A imprensa MARROM tem de pedir desculpa pela lorota do Mais Médicos

 O Antagonista

Programa Mais Médicos não está mais contando com os mais de 8,3 mil profissionais cubanos

Cerca de 90% das vagas antes ocupadas por médicos cubanos já foram preenchidas — e por médicos com diploma reconhecido.

Ou seja, era lorota a história de que o Brasil precisava de Cuba para oferecer assistência médica à população. E lorota escandalosa. Foi apenas uma forma de o governo do PT transferir mais de 7 bilhões de reais à ditadura comunista amiga do partido — valor maior do que o prejuízo oficial da Petrobras com o petrolão.

A imprensa que disse que faltariam médicos para os pobres, por causa da oposição de Bolsonaro ao acordo com Cuba, tem de pedir desculpa.

E o PT tem de ser investigado por mais esse esquema — que também tirou empregos de milhares de brasileiros.