Dia de sonho realizado, autógrafos e livro lançado

FOTO: Adorildo Japa
Eduardo Luiz e a prefeita Belezinha FOTO: Adorildo Japa

Uma manhã diferente …

Assim foi para o mais novo autor do município de Chapadinha, Eduardo Luiz da Silva, de 79 anos e de uma sabedoria invejável, que lançou no último sábado (28) o livro “Idosos – quantos somos e quem somos”. E se alguém perguntar se o dia supriu as suas expectativas, o jovem senhor com um sorrisão que lhe é marca registrada, responde dizendo que sim, que as pessoas sempre o emocionam.

Eduardo Luiz é enfermeiro por formação, já tendo sido vendedor de frutas, padeiro, professor,  vereador (por dois mandatos) e, acima de tudo, um apreciador da verdade e um ser disponível às causas do próximo. Não é à toa que o auditório da loja Maçônica – local que aconteceu o evento – lotou de familiares, amigos e admiradores. Mais de 300 pessoas, sem falar na presença de políticos e autoridades da região, a exemplo da prefeita da cidade, Dulcilene Belezinha, que também esteve no lançamento para prestigia-lo.

A obra é recheada de informações e dados enriquecedores sobre a população idosa da cidade de Chapadinha, no que diz respeito à idade, habitação e família e, conhecendo bem a realidade dos idosos, pelo fato de dedicar anos de sua vida trabalhando diretamente com os mesmos, o escritor a cada dia reafirma um compromisso pessoal e ainda almeja que mais políticas públicas sejam implementadas para que a 3° idade seja representada de uma forma que lhes leve bem-estar e sossego, não apenas para a “melhor idade” da cidade de Chapadinha, mas sim, para o Maranhão e mundo.

IMG-20150303-WA0003[1]

“Minha vida sempre mantive com muito dinamismo, atuando nas áreas de saúde, educação, assistência social e política partidária. Atualmente com 79 anos de idade 54 de casado, com 7 filhos e 16 netos, somos muito gratos a Deus (eu e Gilma – esposa), pela tarefa que nos foi dada e a missão de construir a obra que é a nossa família e amigos bons que o nosso senhor Deus Pai colocou em nossos caminhos”, agradeceu Eduardo Luiz.

O livro foi vendido ao preço de R$ 30,00 e toda a renda arrecadada será destinada à compra de cadeiras de rodas para idosos com a mobilidade comprometida.

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?