A greve dos servidores da Justiça do Maranhão começou!

LVS_4936

Na manhã desta terça-feira 13/10, os servidores do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão juntamente com o Sindicato dos Servidores da Justiça (SINDJUS-MA) iniciaram a GREVE GERAL por tempo indeterminado pelas Perdas Inflacionárias no índice de 6,3%, com efeitos retroativos a janeiro de 2015.

Na capital, São Luís o movimento está concentrado em frente ao Tribunal de Justiça, na Praça D. Pedro II, Centro. Já nas comarcas, a concentração dos servidores é na porta dos fóruns.

Durante o movimento de GREVE, funcionará apenas um efetivo de 30% dos servidores para atendimento aos serviços essenciais como direito à vida e liberdade.

12115971_824440907675068_8784556143203481551_n

AqUGBI0j4osHL_62_uJXM7AYlt45rkIu3OF9g1oGHzeL

Mandado de Segurança precentivo

A assessoria jurídica do SINDJUS-MA ajuizou hoje mandado de segurança preventivo contra o corte de ponto dos servidores que aderirem à greve geral pelo pagamento da reposição constitucional e anual das perdas inflacionárias da categoria, como também no intuito de obter a declaração da legalidade do movimento paredista dos servidores do Judiciário maranhense. O SINDJUS-MA também pediu a suspensão dos prazos processuais em razão da Greve.

Na quarta-feira (14) a greve geral continua na capital e nas comarcas do interior do estado. Em São Luís, a concentração será em frente ao Tribunal de Justiça, a partir das 8h e nas comarcas do Maranhão na porta dos fóruns.

Em tempo

Em relação a reposição das perdas inflacionárias dos servidores no valor de 6,3%, o Tribunal de Justiça do Maranhão alega que está esperando a suplementação de recursos em seu orçamento por parte do Governo do Estado. Este, por sua vez, ainda não se manifestou sobre o assunto.

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?