De Flávio Dino à José Sarney: Morte de Cafeteira gera comoção entre lideranças políticas do estado

O relógio anunciava 6h57 PM, do dia 13 de Maio de 2018, quando o sobrinho e deputado estadual, no Maranhão, Rogério Cafeteira, lamentava a morte do grande político maranhense, Epitácio Cafeteira. Rogério publicou a notícia em rede social, onde, a postagem, foi seguida de mensagens de condolências e conforto.

“É com uma profunda dor no coração que, nesse momento muito triste, comunico a todos os amigos o falecimento, há pouco em Brasília, o meu tio, ex-senador e ex-governador, Epitácio Cafeteira. Estamos todos muito consternados”, publicou o deputado.

De O Imparcial – com alterações

Cafeteira morreu ontem, aos 93 anos. Ele encontrava-se enfermo e inspirava cuidados, em UTI residencial, decorridos de seu delicado estado de saúde

Epitácio Cafeteira deixou seu nome cravado na política maranhense.
Chegou no Maranhão ainda pequeno, vindo da capital paraibana, João Pessoa, onde iria constituir familiar e fazer história no imaginário político.

Passou pelos cargos mais relevantes da política. Foi prefeito de São Luís (1965-1969). Por três vezes exerceu mandato na Câmara Federal (1975-1987), ainda no ano de 1987 foi governador do Maranhão (1987-1990) e ainda teve dois mandatos como Senador da República (1991-1999 e 2007-2015).

A relevância política de Cafeteira também pode ser medida pela repercussão que sua morte causou entre lideranças políticas no Maranhão.
Do governador Flávio Dino (PCdoB) ao ex-presidente José Sarney (MDB), políticos e autoridades emitiram nota de pesar pela morte do ex-governador e ex-senador Cafeteira.

Governador Flávio Dino

Ainda na noite de ontem, o governador do Maranhão, lamentou a morte de Cafeteira através das redes sociais. “Meu abraço solidário para toda a família, especialmente ao líder do nosso governo na Assembleia, deputado Rogério Cafeteira. Decretei luto oficial no Estado e as devidas honras ao ex-governador”, disse em um tweet.

Ex-presidente e ex-senador José Sarney

O ex-presidente e ex-senador José Sarney está em Nova York onde acompanha a sua esposa, Marly Sarney, para tratamento de saúde. Sarney relembrou, em nota, a relação que manteve com o Cafeteira. “Começamos juntos em 62, depois tivemos desencontros, mas em seguida retomamos essa amizade, que só cresceu e se fortaleceu com o tempo, e juntamos esforços em benefício do Maranhão quando estive na Presidência da República e no Senado Federal”, relembrou na nota.

Sarney ainda lamentou a morte do amigo e se solidarizou com a família do ex-governador. “Recebi comovido, aqui em Nova York, onde me encontro, a notícia da sua morte e o meu pensamento logo elevou-se a Deus, rogando para que o acolha em sua companhia e pedindo que console sua dedicada esposa Dona Isabel, que lhe ofereceu tanto amor, apoio e carinho nos seus momentos de sofrimento, assim como a filha Janaína e todos os seus familiares, aos quais envio o meu abraço pesaroso.”, lamentou.

Edivaldo Holanda Junior e prefeitura de São Luís

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr (PDT), lamentou, em nota oficial, a morte do ex-governador. Relembrou a trajetória política de Epitácio Cafeteira e também demonstrou profundo pesar aos seus familiares e amigos. “O prefeito Edivaldo Holanda Junior lamenta a morte do ex-governador e manifesta o seu mais profundo pesar e solidariedade à esposa, filhos e demais familiares, amigos e admiradores, pedindo que Deus conforte a todos neste momento de perda e de dor”, disse em nota.

Ex-governadora Roseana Sarney

Quem também lamentou a perda de Cafeteira foi a ex-governadora Roseana Sarney (MDB). A filha de Sarney lembrou a reaproximação política que ocorreu nos últimos anos com Cafeteira.

“Cafeteira era uma grande liderança popular do nosso Estado, onde ocupou um lugar de destaque na política maranhense. Nos últimos anos estivemos estreitamente ligados, em favor das causas do Maranhão e do Brasil.

Neste momento triste, quero enviar o meu abraço a Isabel, a quem muito admiro por sua dedicação e grande carinho devotados ao esposo e a Janaína, minha amiga e colaboradora, sua filha querida, bom como todos os demais membros da família”, disse Roseana Sarney em nota.

Vice-governador Carlos Brandão

O vice-governador Carlos Brandão (PRB) utilizou as redes sociais para lamentar a morte do ex-governador Epitácio Cafeteira. “Solidarizo-me com a família do ex-senador e ex-governador de nosso estado, Epitácio Cafeteira, pela dor de sua perda. Que todos que o amaram e o respeitaram recebam o meu fraterno abraço!”, disse Brandão em sua página do Twitter.

Senador Roberto Rocha

O senador Roberto Rocha (PSDB) também fez uso da Internet para relembrar a trajetória política de Cafeteira e lamentar sua morte. “Cafeteira exerceu todos os cargos relevantes da política maranhense, deixando a lembrança de uma personalidade marcante, a inteligência vivaz, temperada por uma verve singular que marcou seu convívio com todos. Que Deus conforte sua esposa Isabel, a filha Janaína e familiares”, escreveu Rocha.

Senador Edison Lobão

O senador Edison Lobão (MDB) emitiu nota de pesar ao falecimento do ex-senador e ex-governador Epitácio Cafeteira. “Cafeteira foi um grande político, um líder popular de forte prestígio e uma pessoa admirável. (…) Tive o privilégio de sua amizade e de sua convivência, principalmente nos últimos anos, quando juntos integramos a bancada maranhense no Senado Federal”, disse Lobão. O senador maranhense transmitiu, ainda, solidariedade a esposa Isabel Cafeteira e a sua filha Janaína.

Senador João Alberto de Souza

O presidente estadual do MDB e vice-presidente do Senado Federal, João Alberto, expressou seu pesar em nota e lembrou de Cafeteira como um grande aliado político.

“Neste momento de pesar, o MDB expressa o sentimento da classe política pela perda de uma das mais importantes lideranças políticas do Maranhão. Cafeteira foi sempre um aliado nosso, um aliado valoroso, um homem de visão e de posições firmes. Vai-se com ele um pedaço da história do nosso estado”, falou João Alberto.

Promotora de Justiça Lítia Cavalcanti

Em interação no Twitter com o deputado estadual Rogério Cafeteira (DEM-MA), a promotora Lítia Cavalcanti relembrou a relação de amizade que Cafeteira mantinha com seu pai. “Meus sinceros pêsames.Compartilhamos desse momento com sua família, pois ele foi um grande amigo para todos nós, especialmente para meu pai”, compartilhou Lítia.

Secretário Felipe Camarão

O secretário de educação Felipe Camarão (DEM-MA) também relembrou a aproximação familiar e de amizade que mantinha com a família Cafeteira. “Meus sentimentos à família Cafeteira. Minha família tem carinho demais por vocês e lamentamos muito a perda do ex-governador Epitácio, de quem meu pai foi auxiliar (presidente do IPEM). Que Deus esteja com vocês”, disse em sua página do Twitter.

Ex-secretário e ex-deputado Joaquim Haickel

O ex-deputado Joaquim Haickel transmitiu mensagem ao deputado Rogério Cafeteira (DEM-MA) e à toda família. “Amigo Rogério Cafeteira, transmita a dona Maria Isabel, Janaína e a todas as pessoas de sua família a solidariedade da família Haickel neste momento de perda e dor. Cafeteira foi grande amigo de meu pai num momento difícil de sua vida e terá nosso eterno respeito e gratidão”, lamentou Haickel.

Em tempo

Morreu neste domingo (13), o ex-governador do Maranhão, Epitacio Cafeteira. Ele ocupou até 2015, o cargo de senador, ocupação está que desenvolveu por duas oportunidades.

Cafeteira foi aliado de Sarney e também foi opositor ao disputar, contra Roseana Sarney, o Governo do Maranhão por duas oportunidades, votando a aliar-se com a família em 2006, quando venceu o Senado Federal ao lado da ex-governadora.

Cafeteira tinha 93 anos, encontrava-se enfermo e inspirava cuidados, em UTI residencial, decorridos de seu delicado estado de saúde.

A morte do ex-político maranhense foi confirmada por seu sobrinho Rogério Cafeteira, deputado estadual, que noticiou por sua página em rede social, Twitter.

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?