Perigo das “plásticas”: Youtuber Camila Uckers tem infecção generaliza após 3 cirurgias

A youtuber e web celebridade cearense, Camilla Uckers, está passando por maus bocados, desde que caiu no conto do médico Danilo Rocha Dias, com CRM 7858 e que já tem na sua conta de vida, processos por erro médico nos estados do Ceará e Rio de Janeiro.

De acordo com informações da web celebridade, em troca de permuta, foi oferecido à ela um pacote cirurgico com 3 procedimentos, pelo médico e, o que é pior, os três serem feitos no mesmo dia.
Só para salientar, Camila Uckers, na oportunidade das cirurgias, tinha, apenas, 37 quilos.

Ainda segundo Camila, ao fecharem a parceria, o médico Danilo pediu sigilo quanto à gratuidade dos serviços e estipulou um valor para caso alguém perguntasse sobre os procedimentos das plásticas. Em troca, o açougueiro, ou melhor, o cirurgião, queria que a mesma fizesse propaganda de seu nome e lhe desse seguidores no Instagram.

E foi o que aconteceu, Camila afirma que após falar no nome do médico e fazer propaganda de seus serviços, a conta de Danilo Dias, na rede social, subiu 50 mil seguidores.

As cirurgias aconteceram há um pouco mais de um mês, no dia 12 de Dezembro.

O que aconteceu com Camila logo após as cirurgias

Acordo fechado, chegara o momento das operações: NARIZ, BARRIGA E GLÚTEOS! Todas no mesmo dia.

De acordo com Camilla, a sensação de incômodo começou no mesmo dia do procedimento. “Eu percebi que tinha alguma coisa errada. Minha nádega direita estava inchada, vermelha e quente. Perguntei à enfermeira e ela não soube me responder a causa. Mandaram eu ficar aplicando compressas de gelo”, relatou.

O fato decisório para acontecer a retirada da prótese aconteceu durante a estadia da youtuber no Rio. No dia 5 de janeiro, ela contou que estava no banho quando percebeu a infecção. Fui tomar um banho e acabei decidindo tirar o curativo para dar uma olhada. Fiz um movimento com o corpo e quando percebi já estava saindo pus e outras secreções. Comecei a gritar muito de dor. Estava desesperada”, lembrou.

Às pressas, foi levada para um hospital do Rio de Janeiro e, chegando lá, um médico constatou o grau da infecção e deu um ultimato à Camila: “Ou tira a prótese ou morre de infecção generalizada”. Uckers comunicou ao seu cirurgião, Danilo Rocha Dias e, no mesmo dia, voltou para Fortaleza. “Quando eu cheguei no aeroporto, já tinha uma ambulância me esperando. Fui direto encontrar o Danilo, ele me internou e no dia 6 janeiro retiramos as próteses”, contou.

Em um dos stories de Camila, no Instagram, ela conta que um dia após as cirurgias, ela precisou fazer, urgente, transfusão de sangue, pois estava muito fraca.
Fez o procedimento em uma clínica particular, onde foi detectado que ela estava com anemia, pois havia perdido muito sangue, no procedimento da lipoaspiração.

Logo após, também, as cirurgias, Camila começou a sentir muitas dores nos pés, o que a impossibilitava de ficar em pé.
É que, por mais um erro, Danilo colocou as próteses de silicone – para o bumbum – em cima do nervo ciático, este que, por sua vez, vem a ser o maior nervo do corpo humano. Sendo formado por várias raízes nervosas que vêm da coluna vertebral.

O nervo ciático se inicia no final da coluna, passando pelos glúteos e parte posterior da coxa e quando chega no joelho ele se divide entre nervo tibial e fibular comum e chega até os pés. E é nesse trajeto todo que ele pode causar dor com sensação de formigamento, pontadas ou choque elétrico.

Quando existe compressão ou inflamação deste nervo, surge a dor ciática que causa sintomas como dor intensa no fundo das costas, glúteo ou pernas, dificuldade em manter a coluna ereta e dor ao andar. Nestes casos é importante procurar um médico ortopedista ou fisioterapeuta para que ele possa orientar o tratamento adequado.

– Não estou conseguindo me levantar. Quando ponho o pé no chão começo a chorar. Cinco horas, seis horas da manhã, eu acordo com muita dor e tenho que tomar remédio para conseguir dormir”, desabafou Camila em um de seus stories.

Atualmente Huckers não consegue ficar em pé, tem problemas para dormir e sente fortes dores. Além de estar sendo mobilizada em cadeira de rodas.

Chorando e em cadeira de rodas, Camila vai à culto da Igreja Assembleia de Deus

P.S – Vou escrever aqui algo muito particular, que penso sobre situações como essas e, até, semelhantes.

Penso que Deus é muito misericordioso com toda a humanidade, isso é fato! Pois até onde vai a vaidade do ser humano ou as suas blasfêmias contra Deus e confrontos ao mesmo?

Não quero, de forma alguma, emitir algum juízo de valor contra a Camila ou pessoas que passam pela mesma consequência que ela está passando. Mentiria se dissesse que já não pensei ou não penso em me submeter a cirurgia plástica.

O caso dela é o de milhões de mulheres do mundo que medem a sua vida e o seu valor pelo que a sociedade impõe. Se tornam escravas da opinião alheia, do que a mídia, as propagandas, as marcas ditam.

Pessoas que, infelizmente, ainda não perceberam que o seu valor está no que são e não no que fazem ou têm. Acham que são aceitas, amadas, respeitadas, valorizadas, lembradas, por causa de um personagem, de uma caricatura, de uma aparência, que colocam acima de suas essências.

Às vezes, ou sempre, perecemos em muitas coisas por causa de nossa falta de sabedoria, negligências; por afrontarmos o curso natural da vida.

Mas, pensando nessa situação, Camila teve um grande livramento de Deus. Livramento que teve de ter a vida poupada. Pelas fotos, imagens atuais dela, essa moça está sobrevivendo só por causa da Graça.

E, o melhor, é que está tendo a oportunidade de correr para os braços daquEle que pode dar à ela a segurança de uma vida restabelecida, de uma vida com habilidades responsáveis e a sabedoria no reconhecimento de que quando Deus quer, ele arranca a pessoa do mais profundo abismo só para mostrar que em Suas mãos está o poder da vida.

Sinceramente, desejo à essa moça, saúde, reconhecimento e gratidão à Deus, porque Ele tem dado provas contínuas de Seu amor e cuidado pessoal.

São José de Ribamar: Fórum debate rumos da qualidade na educação do município

Com o tema, “A consolidação do Sistema Nacional de Educação (SNE) e o Plano Nacional de Educação (PNE): monitoramento, avaliação e proposição de políticas para garantia do direito à educação de qualidade social, pública, gratuita e laica”, a Prefeitura de São José de Ribamar, por meio da Secretaria Municipal de Educação do Município (SEMED), promoveu, na manhã de sexta-feira (12), o Fórum Municipal de Educação. O evento foi realizado no Liceu Ribamarense I.

O Fórum, que tem entre os principais objetivos, possibilitar o encontro entre sociedade civil e o poder público, coordenar as conferências municipais de educação e fazer o acompanhamento e execução das metas do Plano Municipal de Educação (PME), também promoveu a participação nos processos decisórios e na gestão de políticas públicas educacionais.

Durante o evento, a secretária de educação, Carla Verás, destacou a importância em reunir os profissionais da classe, para que fosse discutida a educação no âmbito municipal.  “O Fórum Municipal de Educação é um momento ímpar na comunidade escolar. É o momento de chamar a educação para os segmentos da sociedade, a fim de que possa ser feito uma avaliação e para medir o trabalho que está sendo realizado”, destacou a gestora.

Reconhecendo a importância dos fóruns permanentes de educação, como espaço de participação da sociedade para a formulação e acompanhamento da política educacional do município, o prefeito Luís Fernando Silva destacou que o fórum é mais um passo no avanço cada vez maior da oferta do ensino de qualidade.

– O diálogo é um instrumento fundamental para a participação de todos os envolvidos, pautado na realidade, sobretudo, que contribua para a melhoria da qualidade da educação e na ação transformadora em busca de oportunidades para todos – completou o prefeito.

O evento contou com a participação dos vereadores Professor Cristiano, Professor Cássio Salis, Moisés Gama, secretários municipais, diretores, professores, reitor do IFMA-SJR, Marco Torreão, Diretor da Unidade Regional de Educação – São Luís, José de Ribamar Portela e demais servidores da educação municipal.

Ex-prefeita ostentação, Lidiane Leite, de volta ao banco dos réus

Atualmente em regime domiciliar, Lidiane responde por desvios em variadas frentes, como merenda escolar, compra de caixões de luxo, obras de recapeamento de asfalto nunca executadas, reformas nas escolas, entre outros.

Lidiane Leite da Silva, ex-prefeita da cidade maranhense Bom Jardim e conhecida, nacionalmente, como ‘prefeita ostentação’ após ganhar notoriedade exibindo nas redes sociais uma vida de alto padrão – com direito a carros de luxo, festas e cirurgia plástica – para uma cidade de 40 mil habitantes, à beira da miséria, com um dos menores IDHs do Brasil, voltou ao banco de réus por mais uma ação de improbidade, desta vez, pelo desvio de R$ 2,7 milhões em aluguel de veículos para o município.

O ex-marido de Lidiane e pai de seu mais novo e recém-nascido filho é o mentor de sua carreira política, Humberto Dantas, conhecido como ‘Beto Rocha’. Ele e outros ex-integrantes da prefeitura – na gestão de Lidiane – são, também, acusados de desvios ao lado da ex-prefeita sem noção. Juntos, voltaram a sentar, novamente, no banco dos réus. A decisão é de 17 de novembro de 2017 e foi disponibilizada no Diário Oficial da última segunda-feira, 8.

Segundo o juiz da 1ª Vara da Comarca de Buriticupu/MA, que responde também pela comarca de Bom Jardim, Raphael Leite Guedes, os acusados ‘apenas afirmaram que procederam de forma correta no referido procedimento licitatório, sem qualquer dolo, não juntando qualquer prova sobre o alegado, situação que, diante dos elementos presentes nos autos, milita em seu desfavor’.

Atualmente em regime domiciliar, Lidiane responde por desvios em variadas frentes, como merenda escolar, compra de caixões de luxo, obras de recapeamento de asfalto nunca executadas, reformas nas escolas, entre outros.

Ex-prefeito de Pio XII, Paulo Veloso se reúne com Roseana Sarney, em encontro de lideranças da região do Vale do Pindaré

Em sua página pessoal de rede social, o ex-prefeito de Pio XII, Paulo Veloso, contou que, na manhã desta sexta-feira, 12, se reuniu, com outras lideranças, entre ex-prefeitos, ex-vices e vereadores, com a ex-governadora Roseana Sarney, no primeiro encontro de lideranças da região do Vale do Pindaré.

Em tom de saudade, Paulo Veloso disse que foi recepcionado pela “próxima governadora do Maranhão, Roseana Sarney”

– Na manhã de hoje 12/01, estivemos presentes em São Luís-ma no primeiro encontro de lideranças da região do vale do pindaré.

Fomos recepcionados pela ex e próxima governadora do maranhão, Roseana Sarney.
As lideranças da região Ex prefeitos, vereadores, vice prefeitos, todos falaram de sua gratidão por Roseana e declararam total apoio a pré candidata ao governo do estado – (sic) declarou Paulo Veloso, grande liderança política do município.

Idosos de baixa renda poderão ter isenção de tarifa de embarque em voos domésticos

BRASÍLIA – O projeto de lei do Senado (PLS 273/2011) que isenta os idosos de baixa renda do pagamento da tarifa de embarque em voos domésticos está na pauta da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Se aprovada sem emendas, a matéria seguirá para apreciação da Câmara dos Deputados.

O autor da proposta, que altera a Lei 6.009/1973, é o senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE). Ele afirma que pretende beneficiar os idosos em um momento no qual “a demanda do transporte de passageiros de longa distância, graças ao crescimento da economia, tem se deslocado do transporte coletivo terrestre para o aéreo”.

O relatório favorável do senador Benedito de Lira (PP-AL) mantém como critério para o recebimento do benefício o passageiro ter idade a partir de 60 anos e renda mensal de, no máximo, dois salários mínimos.

Proposta isenta os idosos de baixa renda

– A mobilidade é condição fundamental para que idosos se mantenham por mais tempo ativos, participantes e integrados à sociedade. Nesse sentido, avalio que a medida proposta poderá, de fato, facilitar a realização de viagens longas por pessoas em idade avançada, seja para lazer, seja para usufruir do convívio de parente ou amigo distante, seja, ainda, para buscar tratamento de saúde em algum centro especializado – afirmou o relator no texto.

Agência Senado

Política de pão e circo: Depois de quase 10 anos, Flávio Dino e trupe inaugura duplicação da BR 135 inacabada

Só mesmo aqui no Maranhão, lugar onde prefeito da capital faz “entrega de um buraco tapado”, para a população, em tom de comemoração e onde, também, governador convoca toda a sua trupe de, maioria baderneira, para inaugurar a lendária duplicação da BR 135 e, pasmem, inacabada.

Com a presença e participação do ministro Moreira Franco, na manhã desta quinta-feira, 11, foi inaugurada a obra de duplicação e requalificação da BR-135 que ocorreu entre São Luís e Bacabeira.

O ministro Moreira Franco estava representando o presidente da República, Michel Temer. Esteve presente na inauguração o governador do Maranhão, Flávio Dino, o Ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, o senador João Alberto, além de prefeitos da região, políticos, “politicados”, entre outros.

Foram 11 km entregues de trecho duplicado, que vai beneficiar diretamente mais de 1,5 milhão de pessoas na região metropolitana de São Luís.

Entre entrega, ladainhas, deboches e indiretas, houve, também, bate boca. Claro, afinal, o que seria de uma entrega de obra com tamanho porte sem que o chefe maior do estado perdesse a oportunidade de relembrar o seu maior pesadelo, que é a família Sarney?

Durante a cerimônia, enquanto Flávio Dino se apropriava de um glória que não é sua e destilava o veneno do qual se alimenta todo dia, ou seja, o ódio, o senador João Alberto, lá, sentadinho, alterou a voz chamando o governador comunista de mentiroso.

FOTO: O Imparcial – É baixaria que chama, né?

Flávio Dino, o governador meninão sem noção, viu na oportunidade da inauguração de obra de tamanha natureza, para, como dizem as ‘mães antigas’, SE APARECER (sic).

Em parte de sua fala, esbravejou que “nos últimos três anos, o estado tem trabalhado em obras estruturantes, ao contrário do passado. Rompemos o ciclo da falta de estradas, rompemos o ciclo da falta de políticas sociais, da falta escolas (…)”

Ao que José Alberto retrucou, interrompendo a fala de FD, “é mentira, mentiroso”!

Penso que a vida política e até pessoal de Flávio Dino nunca é a mesma ou não tem emoção se ele não tiver que falar, dar destaque, principalmente, para a ex-governadora Roseana Sarney. Se não rolar deboche e se não tiver que falar mal, para quê inaugurar obra ou até mesmo viver, não é, governador?

Em tempo

A obra foi iniciada em 2012 e foi inicialmente orçamentada em R$ 213 milhões. Seis anos após o início das obras acabou ficando em R$ 503 milhões. A primeira parte dos serviços que corresponde aos primeiros 19 km foi entregue no final do ano passado e, segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a obra completa deve ser finalizada em abril deste ano.

Deputado Júnior Verde busca criação da Política de Desenvolvimento e Expansão da Apicultura e Meliponicultura no Maranhão

Já encontra-se nas mãos do governador Flávio Dino (PCdoB) uma Indicação de autoria do deputado estadual Júnior Verde (PRB) para elaboração de um Projeto de Lei (PL) que disponha sobre a Política Estadual de Desenvolvimento e Expansão da Apicultura e Meliponicultura. A proposição consiste na minuta do PL e foi aprovada pelo Plenário da Assembleia Legislativa, para que seja elaborado pelo Executivo Estadual.

– Trata-se de uma iniciativa da qual não poderíamos fugir. Temos prerrogativas que nos permitem dar atribuições ao Poder Executivo, por isso enviamos essa Indicação. O Maranhão é um grande produtor de mel, o que muitos talvez desconheçam e precisa de incentivo também em outras culturas como Aquicultura e Agricultura Familiar – justificou o deputado.

A atividade da Apicultura abrange a Meliponicultura, que é a criação racional de abelhas sem ferrão e se destaca, principalmente, na região Alto Turi, gerando muitos empregos e renda. Júnior Verde já formalizou estudos e análises por meio de audiências públicas que serviram de base para a minuta do PL encaminhada ao chefe do executivo. É um documento com objetivos, metas e instrumentos que disponibilizam formas compatíveis e viáveis para o crescimento e a solidificação da atividade apícola e meliponícola.

– Tivemos o cuidado de integrar o meio ambiente, o desenvolvimento da tecnologia, a comercialização, a circulação e o aumento de emprego e renda no setor primário no Estado. Direcionamos nossos esforços para melhorar a qualidade de vida do nosso povo – explicou o parlamentar, que no ano passado criou um Fórum para discutir a problemática da apicultura migratória no Maranhão.

Em tempo

Membro da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia, Júnior já conduziu uma reunião com membros da Federação Maranhense dos Produtores de Mel (FEMAMEL) para iniciar as discussões sobre o tema.

Acusado de matar Décio Sá, o pistoleiro Jhonathan Silva, mata, em Pedrinhas, o detento Alan Kardec

Jhonatan de Souza Silva responderá, também, pelo assassinato de Alan Kardec, dentro de presídio

O pistoleiro Jhonathan de Sousa Silva – condenado a 25 anos de prisão pelo assassinato do jornalista Décio Sá – disse em depoimento à Polícia Civil que matou o detento Alan Kardec Mota porque estava sendo ameaçado de morte. O crime ocorreu domingo (7), no presídio São Luís 4.

Jhonathan Silva afirmou que as ameaças ocorriam desde 2016. O homicida contou “que, depois que foi ameaçado de morte, teve um desentendimento com Alan Kardec em um jogo de bola, sendo necessária a intervenção de outros internos para separar a briga; que Alan Kardec gritava para os internos apoiarem ele”, relatou Jhonathan.

Silva relatou ainda que há duas semanas se desentendeu com Alan Kardec em um jogo de xadrez, tendo ele dito para outro interno que resolveria com o interrogado suas diferenças na quadra, porque, se não fosse do jeito dele, iria esfaqueá-lo.

– Quando se encontrava em sua cela, uma noite antes do crime, ouviu o barulho de amolar de facas, mas não sabia de qual cela vinha. Na manhã, quando foi ao banheiro, encontrou um chuço no chão, próximo ao vaso sanitário. Pegou o chuço, indo em direção a Alan Kardec, e desferiu um golpe na região do peito – relatou.

Jhonathan de Sousa retornou à Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís (UPSL 4), onde estava custodiado em uma cela individual, em regime diferenciado. Segundo informações, ele retornou ao mesmo xadrez onde estava, justamente onde encontrou, no banheiro, o pedaço de ferro que foi transformado em arma usada para assassinar Alan Kardec.

O criminoso matou Alan Kardec Dias Mota com golpes de ferro no peito, por volta das 7h30 do domingo, no horário do banho de sol. O detento ainda chegou a ser levado para o Hospital Municipal Dr. Clementino Moura (Socorrão II), mas não resistiu e morreu no fim da tarde.

Do Blog Gilberto Léda

Polícia Militar do Maranhão realiza festa de formatura dos novos oficiais ; Anderson Maciel é promovido ao posto de Tenente-coronel

O acesso à hierarquia militar é seletivo, gradual e sucessivo, sendo a promoção um ato administrativo que tem como finalidade básica a seleção dos militares para o exercício de funções pertinentes ao grau hierárquico superior. Desta forma, a formatura oficializa as promoções de oficiais e praças a novos postos e graduações em suas carreiras.
FOTO: PMMA

No início da noite desta segunda-feira, 08, a Polícia Militar do Maranhão realizou a solenidade de formatura dos novos oficiais da PM.

Por meio da Comissão de Promoção de Oficiais da PMMA foi divulgado, na última quinta-feira (28), a relação dos oficiais da Corporação que foram promovidos de cargo. Na oportunidade, foi, também, assinado pelo Governador do Maranhão, Flávio Dino, em uso de suas atribuições legais, o Ato da Promoção dos oficiais nomeados. A solenidade de Formatura aconteceu no Comando Geral da PM.

O acesso à hierarquia militar é seletivo, gradual e sucessivo, sendo a promoção um ato administrativo que tem como finalidade básica a seleção dos militares para o exercício de funções pertinentes ao grau hierárquico superior. Desta forma, a formatura oficializou as promoções de oficiais e praças a novos postos e graduações em suas carreiras.

Há 22 anos trabalhando em prol da segurança do estado, Anderson Maciel foi promovido ao cargo de Tenente-coronel da PMMA

Entre um dos oficiais promovidos a patente superior de oficial, Tenente-coronel, está Anderson Fernando Holanda Maciel, que ingressou na Polícia Militar no ano de 1995, por meio de concurso vestibular da UEMA/CFO.

Há 22 anos trabalhando em prol da segurança do estado, o atual Tenente-coronel Anderson Maciel, bacharel em Segurança Pública, em Direito e até em Educação Física, é, também, pós-graduado em Direito e Processo Civil.

Jornada

Anderson iniciou a sua carreira exercendo a função de comandante de companhia no 6° Batalhão de Polícia Militar. Logo após, trabalhou no Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), depois na Academia de Polícia Militar Gonçalves Dias (APMGD) e, antecedendo à sua entrada no 8° BPM, onde foi comandante de Companhia, subcomandante e comandante do Batalhão, foi ajudante de ordens do Comandante Geral e vice-governadoria. Já foi, também, subdiretor de ensino da PMMA, em 2016.

No ano de 2017, até o mês de Novembro, atuou como assistente do Subchefe do Estado Maior da PMMA e, atualmente, é Diretor Geral do Colégio Militar Tiradentes VI, no bairro Parque Vitória, em São Luís.

– Com essa promoção, em mais um momento atuando com o meu serviço dentro da Polícia Militar do Maranhão, me sinto reconhecido pela Instituição e pelo próprio Governo do Estado. Nosso trabalho não para e fico feliz com a missão que já estamos desempenhando, que é comandar, ser diretor-geral do Colégio Militar Tiradentes IV, no bairro do Parque Vitória – disse o novo Tenente-coronel, Anderson Maciel, que ainda afirma estar muito feliz com a confiança em si depositada e que “começamos 2018 com o pé direito, muito serviço e com todas as melhores expectativas possíveis, a fim de continuar desempenhando um trabalho que promova cada vez mais segurança e educação para todas as famílias do nosso estado”.

Em tempo

Anderson Maciel

 Tive a oportunidade de trabalhar em 2012, com o, na época, Major Anderson, onde, na ocasião, pude perceber a sua responsabilidade, ética e moral que atua como oficial da segurança do estado.

No entanto, quero, particularmente, desejar ao novo Tenente-coronoel, sabedoria do alto, proteção de Deus e muito sucesso nessa nova empreitada, sabendo a árdua missão que é trabalhar na segurança deste estado.

Concurso da AGED/MA, com salários de até R$ 4,4 mil, inclui cargo de Fiscal Estadual Agropecuário

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA), com o apoio da SEGEP – Secretaria de Estado de Gestão e Previdência e da Fundação Carlos Chagas, está realizando novo concurso público n.º 001/2017, para provimento de 100 vagas em cargos de níveis médio/técnico e superior.

As chances são para os cargos de Fiscal Estadual Agropecuário (Médico Veterinário, Engenheiro Agrônomo e Engenheiro Florestal), Técnico de Fiscalização Agropecuária ou Agronegócios e Auxiliar de Fiscalização Agropecuária.

Para a Médica Veterinária e Fiscal Agropecuária, aprovada em concurso, há 17 anos, na cidade de Barra do Corda, Daniela Alves Guedelha, o trabalho de Fiscal consiste em fiscalizar revendas veterinárias, matadouros, salgadeiras, lixões, rodoviárias e propriedades consideradas de risco epidemiológico.

– Trabalhamos com o intuito de que nenhuma doença entre no estado ou, que esta, seja erradicada o mais rápido possível. Por isso, realizamos vacinações assistidas em época de campanha de Febre Aftosa, nas propriedades de risco epidemiológico – declarou a médica veterinária, que ainda explicou, “fazemos educação sanitária por meio de palestras sobre as principais doenças de notificação obrigatória”.

É preciso amor ao que faz e, ao que parece, a médica veterinária, Daniela, ama estar no campo

Futuros servidores da AGED/MA

Os futuros servidores contratados terão vencimentos iniciais de até R$ 4.400. Para inscrever-se o candidato deverá acessar o endereço eletrônico da FCC (www.concursosfcc.com.br), no período de 08 de janeiro e 9 de fevereiro de 2018. Será cobrada taxa de inscrição nos seguintes valores:

R$ 140 -para os cargos de ensino superior.

R$ 90 – para os cargos de ensino médio.

Provas e validade do concurso

As provas objetivas serão realizadas nas cidades de Balsas, Caxias, Imperatriz e São Luís, conforme opção indicada pelo candidato no Formulário de Inscrição, com previsão de aplicação para o dia 8 de abril de 2018. A confirmação da data e as informações sobre horários e locais serão divulgadas oportunamente, pelos meios de comunicação indicados no edital.

Os candidatos habilitados na prova objetiva para os cargos de Fiscal Estadual Agropecuário – Áreas: Médico Veterinário, Engenheiro Agrônomo e Engenheiro Florestal serão convocados para a entrega de títulos.

A validade do concurso será de dois anos, a contar da data da publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, uma única vez.