São Luís: João Dória na capital maranhense nesta quinta-feira, 30

A gestão do ex-apresentador de Tv e atual prefeito da metrópole São Paulo tem se tornado referência em todo o país

O prefeito de São Paulo, João Dória Júnior, desembarca em São Luís amanhã, quinta-feira, 30, onde tem compromissos agendados.

Inicialmente, logo após a sua chegada, se deslocará à Tv Mirante, onde concederá entrevista. Logo após, um almoço com a classe empresarial e, em seguida, uma Palestra com estudantes e funcionários da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco (UNDB), no Hotel Pestana.

A iniciativa de trazê-lo a São Luís partiu da Associação Comercial do Maranhão (ACM), Associação dos Jovens Empresários do Maranhão (AJE-MA), Câmara dos Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), Federação das Associações Empresariais do Maranhão (Faem), Federação do Comércio do Maranhão (Fecomércio) e Federação das Industrias do Estado do Maranhão (Fiema).

Para a Associação Comercial do Maranhão, o convite para o prefeito vir a São Luís partiu no intuito de trazer à classe empresarial exemplos de boas práticas de gestão e alcance de resultados. “Somos uma entidade apartidária e entendemos que trazer o case do prefeito João Dória Júnior para São Luís é uma oportunidade de conhecer de perto a história de um empreendedor de sucesso com experiência nas áreas pública e privada. Esperamos que os empresários possam, através do exemplo, acreditar na mudança e se encorajarem a participar cada vez mais dela”, destacou o presidente da ACM

Convite do Senador Roberto Rocha

Em convite espalhado para a imprensa, correligionários políticos e sociedade em geral, o senador Roberto Rocha (PSDB), aproveitando a presença do colega de partido, está convidando a população maranhense para recepcionar o prefeito de São Paulo, João Dória. A recepção será neste mesmo dia 30, no escritório do Senador, localizado no Calhau, às 16h.

Sobre Dória

Empresário e filho de deputado federal cassado e empresário está governando a cidade de São Paulo desde Janeiro de 2017

Eleito no primeiro turno, em outubro passado, Dória fez como mote da campanha a imagem de que não é um político, mas um gestor, e montou uma equipe de governo formada em sua grande maioria por homens de confiança do governador de São Paulo e seu padrinho político, Geraldo Alckmin.

Há um ano, o novo prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), de 59 anos, “entrava na casa das pessoas” ao menos três dias por semana entrevistando personalidades como Luiza Possi, Kim Kataguiri e Emerson Fittipaldi em seu programa de TV “Face a Face”.

 Na sua própria trajetória sem “detalhes reveladores” estão dois anos como professor de marketing na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) na década de 80, “Chairman da Casa Cor”, a criação da fundação Ame Campos do Jordão e um shopping sazonal. Por 24 anos esteve à frente do programa Show Business onde fez mais de 5.000 entrevistas. Por um ano, de 2009 a 2010, “demitiu” pessoas no programa “Aprendiz”.

Mas sua grande marca está no Grupo Dória, grupo de Comunicação e Marketing composto por seis empresas: DoriaAdministração de Bens, Doria Editora, Doria Eventos, Doria Internacional, Doria Marketing & Imagem e LIDE (Grupo de Líderes Empresariais).

Foi no LIDE, que atualmente possui 1.650 empresas filiadas e que representam 52% do PIB privado brasileiro, que Doria se consolidou líder empresarial e articulador entre os empresários.

Também atuou como Publisher da Doria Editora que publica 18 revistas segmentadas voltadas para empresários e o público de classe A, entre elas: LIDE, Caviar LifeStyle, Gabriel, Meeting & Negócios, Mulheres líderes e Oscar.

Candidato à prefeitura da cidade de São Paulo, pelo PSDB, foi eleito no dia 2 de outubro de 2016, com 53,29% dos votos, tornando-se o primeiro candidato a vencer no primeiro turno em São Paulo, desde 1992. João Doria tem como vice o deputado federal Bruno Covas.

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?