De acordo com estatísticas, Vila Luizão é um dos bairros mais miseráveis e violentos de São Luís

Que a capital ludovicense está tomada de miséria, violência e falta de políticas de assistência à sociedade, isso todo mundo já tem noção. Mas e quando estatísticas provam o que realmente é, mas que a todo instante é tentado ser mascarado pelo poder público?

De acordo com uma pesquisa, in loco, feita com cerca de 760 famílias pelo Instituto Cidadania Ativa e denominada como ‘Dados Sociais e Realidade Geradora da Violência Social’, foi detectado que o bairro da Vila Luizão, localizado na grande capital, São Luís, tem se apresentado um dos bairros mais perigosos e sem infraestrutura da cidade.

vl

A pesquisa ainda diz que “O alto índice de assassinatos contabilizados em 2014 e início de 2015, na capital, tem criado um clima de insegurança entre a população, pois a cada mês a estatística aponta que a violência cresce cada vez mais. Segundo uma pesquisa realizada pelo Observatório da Violência, São Luís é a segunda capital brasileira com maior aumento nos registros de homicídios em todo o país, um crescimento de 400% na última década”.

O projeto ‘Pacto pela Cidadania Ativa’ ainda afirma que não há políticas públicas para mudar a realidade da violência em nossa cidade, em toda a região metropolitana da Ilha e, mais especificamente, na região do bairro Vila Luizão.

Foi questionado também quais as condições de vida das famílias, desde a renda familiar, sua forma de alimentação, o nível de formação das pessoas em cada casa, quantas pessoas sobrevivem com a renda da família, se as crianças estudam o nível de escolaridade das pessoas mais velhas, se tem emprego, que tipo: se formal ou informal, a quais as suas expectativas de vida.

VL2VL4

P.S – É de sentir dó pela nossa cidade e estado que ao que parece tem apenas retrocedido em todos os seus aspectos. Não falo apenas por mais esse caso de total descontrole do poder público no bairro acima citado, mas pelas centenas de bairros que têm ficado a mercê de garantias pela Constituição.

São Luís tem deixado de ser ponto turístico para ser ponto da marginalidade. Ruas, avenidas, lugares, em todo o canto que andamos estamos sem segurança. A capital parou de crescer, parou de receber turistas, parou de investir e de receber investimentos porque não tem nada a oferecer a ninguém.

Prova disso é que quando conversamos com pessoas de outros estados, podemos ver e nos envergonhar pela aversão que eles têm ao nosso estado. Um estado de terra rica, mas que é taxado de lixão à céu aberto. Onde já se viu uma capital com mais de um milhão de habitantes receber turistas e recepcionar os seus próprios moradores com tantos buracos nas ruas, lixo, esgoto, crateras, falta de saneamento? Estamos sendo obrigados a nos tornarmos primitivos por causa de um política de interesse próprio e que em nada tem contribuído para o bem da sociedade.

Pode ainda existir casas de barro em bairro de capital?
Pode ainda existir casas de barro em bairro de capital?

vila

Confira mais sobre a pesquisa clicando AQUI!

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?