Facebook agora já sabe para quem “vender” seus anúncios gay

Depois da grande repercussão do apoio que os brasileiros e milhares de pessoas ao redor do mundo deram aos Estados Unidos, quando este legalizou o casamento gay em seus 50 estados, na última sexta-feira (26), a rede social mais usada e influenciável do momento – Facebook -, está preparada para faturar em mais uma de suas vendas.

Acontece que o face (intimamente chamado) pôde rastrear os 26 milhões de pessoas que trocaram as suas fotinhas do perfil, mudando para o colorido – em apoio à causa – e, sem nem “sair de casa” a poderosa rede social já sabe para quem pode vender e oferecer os seus anúncios gay, de acordo com informações do site estadão.

zuckerberg-pride-reproducao
Reprodução: Internet

O estadão ainda diz que logo após a certeza da legalização homoafetiva, o facebook lançou um filtro com as cores do arco-íris para identificar usuários que apoiam a causa. A novidade teve ampla adoção por usuários do mundo. Juntas, milhões de pessoas mudaram a cor de suas fotos no perfil, menos eu e outras milhares e, no geral, elas tiveram meio bilhão de curtidas e comentários.

Não é de agora que o facebook tem abusado de testes e mais testes capazes de atrair e identificar perfis de usuários, claro, a fim de conhecer com mais afinco os seus gostos e preferências. E isso seria para quê? É óbvio que para saber o que “falar” e o que oferecer para seus, que de alguma forma são “clientes”.

anúncio
Anúncio,com certeza, resultado de algum interesse meu pela área educacional
É de testes como este que eu estou falando. Usados como um mecanismo capaz de detectar quem "é você"
É de teste como este que eu estou falando. Usados como um mecanismo capaz de detectar quem “é você”

Leia mais AQUI!

P.S – Mas há quem não tenha entrado na “brincadeira” e nem apoie a causa e, isso precisa ser respeitado.

One thought on “Facebook agora já sabe para quem “vender” seus anúncios gay

  • 01/07/2015 at 13:24
    Permalink

    O Facebook não precisa deste tipo de coisa para “rastrear” os usuários, pois isso é feito diariamente baseado nas curtidas, publicações, compartilhamentos e etc… É assim que a rede social traça o perfil de seus usuários.
    Isso foi para mostrar apoio à causa mesmo, mostrar que existem um grande número de pessoas que não necessariamente são homossexuais mas que apoiam a causa e que ficaram felizes ao ver que uma potência como é os EUA, legalizar o casamento homoafetivo em todo seu território nacional.

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?