Em interceptação da Polícia Federal, Ivaldo Rodrigues é um dos “fuxiqueiros” investigados na Operação Sermão dos Peixes

Por isso que já prevê o ditado, “quanto mais se mexe em problema, mais ele fede”. Dei uma alterada no dito para não baixar tanto a escrita. (risos)

Mas, enfim, continuando …

Essa tal de Operação Pegadores da Polícia Federal, que é um desdobramento da Op. Sermão aos Peixes, está ‘revelando’ participantes que muita gente nem imaginava e, para os tais, nunca nem sonharam.

Um dos nomes mais novos na lista da PF, após interceptação telefônica, é a do Secretário Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (SEMAPA) de São Luís, Ivaldo Rodrigues (PDT), aquele da Feirinha da Praia Grande. Em um dos grampos capturados e divulgados pela PF, o nome de Ivaldo aparece relacionado à Operação Pegadores e, ainda, o de Péricles Silva Filho, sócio do Instituto ICN, além de, é claro, o nome da chamada líder da quadrilha criminosa de propina, Rosângela Curado. No áudio, os 3 conversam sobre nomeações no Hospital da Vila Luizão.

Partes das conversas revelam como rolam os esquemas de emprego por apadrinhamento político, ou por troca de apoio / voto, ou débito de campanha.

Prova disso é quando o vereador licenciado e atual secretário Ivaldo Rodrigues reivindica vagas que foram preenchidas na Unidade de Pronto Antedimento – UPA – da Vila Luizão, sem o seu consentimento e indicação.

É importante frisar que o bairro da Vila Luizão é um dos redutos políticos do secretário citado. Ou seja, o mesmo se acha dono do bairro e da UPA instalada ali. Mais um “ou seja” – com uma Unidade de Saúde no reduto do secretário da Feirinha, o que mais ele deve ter ali é débito e promessa de emprego de época de campanha. Não foi à toa o tal do “fuxico” nas ligações reveladas acima.

Rosângela e Ivaldo são do mesmo Partido PDT!

Trecho da conversa

Rosângela Curado: “Péricles, me dá uma informação (…) Na Vila Luizão, por um acaso, foi colocado alguém? Vocês colocaram alguém sem autorização lá da gente da Rede”?

Péricles: “Ninguém, ninguém”

Rosângela: “Rapaz, esse pessoal é muito fuxico,  gente” 

(…)

Rosângela: “O vereador Ivaldo, daqui de São Luís, me telefonou agora e me disse uma porção de coisas aqui”

Rosângela: “(…) pro vereador Ivaldo (Péricles ligar para Ivaldo). É que ele é partidário nosso … dizendo que foram colocadas sete pessoas. Eu disse, eu vou pedir pra alguém da ICN lhe ligar, para lhe mostrar como não foi colocado ninguém”

Péricles: “Esses vereadores chegam lá e ficam, mandam, não tem nada a ver”   

Rosângela: “Olha Ivaldo, eu tô com seu Péricles que é um dos donos da ICN … ele tá dizendo que não foi colocado absolutamente ninguém em unidade nenhuma”

Ivaldo Rodrigues: “Doutora, então ligue pra Ricardo, quem me ligou, inclusive, foi Ricardo”

Rosângela: “Oh, esse fuxico é que atrasa” (…)

Ainda segundo o relatório da Polícia Federal “num primeiro momento, apesar da afronta aos princípios da impessoalidade e da caracterização de atos de improbidade, não se vislumbrou a prática de ilícitos penais”. 

Mas, mesmo diante disso, a polícia não descarta um “grande esquema de desvio de verbas públicas, por meio de pagamentos extras, naquilo que os próprios investigados denominam de Folha Complementar“. 

Lembrando que a conversa referida foi realizada no dia 21 de Maio de 2015, na Operação Sermão dos Peixes – Desvio de Dinheiro Público. 

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?