Dito e feito: Devido ao atraso em seus salários, médicos maranhenses param atividades em cidades do Maranhão

Por motivo de atraso no pagamento de salários dos médicos prestadores de serviços para o Governo do Maranhão e devido a uma portaria editada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), profissionais da saúde afirmaram, por meio de Nota, que estão suspensos os atendimentos ambulatoriais e cirurgias eletivas em Hospitais do interior do estado, além de algumas UPAS.

São eles: Coroatá, Matões do Norte, Pinheiro, Peritoró e Caxias.pode culminar com a redução do valor dos plantões de médicos que atendem na rede estadual de Saúde.

“Devido ao atraso no pagamento dos médicos prestadores de serviços para o Governo do Estado do Maranhão, estão suspensos os atendimentos ambulatoriais e cirurgias eletivas nas seguintes hospitais: Coroatá, Matões do Norte, Pinheiro, Peritoró e Caxias, além de algumas UPAS.

Está insustentável essa situação, pois além dessa redução do valor dos plantões através do decreto 1044 / 18, chega a ser desumana e imoral esse atraso sem justificativa com prejuízos reais para a população.

Os médicos e a sociedade não merecem esse tratamento”.

Ass. Médicos do Maranhão

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?