Lidiane Leite de namorado novo ; Tá solta?!

Após o relacionamento conturbado entre a ex-prefeita Lidiane Leite – conhecida em todo o Brasil como “prefeita ostentação” – e um dos homens mais poderosos da cidade de Bom Jardim, Beto Castro, a jovem loira resolveu deixar as indiretas de sofrência de lado, postadas em rede social (Instagram), sacudiu a poeira do pé e, hoje, 3, em um post apaixonado, anunciou o seu novo relacionamento com Julyfran Catingueiro. O escolhido da loira fatal é nada menos que um vereador do município de Lago da Pedra. Ela gosta de um político ela! 

Lidiane resolveu assumir o namoro com um texto que diz “tenho procurado por você. Ouvi um grito dentro da minha alma .. Nunca tinha sentido uma paixão como essa antes” (…)

A paixão nunca sentida antes foi bem rápida após o término com o ex-marido, de quem Lidiane tem um filho de apenas 6 meses e que ainda amamenta.

Mesmo vigiada pela Justiça e a condenada por desvios de R$ 1mi de obra nunca executada, a ex-prefeita, ao que parece, superou o “cabra” que lhe lançou na política (que acredito que foi a maior roubada da sua vida) e tá no “só love, só love, mesmo ainda não tendo tido a reciprocidade do mais novo companheiro de, também, postar uma foto com a amada no seu IG, declarando o seu relacionamento ao mundo.

Nada sobre Lidiane Leite na página do vereador

Mais

No último dia 24, Lidiane Leite foi detida pela Polícia Civil em sua residência, localizada no Araçagy, município de São José de Ribamar – grande Ilha de São Luís.

Segundo a determinação do juiz Raphael Leite Guedes, a prisão de Lidiane Leite é domiciliar e não determina o uso de tornozeleira eletrônica. O promotor acrescenta que o pedido de prisão domiciliar foi feito, no caso de Lidiane, porque ela atualmente amamenta uma criança de seis meses.

A ex-prefeita não poderá ausentar-se da residência sem conhecimento e autorização da Justiça, nos termos do artigo 317 do Código de Processo Penal, sob pena de revogação da medida e restabelecimento da prisão preventiva. À Polícia, por meio da Seccor, cabe fazer a fiscalização e monitoramento da acusada.

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?