Eleições 2016: Saneamento básico será uma das prioridades de Aníbal na Câmara de São Luís

O Plano Municipal de Saneamento Básico terá como objetivo a universalização do serviço público de saneamento básico, com serviços e produtos de qualidade
O Plano Municipal de Saneamento Básico terá como objetivo a universalização do serviço público de saneamento básico, com serviços e produtos de qualidade

Depois de dezenas de reuniões com moradores de diversas comunidades do município de São Luís, o sindicalista Aníbal, candidato a vereador pelo Partido Republicano da Ordem Social (Pros), definiu o saneamento básico como uma das suas propostas de luta dentro da Câmara de Vereadores de São Luís. Para Aníbal, a Prefeitura de São Luís precisa liderar um movimento que envolva os demais municípios da Ilha, a fim de implantar um projeto comum de saneamento básico pautado na preservação ambiental.

Em visita a várias comunidades na região do Anjo da Guarda, o candidato constatou grandes lixões, falta de manejo apropriado dos resíduos e ausência de rede de esgoto. Segundo Aníbal, essa é uma realidade que precisa de atenção urgente do poder público, considerando que o ecossistema da Ilha é extremamente sensível. Ele ainda defendeu um pacto entre os poderes públicos dos quatro municípios, com o apoio do governo estadual.

“O nosso ecossistema é único e precisamos unir esforços para garantir a sua preservação. Apesar de já haver preocupação com a destinação de parte do lixo produzido na capital, ainda é comum encontrarmos lixões como este aqui na Vila Palestrina [área do Anjo da Guarda]. A consequência direta é a proliferação de doenças e a contaminação dos poucos lençóis freáticos que contribuem para o abastecimento de água em grande parte da Ilha. Tenho certeza que este é um pleito que terá a sensibilidade de todos os gestores, pois interessa diretamente à toda população”, esclareceu Aníbal durante visita realizada no último fim de semana na região.

unnamed
Lixo espalhado por avenidas e ruas da capital, sem o devido colhimento e destinação

Falta de água – No Bairro Alto da Esperança a reclamação dos moradores também foi com relação à falta de água nas torneiras, motivo que faz com que crianças e até idosos, tenham que caminhar por quase um quilômetro até a parte baixa da comunidade para conseguir alguns baldes de água para suas necessidades básicas. Esse quadro é resultado da má distribuição de água na capital, razão pela qual Aníbal defende urgência na conclusão da obra de duplicação da adutora Italuís, sistema que abastece aproximadamente 60% das residências de São Luís.

Moradias irregulares – Durante as visitas realizadas em cerca de 60 comunidades nos últimos dois meses, Aníbal se mostrou muito preocupado com a grande quantidade de moradias irregulares que encontrou. Algumas delas em áreas que oferecem riscos aos ocupantes. Um dos projetos do candidato é garantir a regularização de moradias na capital, assegurando o direito de posse e propriedade dos moradores.

“Respeitando o que determina a legislação ambiental e a relacionada à regularização fundiária, quero encampar uma grande luta pelo direito à moradia digna de cada cidadão. Precisamos fazer valer o que determina nossa Constituição, assim como precisamos obedecer ao plano diretor de nossa cidade. Além disso, a regularização vai movimentar a economia, pois permitirá que as pessoas financiem seus imóveis ou mesmo contraiam empréstimo para realizar reformas”, assinalou Aníbal.

Itinerância – Cumprindo uma extensa agenda de compromissos, Aníbal atendeu ao pedido de mais de 60 comunidades de São Luís. Em todas elas, o, até então, pré-candidato, ouviu moradores e conversou com lideranças sobre os principais problemas da cidade. Para ele, o contato com as pessoas é fundamental para formulação de projetos que atendam aos anseios de mudança. “Gerir a coisa pública é, em uma definição, trabalhar com e para a população, ouvindo suas angústias e atendendo suas necessidades”, defendeu.

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?