Imagem do Dia: Cliente encontra rádio em recipiente de sopa no Supermercado Mateus da Cohama

A internauta por nome Flávia Trovão denunciou na noite desta segunda-feira, 27, em sua rede social, Facebook, a trágica surpresa encontrada dentro de um recipiente de alimento no Supermercado Mateus, no bairro da Cohama, quando a mesma se dirigiu à Praça de Alimentação do estabelecimento para fazer um lanche.

Segundo Flávia, ela e o esposo “resolvemos lanchar no Mateus, quando fomos nos servir da sopa no balcão, pegamos a concha p mexer e por mais absurdo q possa parecer, encontramos UM RÁDIO DE COMUNICAÇÃO dentro da sopa. E detalhe, como havia menos da metade da sopa servida na panela, COM CERTEZA muitas pessoas nessa mesma ocasião consumiram essa “SOPA DE RÁDIO”… Uma verdadeira falta de respeito com o consumidor. Um horror!!!” (sic)

Histórico / Casos

A rede de Supermercados Mateus no Maranhão tem um histórico bastante negativo em seus serviços e o que me indaga é como ainda consegue se manter como o maior grupo alimentício do Estado.

O grupo Mateus se autointitula como “mais que uma empresa. Somos um grupo de pessoas movidas pela mesma paixão”.

Eu, sinceramente, só queria saber que paixão de desrespeito é essa. Desrespeito a quem lhe sustenta, que sãos os seus clientes. Faltam com respeito, faltam muitas vezes com um atendimento que se preze. Falta essa paixão citada no lema da própria empresa “fazedora de milhões por dia”.

— Em Agosto desse ano, o grupo Mateus foi condenado a ressarcir e pagar por danos morais a um cliente que comprou computador defeituoso ;

— Ainda neste ano, outro cliente de São Luís, agredido física e verbalmente no estacionamento de uma das lojas do Mateus Supermercados, pelos seguranças de uma empresa terceirizada, ganhou direito a uma indenização de R$ 20 mil, por danos morais, pelo constrangimento que lhe foi causado. A decisão foi da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), que manteve a sentença de primeira instância.

— Até dente já foi encontrado em alimento vendido nesse supermercado. O caso aconteceu no município de Imperatriz, em 2012. Cliente se engasgou com dente que estava no alimento comprado no local.
Em decisão unânime, a 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) condenou o grupo Mateus Supermercados a pagar indenização no valor de R$ 3 mil, por danos morais.

— Já foram registrados, também, vários casos de carne podre / estragada, sendo vendida no grande estabelecimento. Em alguns deles, o próprio supermercado reconheceu a falha e chamou o acontecimento de “caso isolado”. É mole?

— Não obstante e sem passar muito tempo, casos como este voltam a acontecer quase que periodicamente. Alguns clientes chegam a afirmar que os ‘Mateus’ aproveitam as carnes das prateleiras, apenas renovando a embalagem e trocando o prazo de validade.

— Até casos de cliente sofrer constrangimento devido a sua orientação sexual dentro de uma das lojas do grupo, em Imperatriz, já aconteceu. A empresa foi condenada a pagar R$ 5 mil em danos. A decisão foi da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA).

No mais, esses são alguns poucos dos milhares de causos envolvendo a poderosa e intocável rede de supermercados do Maranhão.

Defesa de “poderosos” para esta tal empresa surgem dos cantos mais obscuros do estado e, quiçá, dos nossos “vizinhos”. Atendimento parcial, discriminatório, exclusivo e constrangedor, além de preços abusivos, alimentos passado da validade e afins, a clientela só encontra no Mateus Supermercado – você no coração da gente!

Enfim!

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?