Deu a louca no cantor evangélico Thalles Roberto ou a máscara não resistiu por muito tempo?

Sempre achei o cantor gospel Thalles Roberto, ex músico de apoio do grupo Jota Quest e Jamil e Uma Noites (por quase um ano), um pouco além do exagerado. Sempre aos berros, gritos e muitos pulos, o cantor, na forma dele, se propôs a adorar a Deus após seu retorno à fé protestante, em 2009, quando lançou o álbum Na sala do Pai, o qual lhe rendeu projeção nacional, através de músicas como “Deus da minha vida”, “Arde Outra Vez”, entre muitas outras.

Confesso que já ouvi, ouço e sou completamente apaixonada por muitas de suas músicas, mesmo elas sendo encenadas com todo exagero, mas, isso não me compete. Enfim!
Posso dizer até que algumas delas já foram como injeção de ânimo na minha vida em alguns momentos incertos.

Acontece que em uma ‘Conferência Global’ – um congresso cristão, anual, organizado pela Comunidade das Nações, Thalles, em um intervalo de uma música para outra proferiu palavras que, com certeza, assustaram pessoas que estavam ali, para ser mais uma voz em louvor a Deus, como também para o prestigiar. Claro, não há mal nenhum nisso.

5243_1_20130515095034

Perai .. na verdade, as declarações do cantor foram tão surpreendentes que chocaram não apenas o meio gospel, mas também qualquer ser humano que discorda com todo tipo de soberba ou prepotência. Pois, pelo menos foi dessa forma que muita gente entendeu “o recado”.

Ao que parece, Thalles deve, já há algum tempo, estar cheio de coisas que não o estão fazendo feliz, até porque é da própria Bíblia o dizer: “a boca fala do que o coração está cheio”.

Então o coração do cantor ou já ex-cantor gospel estava cheio de insatisfação e autossuficiência, pois uma pessoa para dizer que é melhor do que todos os outros cantores juntos em um palco e, que ele, a partir daquele momento ia fazer e escrever o que bem quisesse, não é sinônimo de quem está feliz com a vida e o comportamento que vem apresentando.

“Só porque eu sou melhor que todos eles, juntos, cantando no mesmo palco. Eu, sozinho, barro com todo mundo, porque Deus me deu uma voz que não deu para ninguém. Não é porque eu sou melhor que os meus irmãos que eu não tenho que falar. Eu “tô” falando hoje porque percebo […] E, a partir de hoje, eu vou cantar o que eu quero, eu vou postar o que eu quero […] Hoje eu estou rico, irmãos, muito mais que todos os outros cantores gospel”, disparou Thalles.

O que deu na cabeça e na mente do cantor para proferir tais palavras, somente ele sabe. Se Thalles é, foi e vai continuar sendo “um homem de Deus” somente as suas atitudes vão responder isso a quem está ao seu redor.

Depois da polêmica de suas palavras, que segundo o cantor, foi Deus quem o mandou dizer tudo aquilo, Thalles pediu desculpas e tentou se explicar.

“Agora eu quero cantar para as pessoas de fora, para aqueles que nunca ouviram a palavra. Nunca vou deixar de adorar meu Deus, porque tudo o que eu tenho eu consegui cantando música gospel […] Os perdidos que eu ganhar eu vou levar para a igreja […] Esse é o meu projeto de vida. Meu próximo projeto é cantar para Deus. Foi o que Deus mandou eu fazer”, desabafou.

En en. Então tá!

Veja no vídeo abaixo:

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?