Juiz Sergio Moro aceita convite de Jair Bolsonaro e vai ser Ministro da Justiça

O juiz Sérgio Moro aceitou o convite do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) para ser o ministro da Justiça no novo governo.

Por volta de 9h desta quinta-feira (1º), Moro chegou à casa de Bolsonaro, na Barra da Tijuca, para uma conversa com o novo presidente.

Eles conversaram por cerca de 1h30.

Moro deixou o local sem falar com a imprensa. O juiz chegou a se aproximar de jornalistas que aguardavam uma notícia sobre a reunião, mas desistiu de falar diante da aglomeração em frente à casa de Bolsonaro.

Em tempo 

Moro é o quinto ministro anunciado pelo governo Bolsonaro. Outros quatro já foram anunciados: Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Paulo Guedes (Economia), general Augusto Heleno (Defesa) e Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia).

Sergio Moro desembarca no Rio de Janeiro para conversar com Bolsonaro para que assuma Ministério da Justiça

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) conversa hoje (1º), no Rio de Janeiro, com o juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância. Moro foi convidado por Bolsonaro para assumir o Ministério da Justiça, que deverá ser transformado em um superministério para combater a violência e a corrupção.

Ministério da Justiça deve ser o responsável pela gestão da Polícia Federal e da Secretaria de Combate à Corrupção

Ainda à espera de confirmação ofcial, o superministério da Justiça deverá reunir Segurança Pública, Controladoria-Geral da União e Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). A intenção é reunir, em um só local, os órgãos de combate a corrupção que tiveram grande importância durante a Operação Lava-Jato.

Moro desembarca agora de manhã no Rio de Janeiro e retorna no começo da tarde para Curitiba, onde mora.

Convite

Após as eleições, Bolsonaro afirmou, durante entrevistas, que Moro poderia assumir o Ministério da Justiça ou, futuramente, uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF).

O juiz federal agradeceu o convite, afirmando estar “honrado” pela lembrança e que “refletiria” sobre o assunto. “Caso efetivado oportunamente o convite, será objeto de ponderada discussão e reflexão.”

Para especialistas que acompanham o processo político, ocupar o Ministério da Justiça representa uma espécie de rito de passagem para, futuramente, ser nomeado para o Supremo.

Supremo

Durante o mandato presidencial, Bolsonaro poderá fazer duas indicações ao Supremo. A primeira oportunidade será em novembro de 2020, quando o ministro Celso de Mello, decano da Corte, completa 75 anos e será aposentado compulsoriamente. No ano seguinte, será a vez do
ministro Marco Aurélio Mello deixar o STF.

Sergio Moro

Moro, de 46 anos, procura ser discreto nas atitudes, mas ganhou notoriedade ao comandar, há quatro anos, o julgamento em primeiro instância dos processos relativos à Operação Lava Jato, nos quais foram envolvidos nomes como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-ministro José Dirceu, empresários e parlamentares.

O escândalo relativo aos desdobramentos da Lava Jato é considerado um dos mais complexos casos de corrupção e lavagem de dinheiro no país.

No ano passado, Moro condenou Lula a nove anos e seis meses de prisão. Foi a primeira condenação de um ex-presidente da República.
A decisão foi ampliada em segunda instância e o ex-presidente agora cumpre pena em Curitiba, desde abril.

Moro, por sua vez, conhece bem o Supremo Tribunal Federal. O juiz tem experiência em lidar com os trâmites do órgão, pois durante o caso do Mensalão trabalhou no gabinete da ministra Rosa Weber, atualmente presidente do Tribunal Superior Eleitoral.

Campanha: Ajude a atleta Sofia a participar do Torneio de Natação Norte-Nordeste em Maceió/AL

A pequena atleta Sofia Trancoso Duailibe está precisando de ajuda financeira para realizar um sonho e participar de um grande Torneio de natação Norte/Nordeste pré-mirim a petiz de natação-troféu Renaldo Malta, que será realizado de 06 a 10 de Dezembro de 2018, na cidade de Maceió, em Alagoas.

O projeto da campanha visa custear as despesas necessárias da atleta pré-mirim, acompanhada de seu responsável.

A atleta, esse ano, tornou-se vice-campeã dos 50 metros livre e dos 50 metros borboleta e ainda, 3º lugar nos 50 metros costas, no Troféu Thiago Pereira, realizado em 11 de agosto de 2018, em São José dos Campos/SP.  Consagrou-se campeã do circuito pré-mirim de natação 2018 da FMDA – Federação Maranhense de Desportos Aquáticos.

Sofia Duailibe surge como revelação e promessa da natação infantil maranhense.
Ela conta com seu apoio para tornar realidade a sua participação nessa competição em nível regional e, assim, adquirir novas experiências e continuar a divulgar a natação maranhense, que sempre revelou grandes atletas.

Para ajudar a Sofia, acesse o site da campanha, clicando AQUI!

Custo estimado:

  • Passagens aéreas atleta/responsável: R$ 3.526,07
  • Hospedagem: R$ 1.102,00
  • Inscrição: R$ 100,00
  • Traslado na cidade: R$ 120,00
  • Alimentação: R$ 150,00
  • Total: R$ 4.998,07