Com diferença de 10 milhões de votos, Jair Bolsonaro deserda o PT e é eleito Presidente do Brasil

Passavam apenas alguns pouquíssimos minutos das 19h, deste domingo, 28 de Outubro, quando o resultado da Boca de Urna, na eleição para presidente do Brasil, começava a ser amplamente divulgado em rede nacional.

Obtendo vantagem de cerca de 10 milhões de votos, Jair Bolsonaro foi declarado, matematicamente, eleito às 19h21 deste domingo.

Bolsonaro foi um fenômeno eleitoral: venceu sem participar de debates e, praticamente, não fez campanha de rua, depois de sofrer um atentado em Juiz de Fora, Minas Gerais, no dia 6 de Setembro.

Jair Bolsonaro, eleito, democraticamente, presidente do Brasil

Eu, particularmente, confesso que a ansiedade por esse resultado já vinha tomando conta de mim há alguns dias. Não via a hora desse dia 28 chegar.

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) é o mais novo presidenciável a entrar para a história do Brasil como o 38° presidente do Brasil.
Com mais de 55 milhões de votos alcançados, às 19h21, o resultado de 84% das urnas apuradas já dava a vitória ao capitão reformado do Exército Brasileiro, com 55,7%  dos votos, contra 44,3% de Fernando Haddad (PT). 
Jair Bolsonaro nasceu no interior de São Paulo, no dia 21 de março de 1955.

Já anunciado como o próximo presidente da República a partir do dia 1° de Janeiro de 2019 e mantendo o seu estilo consagrado ao longo da campanha, sua primeira aparição foi em uma live – transmissão ao vivo pelo Facebook.
Durante a transmissão, o presidenciável eleito começou citando um versículo bíblico. Falou de forma serena que respeitará a Constituição e falou, também, em unir o país.

Oração de Magno Malta no pronunciamento de Jair Bolsonaro

Pronunciamento e oração

Após a fala via rede social ao seu eleitorado (foi assim que Jair B realizou, praticamente, toda a campanha do 2° turno), poucos minutos depois concedeu entrevista a uma Tv Nacional, leu o seu 1° discurso e, em atitude inédita de um presidenciável brasileiro, a Tv aberta transmitiu uma oração feita pelo Senador Magno Malta, de mãos dadas com o candidato eleito, futura primeira-dama e demais apoiadores, em reconhecimento e agradecimento à Deus pela vitória.

-O presidente de todos nós. Um presidente que ama a pátria. Um cristão verdadeiro – orou.

Que eu saiba, essa foi a primeira vez que de forma, clara, pública e notória que um presidente do país coloca Deus acima de tudo em seu pronunciamento.

Com a vitória de Bolsonaro, a partir desta segunda-feira-29, começa mais uma batalha para, de fato, unir o país e unir o dividido Congresso Nacional.

Como já era de se esperar, Bolsonaro perdeu – e feio – nas cidades do Nordeste. Cerca de 70% contra 30% do candidato do PSL.
Em compensação, ganhou em todos os outros colégios eleitorais das demais regiões.

P.S – Desejo sorte, benção de Deus, sabedoria e muito discernimento para o mais novo presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro.