da COVID19. Este, dando positivo, o jovem iniciou o protocolo de tratamento e isolamento.

“Até o 8º dia de isolamento eu não sentia nada demais, além de moleza no corpo e algumas dores nas juntas. Leve dor de cabeça e uma tosse fraca, quase que passava desapercebida. Nono dia em diante as coisas começaram a mudar. Mesmo me alimentando bem, descansando o dia todo, tomando todas as providências de protocolo da doença, comecei a pegar febre, calafrios, falta de ar, cansaço, enjoo, dores fortes na cabeça e nos olhos, tontura, dores nas juntas do corpo, dor no peito. A cada dia que passava ia piorando. Fui ao hospital mas apesar de todas esses problemas eu tinha algo ao meu favor: minha saturação de oxigênio no sangue. Sempre acima de 98”, detalhou Jr na rede social.

“No dia 12 de fevereiro, ainda, segundo a publicação, foi parar no hospital, com batimento cardíaco muito acelerado, dor no peito e falta de ar. “Resultado da tomografia foi de 50% do pulmão comprometido, uma inflamação grave, infecção tão grave quanto, pneumonia, saturação 88 e batimento cardíaco 135. Não peguei um covid comum; peguei uma mutação chamada P1.
Uma cepa muito mais agressiva, forte, poder de contágio mais alto e com uma resistência alta a anticorpos. Tive que internar. Fui direto pro oxigênio e medicado com corticoide e antibiótico”, desabafou.

A variante que atuava no organismo de Roberto o impedia até de fazer ações básicas. “Me mexer na cama era mais cansativo que fazer 30 min de esteira a 13km/h, que há alguns dias era normal para mim”.

A saturação de oxigênio, que, no início, era de 98, chegou a cair para 78 e, por muito pouco, não precisou ser entubado na UTI – Unidade de Terapia Intensiva. Mas teve que passar alguns dias no oxigênio para poder manter a regularidade

Justificando que recorreu à rede social para externar o que tinha passado nos últimos dias e comemorar que recebeu alta do hospital nesta quinta-feira, 18, Roberto Jr diz que deu todo o testemunho do que passou para abrir os olhos de quem acha que isso nunca vai acontecer consigo e, ainda afirmou, que tinha esse mesmo pensamento.

“Hoje tive alta no 18 dia da doença. Me sinto cansado ainda, ainda estou sem conseguir respirar direito, tosse ainda incomoda e meu pulmão ainda permanece prejudicado. Começo, ainda hoje, um tratamento de fisioterapia respiratória pra não ficar com sequelas e a estimativa é que daqui uns 20-30 dias eu esteja 100% recuperado. Escrevo esse texto pra poder tentar abrir os olhos de quem acha que isso passou e que nunca vai acontecer com a gente. Eu pensava um pouco assim”, finalizou o ex-vereador.

Geral

Presidente Bolsonaro anuncia que vai zerar, a partir de março, todos os impostos federais no gás de cozinha, em definitivo

Após anúncio do presidente, de zerar impostos federais nos itens, diesel (por 2 meses) e gás de cozinha, em definitivo, a partir de 1º de março, cabe, agora, sabermos, se os governadores dos estados, mesmo assim, vão continuar cobrando da população o mesmo valor dos itens, mesmo estes estando com as alíquotas zeradas.

Bolsonaro na live realizada nesta quinta-feira, 18

Num dia em que a Petrobras confirma, mais uma vez, reajuste nos preços da gasolina e do óleo diesel, em suas refinarias, a partir de hoje,19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em live realizada na noite de quinta-feira, 18, além de criticar a estatal – pela alta no preço dos combustíveis -, anunciou a isenção de impostos federais sobre o diesel e o gás de cozinha.
De acordo com Bolsonaro, a partir de 1º de março, não haverá qualquer imposto federal no diesel, por 2 meses e sobre o gás de cozinha, por tempo indeterminado.

“A partir de 1º de março não haverá qualquer imposto federal no diesel, nesses dois meses, enquanto buscamos uma alternativa de maneira definitiva de zerar esse imposto até para ajudar a contrabalancear esse aumento excessivo da Petrobras”, disse o presidente, na live de toda quinta-feira.

Bolsonaro revelou que já tentou diálogo com a Petrobras, no sentido de viabilizar a redução dos combustíveis – que têm sofrido aumento quase que diariamente -, mesmo sabendo que não pode interferir na estatal, pois a mesma tem autonomia na tomada de decisões.

Como resposta, ouviu que isso não é problema da Petrobras (…) eu não tenho nada a ver com caminhoneiro; aumento o preço”.

Geral

Agricultores familiares de Jenipapo dos Vieiras recebem instruções em como fornecer alimentos para o Poder Público local

A prefeitura do município de Jenipapo dos Vieiras, por meio da secretaria municipal de Agropecuária, Pesca, Meio Ambiente, Assuntos Indígenas e Programas Especiais, realizou, na manhã da última quarta-feira, 16, uma reunião da coordenação do Restaurante Popular da cidade, com os agricultores familiares.

A principal pauta da reunião, foram explicações repassadas aos agricultores sobre o processo de aquisição dos alimentos da agricultura familiar pelo Restaurante Popular; algo de suma importância na geração de renda e, consequentemente, uma oportunidade de maior giro na economia local, pois, as produções, ao serem adquiridas pelo Poder Público se trabalha, diretamente, na solução de algumas das dificuldades da comercialização dos produtos agrícolas.

A secretária da Pasta, Carliene Rodrigues, se mostrou bastante animada com a participação e entrosamento dos produtores presentes e, em nome do prefeito Arnóbio Martins, se sentiu “muito feliz e honrada em participar desse momento e poder ouvir, dos agricultores presentes, que alguns deles já têm até produção disponível para serem adquiridas. O objetivo maior da prefeitura de Jenipapo é empoderar os nossos agricultores, fazendo deles, protagonistas de seus próprios trabalhos. Queremos incentivar e apoiar o desenvolvimento da produção e das atividades agropecuárias”, afirmou.

Alguns dos agricultores se manifestaram e garantiram que já possuem até alimentos prontos para serem vendidos.

“Já tenho polpa de frutas, inclusive no congelador. A gente trabalha com cheiro verde e aqui eu já quero sair de mãos dadas de um produtor com o outro, para complementação um do outro dos alimentos oferecidos. A gente está muito confiante”, disse um deles.

A prefeitura de Jenipapo dos Vieiras reconhece a importante participação da agricultura familiar como agente e como sujeito necessário para a boa execução do Programa de Aquisição de Alimentos, tornando-o necessário na garantia da segurança alimentar e nutricional da cidade.