Cresce o número de políticos maranhenses que declaram apoio ao presidenciável Jair Bolsonoro

Logo após o resultado do 1° turno das eleições, colocando os candidatos à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) no segundo turno, alguns parlamentares maranhenses logo trataram de declarar apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro, que lidera na disputa.

Uma das primeiras a declarar apoio à Bolsonaro foi a ex-governadora Roseana Sarney, derrotada no primeiro turno, na corrida pelo Governo do Maranhão. Roseana Sarney e todo o seu grupo político declarou, no último dia 15, apoio ao presidenciável.
Ricardo Murad e Adriano Sarney, ambos da família da ex-governadora, também declararam, abertamente, apoio ao capitão reformado do Exército Brasileiro.

Outro que, ao que parece, também, aproveitou a “onda” de apoio, foi o Senador Roberto Rocha que, pessoalmente, na tarde desta terça-feira, 23, fez questão de ir até o candidato e deputado Jair Bolsonaro.

Segundo Roberto, o Encontro serviu para tratar de economia, segurança e projetos para o Maranhão.
Tratou, também, do projeto Zema – Zona de Exportação do Maranhão, que tem como objetivo transformar a economia nordestina e do centro-oeste, em um vetor de desenvolvimento.

Senador Roberto Rocha visita Jair Bolsonaro e declara apoio

O deputado federal, até Janeiro de 2019, José Reinaldo, foi outro político maranhense que oficializou apoio ao presidenciável JB.

A informação foi noticiada no dia 19 de Outubro, pela candidata do PSL ao Governo do Maranhão, Maura Jorge.

A deputada eleita Mical Damasceno calou a boca da maior parte da imprensa maranhense e, até, de alguns políticos que insistiam em afirmar que a “irmã” da Igreja Assembleia de Deus, dona de 31 mil votos maranhenses, estava ao lado de Fernando Haddad.

Para desfazer todo e qualquer mal entendido, Mical Damasceno postou, nesta terça-feira, 23, em rede social, uma imagem declarando apoio ao presidenciável com o mote “Em defesa da família”.

Tiveram alguns outros “apoios” por ocasião/momento/interesse e necessidade, mas que nem vale a pena citar aqui.
Enfim!

P.S – Uma coisa é certa: Declarar apoio é fácil e qualquer um pode declarar, a fim de ir na “onda de quem está ganhando”.

Agora, saber se Bolsonaro está sabendo dessa apoio, aceitando e levando em consideração, aí é ooooutra história.

Leia também:

– São Luís: “Apoio Bolsonaro pelo bem do Brasil”, declarou o vereador Francisco Chaguinhas em apoio ao presidenciável

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?