Vídeo coletiva: “No IML foi detectado que antes de ser morta, Alanna havia sido violentada sexualmente”, afirmou delegada

 

A IMAGEM DO MAL

Robert Serejo Oliveira, ex-padrasto de Alanna Ludmila é réu confesso. Ele assumiu autoria do
crime, em depoimento na tarde sábado, 4. Sem expressar arrependimento ou comoção, Serejo
afirmou que se dirigiu à casa da vítima com intenção de matá-la, sem contar com auxílio de
terceiros para execução do plano. O criminoso será encaminhado para o Centro de Triagem de
Pedrinhas e seguirá para área de isolamento.

 

One thought on “Vídeo coletiva: “No IML foi detectado que antes de ser morta, Alanna havia sido violentada sexualmente”, afirmou delegada

  • 06/11/2017 at 15:29
    Permalink

    Porque área de isolamento…. Ele é especial?
    Joga esse miserável junto com os outros…
    La ele vai ter o q merece.

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?