Ao revelar a composição do preço da gasolina, deputado Wellington do Curso desafia Flávio Dino a reduzir ICMS

Devido aos últimos acontecimentos e de tanto o povo brasileiro ser lesado com tanto tributo e impostos para cobrir  e pagar uma fatura infinita de roubos e desvios do dinheiro público, principalmente a nível federal, o deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) desafiou o governador do Maranhão, Flávio Dino, a reduzir o ICMS no estado. O imposto incide no preço dos combustíveis e, ao fazer a cobrança, Wellington relembrou que o governador Flávio Dino já fez isso em outra ocasião para beneficiar aliados políticos, reduzindo de 17% para 2% o ICMS do óleo diesel.

Ao lançar o desafio, Wellington destacou que o preço final pago pelo consumidor, ao comprar gasolina, depende de impostos federais e também estaduais.

– Tivemos 4 aumentos no preço de combustível em menos de 10 dias, algo que afetou todo o Brasil. Sabemos também que a questão depende de atos do Governo Federal. O preço final, pago pelo consumidor, depende de impostos federais e também estaduais. No Maranhão, 26% do valor da gasolina são destinados ao imposto estadual (ICMS), o que tem atingindo diretamente o bolso do trabalhador maranhense.
Em 2016, Flávio Dino aumentou o imposto que incide sobre os combustíveis e eu fui contra esse aumento. Agora, desafio o governador Flávio Dino a baixar o ICMS dos combustíveis no Maranhão, algo que é possível, já que em ano eleitoral Flávio Dino baixou de 17% para 2% o ICMS do óleo diesel para beneficiar aliados políticos. Ele já fez isso antes para beneficiar aliados, que faça agora para beneficiar a população – desafiou o deputado Wellington.

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?