Vigilantes da Secretaria de Educação do Estado entram em greve a partir de segunda-feira, dia 02

Em contato com o blog na tarde desta quinta-feira (26), o Sindicato dos Vigilantes do Maranhão (Sindvig/Ma) confirmou paralisar as atividades dos trabalhadores que prestam serviço na Secretaria de Educação (SEDUC), a partir da próxima segunda-feira, dia 02. Segundo o secretário geral da Entidade, Silvio Carvalho, o motivo da greve se dá em virtude de meses seguidos de salários, tickets alimentação e vale-transporte atrasados, chegando até a 8 meses em algumas empresas. O motim vai se concentrar na porta da Secretaria, a partir das 8h00.

Ainda de acordo com informações do secretário Silvio, doze empresas prestam serviço nas escolas da rede estadual. Nas Unidades Regionais de Educação (URE) dos municípios de Bacabal e Viana, a situação já está mais avançada, os vigilantes já ocuparam todo o interior das Unidades, em forma de protesto.

A expectativa da categoria era que até hoje todo o atrasado fosse pago, o que não aconteceu. Como pode ser visto na imagem a seguir, cedida pelo Sindicato, apenas os valores referentes ao mês de Janeiro foi repassado pelo Governo do Estado, para as empresas. (Foto)

Valores em reais repassados às empresas, referente ao mês de Janeiro.
Valores em reais repassados às empresas, referente ao mês de Janeiro.

O secretario geral do Sindvig ainda me disse que em uma reunião realizada entre a diretoria do Sindicato e o subsecretário de Educação, Dalton Almeida Duarte, a SEDUC estimulou um prazo de até março regularizar os valores atrasados, para em junho fazer uma nova licitação, pois precisa ‘estudar’ os débitos deixados pelo antigo governo na Pasta.

Empresas que prestam serviço para a SEDUC-MA

ALERTA

ATLÂNTICA

CEFOR

CLASSI SEGURANÇA

COLT BRASIL

MAFRA

MASV

NEW SERV

OSTENSIVA

POTENCIAL

SH VIG E SEG LTDA

VIP VIGILÂNCIA

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?