Deputado Júnior Verde acompanha entrega de 50 casas do Minha Casa Minha Vida em Brejo de Areia

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) participou nesta terça (30) da cerimônia de entrega de 50 casas do programa Minha Casa Minha Vida, na cidade de Brejo de Areia. Na oportunidade, também foram entregues os protocolos dos projetos de regularização fundiária a 97 trabalhadores rurais, que receberão seus títulos de terra pelo Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (ITERMA).

O programa deu início às obras em 2012, mas por problemas com a construtora, o cronograma sofreu vários atrasos, sendo concluído somente este ano. A solenidade contou com a presença do prefeito de Brejo de Areia, Chico Eduardo e do presidente do ITERMA, Raimundo Lídio, que levou a regularização dos títulos de terras na região.

– É um momento muito importante para nosso município. Tanto pelas casas que vão beneficiar dezenas de famílias, quanto pelos títulos que brevemente serão entregues a trabalhadores rurais – disse o prefeito.

O presidente do ITERMA, Raimundo Lídio, informou que o Instituto levou uma equipe de técnicos que dará início a um amplo trabalho de regularização fundiária, atendendo às demandas tanto da sede do município quanto da zona rural. “É um trabalho que está sendo realizado em todo o Estado, principalmente nos 30 municípios incluídos no programa mais IDH”, acrescentou.

O deputado estadual Júnior Verde, que tem um grande trabalho realizado na região desde o início do mandato, parabenizou as famílias beneficiadas pelo Minha Casa Minha Vida e os trabalhadores rurais que receberão os documentos de suas terras.

– Isso significa segurança jurídica a toda essa população que precisa ter acesso a créditos e apoio das instituições financeiras. No ano passado, buscamos essa regularização não só em Brejo, mas em diversos municípios maranhenses, pois tal benefício garante direitos importantes. Hoje, o PRB faz gestão no ITERMA e no INCRA, demostrando responsabilidade social enquanto partido, no sentido de ajudar nossos trabalhadores rurais – destacou o parlamentar.

Caso Nenzim: Ex-vaqueiro, Luzivan Rodrigues é preso acusado de coautoria com o filho do ex-prefeito em do assassinato

A polícia civil prendeu, nesta terça-feira (30), Luzivan Rodrigues da Conceição Nunes, conhecido por “Luizão”. Ele era vaqueiro do ex-prefeito de Barra do Corda Manoel Mariano de Sousa, conhecido como “Nenzim”. O ex-prefeito da cidade foi morto no dia 06 de dezembro de 2017 após um atentado, segundo a polícia. Mariano Filho, mais conhecido como Júnior do Nenzim e filho da vítima está preso, sendo o principal suspeito de ter matado o próprio pai. Mesmo as evidências indicando autoria do crime, o preso nunca confessou o suposto crime.

Segundo a Polícia, a nova principal hipótese é que o ex-vaqueiro de “Nenzin”, Luzivan Rodrigues, agiu em coautoria com o filho do ex-prefeito no dia do assassinato

A polícia informou que a prisão do ex-vaqueireo foi requerida à Justiça em razão do surgimento de novas provas que surgiram durante as investigações do caso da morte do ex-prefeito. Segundo o delegado de Barra do Corda, Renilton Ferreira, as investigações apontam que o ex-vaqueiro mentiu para a polícia quando disse que não esteve em Barra do Corda na manhã do crime.

– Testemunhas informaram que ele (Luizão) estava conversando com ele (Mariano Filho) minutos antes do crime. Ele só não foi preso antes porque as testemunhas ainda não tinham dado essa informação – declarou o delegado.

Neste momento a Polícia aguarda a conclusão dos últimos laudos periciais e novas oitivas para fazer a reconstituição do crime e fechamento dos Autos Complementares do inquérito policial. Porém, de acordo com o delegado Renilton, a partir das novas revelações a principal hipótese é que “Luizão” tenha agido em coautoria com Mariano Filho no dia do assassinato de “Nenzim”, mas ainda não se sabe quem atirou contra ele.

– Com esse fato novo que surgiu nós vamos pegar alguns depoimentos, faremos a reconstituição e aí dar como concluído o trabalho da Polícia nesse caso. A questão agora da investigação é apenas se ele agiu em coautoria no crime. A questão do disparo agora está sendo levantada diante da possibilidade da participação do vaqueiro no crime, mas ainda não sabemos precisar qual dois dois teria efetuado o disparo – informou o delegado.

G1 Maranhão

Alerta contra a Febre Amarela

O vírus da febre amarela é transmitido pela picada de um mosquito fêmea e, não por macacos, como a maioria da população acredita e, com isso, tem sacrificado os animais indefesos e vítimas, também, da doença. 

O meio mais fácil e rápido da prevenção contra a Febre Amarela é a vacinação.

Mayse Thielle sendo vacinada contra a Febre Amarela, na cidade maranhense de Barra do Corda
Em São Luís, a Vigilância Sanitária nega que a febre amarela esteja chegando ao Maranhão. Entretanto, nos últimos dias, muitas pessoas procuraram as Unidades Básicas de Saúde (UBS) na capital para serem vacinadas. É fazendo jus ao ditado, “é melhor prevenir do que remediar”.
Ainda de acordo com informações do Ministério da Saúde, os casos de febre amarela registrados no Brasil permanecem no ciclo silvestre da doença, ou seja, a doença é transmitida apenas pelos mosquitos encontrados no ambiente silvestre, dos gêneros Haemagogus e Sabethes. Portanto, os cuidados devem ser redobrados para os viajantes que se deslocarem para zonas rurais e áreas de mata.
Mas, no geral, a infecção pode ser categorizada de forma de febre amarela urbana, também, que é quando é transmitida pelo Aedes aegypti.

A febre amarela costuma ser transmitida por mosquitos, principalmente o Aedes aegypti (em áreas urbanas) e o Haemagogus (em áreas rurais).

Além da vacinação, convém passar repelente e adotar outras medidas que evitam a picada do mosquito. Atualmente, há registro apenas de transmissão pelos mosquitos Sabethes e Haemagogus, que levam o vírus da febre amarela do macaco para o ser humano. Mas é possível que o Aedes aegypti pique um indivíduo infectado e transmita a doença – seria a chamada urbanização da febre amarela, o que não ocorrre há décadas no Brasil.

Existem dois ciclos da febre amarela:

  • Febre amarela silvestre: em que mosquitos destas regiões se infectam picando primatas com a doença e podem transmitir a um humano que visite este habitat ;
  • Febre amarela urbana: em que um humano infectado anteriormente pela febre amarela silvestre a transmite para mosquitos urbanos, como o Aedes aegypti, que a espalham.

É importante alertar que em ambos os casos a doença é a mesma, a diferenciação do ciclo de transmissão apenas ajuda nas estratégias para evitar a disseminação da febre amarela.

A pessoa permanece em estado de viremia, ou seja, capaz de transmitir o vírus para mosquitos, por até 7 dias após ter sido picada.

Sintomas de Febre amarela

Muitas pessoas que contraem a febre amarela não apresentam sintomas, e quando os apresentam, os mais comuns são:

  • Febre
  • Dores musculares em todo o corpo, principalmente nas costas
  • Dor de cabeça
  • Perda de apetite
  • Náuseas e vômito
  • Olhos, face ou língua avermelhada
  • Fotofobia
  • Fadiga e fraqueza.

Os sintomas nesta fase aguda da doença costumam durar entre três e quatro dias e passam sozinhos.

No entanto, uma pequena porcentagem de pessoas pode desenvolver sintomas mais graves cerca de 24 horas após a recuperação dos sintomas mais simples. Nesta fase chamada de tóxica, o vírus pode atingir diversos órgãos e sistemas, mas principalmente o fígado e rins. Os sintomas dessa fase são:

  • Retorno da febre alta
  • Icterícia, devido ao dano que o vírus causa no fígado
  • Urina escura
  • Dores abdominais
  • Sangramentos na boca, nariz, olhos ou estômago.

Em casos mais graves o paciente pode apresentar delírios, convulsões e até entrar em coma.

Dependendo do dano causado no organismo, esta fase da febre amarela pode levar a morte no intervalo entre sete e dez dias. Por isso, pessoas que são diagnosticadas com febre amarela devem estar atentas ao aparecimento dos sintomas iniciais e observar se os sintomas mais graves se manifestarem, para busca de ajuda médica.

Bebês podem se vacinar?

O bebê pode ser vacinado a partir dos seis meses de idade, quando a criança reside em uma área em que há morte de macacos com suspeita de febre amarela e na área em que há casos de febre amarela silvestre. Mas fora dessas situações, o calendário de vacinações indica a partir de nove meses de idade.

Sem registros no Maranhão

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde ( SES), o Maranhão é um dos estados brasileiros que não possui registros de casos de febre amarela recente, apesar de estar localizado em uma área endêmica da doença. Para manter a ausência dos casos, a SES intensificou as ações preventivas de combate a doença com a participação de diversos setores, como a Vigilância Epidemiológica, Sanitária e Ambiental e o Departamento de Imunização.

P.S – Não é à toa que estou em Barra do Corda e procurei um Posto de Saúde para me vacinar.
Como disse acima, “prevenir é melhor do que remediar”.

Consórcio midiático, jurídico e parlamentar condena o Brasil, a democracia e os brasileiros, junto com Lula

O golpe de Estado de 2016 deu mais um passo nesta quarta-feira (24) quando o TFR4, de Porto Alegre, confirmou a sentença contra o ex-presidente Lula, e confrontou a consciência democrática e jurídica e reforçou o ataque ao Estado Democrático de Direito.

Com o ex-presidente Lula, foi julgado todo o povo brasileiro e seu anseio por um Brasil justo, soberano e desenvolvido.

O sentido do golpe promovido em 2016 pelo consórcio midiático, jurídico e parlamentar e de sua segunda etapa ocorrida nessa quara-feira, em Porto Alegre é o de afastar o povo do protagonismo político, ferindo a democracia e impedindo qualquer programa que favoreça o desenvolvimento nacional, o fortalecimento do trabalho, com emprego e distribuição de renda.

Afinal, os programas sociais – que contemplam aquelas famílias que nenhum parlamentar sabe que existe e muito menos os grandes empresários de TV que são beneficiados pela elite brasileira – de um início de desenvolvimento àqueles que são mais necessitados e condenados pela mídia parcial e marrom, incitando grande parte da população a “escrachá-los” também, acredito que tiveram e têm a proposta de funcionar como um ERGA-TE. Políticos que pensaram e realizaram tais tipo de fomentação não podem ser eternamente responsáveis por uma má distribuição de programas que se desenvolvem de forma errada dentro do curral dos mesmos que o executam.

É disso que eu tô falando!

 

 

 

 

 

 

 

 

Onde está a moral quando um Juiz de Direito viola as leis do próprio país?

Quando ele posa com políticos suspeitos de corrupção e fere os direitos básicos dos cidadãos?

Cadê a seriedade?
Quando o Ministério Público monta um circo midiático. Faz acusações graves sem apresentar nenhum fato, só por pura “convicção” e incitado por uma mídia corrompida, vendida e parcial.

Cadê a coerência?

Quando a Justiça se nega em aceitar a perícia dos documentos que comprovam a inocência de uma pessoa e é ditada por notícias manipuladas, que inventa manchetes e coloca os brasileiros contra o presidente que mais fez pela nação.

É isso que a mídia, os empresários, a elite, os brancos, a Direita não aceita, um pobre que deu certo e colocou outros milhares de pobre em lugares e patamares onde estes jamais imaginaram chegar.

Não! Definitivamente não é fácil assistir a um negro, um filho de empregada, um servidor público, vencendo na vida, sentando em cadeiras onde somente os coronéis e ditadores sentaram e, que, se não fosse por Luiz Inácio Lula da Silva, um Da Silva jamais sentaria.

Cadê as provas contra Lula?

O Judiciário tem dono e não é o povo ; O Congresso Nacional tem dono e não é o povo

Podemos e vamos dar razão ao hino e não fugir à luta. Quem sempre carregou o piano, pode resolver parar. Parar porque está claro que o julgamento de Lula é a continuidade de um golpe para tirar direitos dos trabalhadores, para vender o patrimônio do país, para enriquecer ainda mais os já muito ricos. Com poucas canetadas no Congresso e no Judiciário nossa sociedade, sim ela é nossa, regrediu décadas em direitos sociais, em justiça social, em divisão um pouco mais igualitária dos produtos do nosso trabalho

O golpe de Estado de 2016 deu mais um passo nesta quarta-feira (24) quando o TFR4, de Porto Alegre, confirmou a sentença contra o ex-presidente Lula e confrontou a consciência democrática e jurídica e reforçou o ataque ao Estado Democrático de Direito.

Ele é mais do que as políticas públicas e projetos sociais de seus governos, hoje internacionalmente cantados em prosa e verso. O Da Silva, que Lula compartilha com milhões de brasileiros, é a assinatura de um, entre milhares de nordestinos que, fugindo da morte e vida severina, cruzaram o país em busca de uma vida digna. Luís Inácio Lula da Silva é mais um desses.

Lula é o cara que passou fome, numa família de 5 irmãos, e que sobreviveu pelo amor generoso de uma mãe forte e protetora. Como milhões de brasileiros, Lula não é só um representante da classe operária. Ele é um herói, o ideal da classe. O cara que, semialfabetizado, afrontou com sua inteligência a pernóstica cultura bacharelesca da nossa elite covarde, preconceituosa e corrupta.

Lula não poderia ser perdoado depois de sua audácia impertinente de ter mostrado que o Brasil é muito melhor do que jamais puderam sonhar os machos brancos e ricos que infelicitam o povo há séculos. Lula foi longe demais. Se ao menos tivesse uma faculdade. Se ao menos falasse inglês. Se ao menos usasse óculos. Se ao menos não se deixasse fotografar sem camisa, carregando geladeiras de isopor nos ombros, como um farofeiro. Se ao menos se vestisse com requinte, puxa! Mas Lula mostra que nada disso importa para viver a vida e, como presidente de nação, fazer a maioria da população viver melhor, saindo, por exemplo, da linha da pobreza.

Se ao menos fosse menos Da Silva e nordestino…. ele poderia ser perdoado. Se ao menos não tivesse acabado com a miséria que conheceu tão bem como criança…Mas Lula “errou” por ser de origem tão humilde e ter mudado a vida de tanta gente tao humilde quanto ele. E quem o condena, quem o sentencia, não faz ideia do porquê, afinal de contas, não há provas.

A elite escravocrata do país, bem como seus parceiros do Norte e Nordeste, não toleram a insubordinação. E avançaram sobre Lula para conter os sonhos de milhões de brasileiros que enfim ganhavam o direito de sonhar. Pode ter sido um mau negócio. A condenação desnuda a Justiça injusta que temos. Desnuda a mídia patife. Desnuda as vilezas da grande maioria dos integrantes do Congresso Nacional. E desnuda o prazer tão virulento de uma Direita perversa do país, que reclama dos aeroportos por parecerem grandes rodoviárias.

A gente pode se abater frente a mais uma injustiça cometida pelo Judiciário, que sempre pertenceu à elite brasileira, aos brancos ricos, aos senhores de escravos. Sempre foi assim. A diferença é que agora está estampado na nossa cara que o Judiciário sujou de vez sua história, quando feriu o Estado Democrático de Direito e deixou claro que tem dono e não é o povo, que o Congresso tem dono, e também não é o povo.

Mas podemos e vamos dar razão ao hino e não fugir à luta. Quem sempre carregou o piano, pode resolver parar. Parar porque está claro que o julgamento de Lula é a continuidade de um golpe para tirar direitos dos trabalhadores, para vender o patrimônio do país, para enriquecer ainda mais os já muito ricos.

É preciso parar porque eles vieram para cima de nós. Estávamos ensaiando dias melhores para a maioria de nós. Ainda faltava muita coisa para podermos dizer que o Brasil era justo para com seus filhos. Mas eles resolveram vir para cima e nos fizeram voltar 50 anos em nosso caminho civilizatório. Com poucas canetadas no Congresso e no Judiciário nossa sociedade, sim ela é nossa, regrediu décadas em direitos sociais, em justiça social, em divisão um pouco mais igualitária dos produtos do nosso trabalho.

Não devemos e não podemos aguardar para ver se Lula poderá ser candidato. Não podemos repetir o mesmo tipo de reação da época do impeachment da presidente Dilma Rousseff. Estávamos sempre colocando nossa esperança em parceiros do golpe. Esperamos que Renan Calheiros bloqueasse o processo de impeachment no Senado. Esperamos que o Supremo Tribunal Federal desnudasse a farsa do golpe perpetrado pelo Congresso. Agora vamos esperar que a Justiça o permita ser candidato? Enquanto esperarmos as ações que queremos de classes adversárias, seremos vencidos e essa derrota significará a aniquilação da Democracia de uma vez por todas. As ações que queremos devemos executá-las por nós mesmos. Não é hora de sonhar com Lula candidato e continuar nossas vidas como se não tivessem passado a mão em nossos direitos.

Mais do que nunca, é hora de lutar pela Democracia, pelo povo, por Lula e pelo Brasil. E em comprovado Estado de Exceção, quando o direito não existe mais, a desobediência civil, com ações mais firmes, significa a nova era de luta para parar o país.

Jornalistas Livres

Prefeitura de São Luís anuncia concurso público para área da Assistência Social

Vão ser 52 vagas incluindo as reservadas para candidatos com deficiência, para cargos de nível superior, nas áreas de Serviço Social, Direito e Psicologia. Edital pode ser acessado no site da Prefeitura

A Prefeitura de São Luís anunciou nesta quarta-feira (24), o concurso para a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas). Realizado por meio da Secretaria Municipal de Administração (Semad), o certame, além de reforçar o quadro de servidores, tem o objetivo de fortalecer a Política da Assistência Social na cidade. O edital do concurso pode ser acessado no site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br).

A informação do concurso no site da prefeitura defende ações da gestão municipal em desenvolver, na área da Assistência Social, um passo a mais no reforço dos trabalhos.

– Esse é mais um passo que damos para reforçar as ações que temos desenvolvido na área da Assistência Social. Em meio a um cenário de crise econômica, a abertura deste concurso reflete o nosso esforço e o quanto nossa gestão está comprometida com o fortalecimento das políticas públicas e a constante melhoria dos serviços que são oferecidos para a população ludovicense. Com investimentos como este, estamos avançando na implementação de ações em áreas prioritárias.

O certame, que oferece 52 vagas incluindo as reservadas para candidatos como deficiência, será executado pela AOCP Concursos Público. O Edital de Abertura nº. 001/2018 prevê vagas para cargos de nível superior, com cadastro de reserva. Serão contemplados profissionais das áreas de Serviço Social (28 vagas, sendo cinco reservadas para candidatos com deficiência), Direito (cinco vagas, sendo uma vaga para candidato com deficiência) e Psicologia (19 vagas, sendo três reservadas para candidatos com deficiência). A remuneração inicial bruta será de R$ 2.036,25.

 PLANEJAMENTO

O edital do concurso apresenta o cronograma, com data da prova estabelecida a ser realizada ainda no primeiro semestre de 2018. Com taxa de inscrição de R$ 100,00, o processo avaliativo será constituído de prova objetiva, prova dissertativa (a serem realizadas no mesmo dia e com caráter eliminatório e classificatório) e avaliação de títulos (com caráter classificatório), com os critérios e informações especificadas no edital.

Cidade de São José de Ribamar vai ser homenageada por escola de Samba campeã 2017, em São Paulo

A religiosidade, cultura e belezas do município de São José de Ribamar vão ser destaques e homenageados pela escola de Samba Acadêmicos do Tatuapé, durante o desfile deste ano. A agremiação, que já havia anunciado desde o ano passado a homenagem ao Maranhão, convidou, formalmente, o prefeito Luis Fernando para conhecer a sede da escola e o desfile que evidencia a singularidade da cidade ribamarense, que completou 65 anos de emancipação política.

Durante entrevista, realizada na manhã desta quarta-feira (24), no Salão de Turismo, localizado próximo a Concha Acústica, além de falar oficialmente sobre a homenagem, Luis Fernando contou emocionado, os detalhes e bastidores de um desfile que já está pronto, produzido sem custo ao erário municipal e que, ainda assim, vai recolocar o destino da cidade de volta à prateleira turística do mercado internacional.

– É difícil até segurar a emoção. Após 65 anos de emancipação, a cidade é lembrada e ganha de presente uma homenagem da atual campeã do Carnaval de São Paulo em 2017 e tudo isso sem custo ao município. A grandiosidade do ato, além de colaborar diretamente no processo de reconstrução da cidade, ainda vai possibilitar a promoção do nosso destino turístico para mais de 170 países do mundo – alegrou-se o prefeito.

“Não escolhemos, fomos escolhidos” (…)

… completou Luis Fernando. “E isso claro, em razão de toda a singularidade de nossa história que a partir de agora ganha um extraordinário destaque. Está de parabéns a Acadêmicos do Tatuapé por tão grande sensibilidade em capturar o sentimento de nossa gente e transpor para o samba enredo da escola, a religiosidade da nossa terra”, finalizou.

Para o desfile de 2018, a escola leva para o sambódromo do Anhembi, mais de três mil componentes que estarão divididos em 23 alas, cinco carros alegóricos acoplados que remetem ao número de dez, destacando a religiosidade, os romeiros que visitam o destino, além do arco que anuncia a passagem da cidade na avenida.   

A Acadêmicos do Tatuapé entra na avenida na sexta-feira (09) gorda de carnaval. Pela ordem do sorteio, a escola campeã do carnaval de 2017, será a quinta do grupo especial a desfilar na avenida. 

Visita a Acadêmicos do Tatuapé

Assinada pelos compositores Fabiano Tenor, Mike e Luiz Ramos, o tema da escola para este ano “Maranhão: os tambores vão ecoar na terra da encantaria”, foi apresentado, oficialmente, na ultima sexta-feira (19), na sede da escola em Tatuapé – São Paulo.

Na ocasião, o prefeito Luis Fernando, que esteve acompanhado do secretário de cultura, Edison Calixto e comitiva, foi recebido pelo presidente da Acadêmicos do Tatuapé, Eduardo Santos, além do carnavalesco e maranhense, Wagner Santos e pelo presidente da organização internacional das Culturas Populares da Unesco, Clerton Vieira.

Para o destacado carnavalesco Wagner Santos, essa foi “uma missão desafiadora”. Segundo ele, a responsabilidade se torna ainda maior em razão da busca pelo bicampeonato da escola.

– Me sinto muito feliz pela escolha do tema, porém, é uma dupla missão. Estamos buscando o bicampeonato e contando a história da cultura, e das belezas de uma terra que tem como padroeiro São José de Ribamar que atrai milhares de romeiros todos os anos, mais vamos em busca de mais um sonho – detalhou o maranhense que sempre que a terra natal, visita a cidade balneária.

Além de três vezes vice-campeão e um dos mais premiados carnavalescos de São Paulo, Wagner Santos que já cantou o Maranhão em 2010, pretende consagrar a carreira vitoriosa conquistando seu primeiro título pela escola Acadêmicos do Tatuapé.

Vídeo do dia: Ouça o prefeito Edivaldo Júnior prometendo, na campanha de 2016, não aumentar passagem de ônibus

Depois de assistir a esse vídeo – no momento em que o, na época (2016), prefeito e candidato à reeleição, Edivaldo Júnior promete, descabidamente, não aumentar o preço das passagens do transporte público, em São Luís -, a população já pode ter provas suficientes e que saltam ao bolso de quem foi o escolhido – por ela – para passar mais 4 anos no Poder Municipal.

População, não foi ele que tu elegeu? Então cobra do prefeito Edivaldo essa promessa NÃO CUMPRIDA. É direito de vocês!

FOTO: Reprodução

A culpa é de Flávio Dino: Aumento na passagem de ônibus das linhas Sistema Semiurbano e Expresso Metropolitano

Na tarde desta segunda-feira (22), a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) anunciou o aumento da passagem dos ônibus de linhas operadas no Sistema Semiurbano e Expresso Metropolitano.

A culpa pelo aumento é de Flávio Dino!

Conforme a nota, o valor da tarifa do Serviço Público de Transporte Coletivo Semiurbano passa de R$ 2,90 para R$ 3,10. Já o Expresso Metropolitano passa de R$3,10 para R$3,30.

Ainda segundo a nota, o reajuste tarifário justifica-se pelo equilíbrio econômico-financeiro do Sistema de Transporte Coletivo Semiurbano de Passageiros para que os usuários tenham acesso aos Terminais Urbanos de forma equilibrada.

A medida do reajuste entrou em vigor hoje mesmo e, com certeza, pegou muita gente de surpresa.

Eu sei que um erro não justifica o outro, mas é por isso que os carrinhos-lotação estão a cada dia ganhando mais espaço e prioridade em sua utilidade. Afinal, é um preço muito abaixo do que o oferecido pelo transporte público, o qual, nesse caso, o governo tem, por direito, garantir um serviço de qualidade e que caiba no bolso dos milhares de estudantes e trabalhadores que ganham, mensalmente, um salário mínimo.

Alguém pensa nessa classe?
Ah, sim! Só em tempo de campanha. Tinha esquecido. Sorry!

Em tempo

No último sábado (20), a tarifa do transporte público de São Luís teve um aumento de 22,7%. O reajuste começou a valer nesta segunda-feira (22).

– Descumprindo promessa de campanha, Edivaldo Júnior manda aumentar passagem a partir de segunda-feira, 22

Deputado Júnior Verde prestigia final da Taça Mangueirão na cidade de Cajari

Com atuação destacada no incentivo ao esporte em todo o Maranhão, o deputado estadual Júnior Verde (PRB) prestigiou, no último final de semana, a final da Taça Mangueirão, evento esportivo realizado em Cajari e que é referência na região. O parlamentar tem apoiado o campeonato todos os anos desde o início do mandato, que tem crescido em número de participantes e público.

O evento contou com a participação de atletas de outros municípios e serviu de incentivo para que outros jovens aderissem ao esporte

– São 4 anos incentivando o esporte no Maranhão. Desde o início do nosso mandato temos, com recursos próprios, apoiado projetos que visam o fortalecimento social. Em  Cajari, participamos da final desse importante campeonato tanto para o município quanto para a região. Quero agradecer ao amigo Wallace pela organização e o sucesso dessa grade iniciativa e também o apoio da prefeita Camila – destacou o deputado.

O evento contou com a participação de atletas de outros municípios e serviu de incentivo para que outros jovens aderissem ao esporte.

A final foi bastante prestigiada pela população local. Para o deputado, que apoiou o campeonato e contribuiu para a entrega das premiações, “o esporte não só é sinônimo de saúde, mas uma oportunidade de interação social e valorização da cidadania”. 

Mais apoios

Júnior Verde já apoiou a realização de diversos eventos esportivos em vários municípios como Chapadinha, Senador Alexandre Costa, Turiaçu, Zé Doca, Bela Vista e São Francisco do Brejão. “São eventos que mobilizam toda a região e atraem jovens e adultos em torno da prática esportiva. Uma das nossas prioridades é o incentivo ao Esporte, e em 2018 continuaremos a contribuir para que mais cidades maranhenses tenham condições de realizar eventos como esse”, garantiu.