Carolina Costa reage à entrevista que mãe do assassino confesso Lucas Porto concedeu

Na semana passada uma entrevista concedida à uma jornalista da capital fez ressurgir ainda mais a indignação que a população sente toda vez que é relembrada a morte cruel e precoce da jovem Mariana Costa, que foi abusada sexualmente antes de ser asfixiada pelo próprio cunhado, o empresário Lucas Porto. Mariana foi morta em Novembro do ano passado – 2016.

A entrevista da mãe de Lucas, a senhora Heliene Porto, foi de encontro às confissões feitas pelo próprio filho, que em depoimento – à época – à Polícia Civil não só assumiu a autoria do crime, mas também declinou o motivo do assassinato. O assassino informou que a motivação para o crime foi uma atração sexual muito forte que ele sentia pela vítima e que nunca teve nenhum relacionamento anterior com Mariana. Disse ainda que sentia essa atração, mas que não era correspondido. (REVEJA AQUI)

Já nas declarações da senhora Heline Porto, o que aconteceu naquela tarde foi “um adultério entre eles. Uma coisa consensual, mas a família não quer aceitar”, afirmou a mãe de Lucas, que continua preso em Pedrinhas.

Após a repercussão da entrevista, a ex-esposa do assassino confesso e irmã de Mariana, Carolina Costa, desabafou em sua página de rede social, ao que considerou a entrevista “uma farsa”.

Desde o trágico acontecimento envolvendo a sua família, Carolina tem realizado homenagens e sempre se mostrando uma mulher de fé em tudo o que fala e escreve à respeito de sua irmã, vítima de tamanha barbárie, assim como tantas outras milhares de mulheres.

Abaixo o post publicado na rede social de Carolina Costa

“A “entrevista” é uma grande farsa. Depois do que aconteceu com Mariana e a forma que a família conduziu e continua agindo posso dizer que espero TUDO. Estamos prontos. Eles vem contra nós com MENTIRAS e vamos com a VERDADE.

Minha vida não é novela então me reservo em ficar em silêncio dos fatos que tenho vivido mas não posso ficar calada quando ela diz” foi um adultério consensual”. Isso é demais, cruel, perversão e também é crime.

Primeiramente se você assistiu a entrevista, pode constatar que ela deixa claro que ele não tem distúrbio nenhum.

No momento em que fala em Adultério para uma jornalista, entendo que a mesma está ofendendo a honra da minha irmã, o que é crime de calúnia com responsabilidades criminais e cíveis. 
O que me causa dor é essa senhora saber a VERDADE e usar de MENTIRAS para apenas livrar o seu filho. O seu amor de mãe não lhe dá esse direito. Tudo na vida tem consequências e ainda assim mesmo depois de um crime hediondo pedir para ser divulgada tamanha mentira e blasfêmia é no mínimo insensato.Será que a dor da minha família não basta?

Ela deixou bem claro seu objetivo, porém a Sra. Heliene não tem esse direito. Isso não é defender um filho. Isso é desespero pois sabem que não existe outra saída além do Júri e “eles” tentam a todo custo manchar a memória da minha irmã, como forma de mexer com a opinião pública. Isso é TUDO menos AMOR de mãe ! Amor não é enganoso. 
Isso é perversidade com minha família. E o fato de não demostrar nenhum remorso com a morte da minha irmã é no mínimo sem comentários.

Eu também vi um sentido provocativo, como se quisesse desestabilizar a minha família.
Não conseguiu e nem vai pois esperamos confiantemente.

Na vida a lei da semeadura não falha” o que se planta, se colhe”. #Faça o Bem e Aparte-se do mal”.

SINDJUS-MA: Sindicato dos Judiciários realizará Ato em defesa dos direitos da categoria nesta quarta-feira, dia 2

A paralisação do próximo dia 2 vai ocorrer entre às 10h e 12h

O SINDJUS-MA – Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão está convocando todos os servidores do Poder Judiciário do Maranhão, nos Fóruns de todas as Comarcas do Estado, para Ato em defesa dos direitos da categoria, que será realizado a partir das 10h desta quarta-feira, 2 de agosto.

O Sindicato orienta os servidores a concentrarem-se em frente aos Fóruns no horário da paralisação. No Fórum de São Luís será servido um coffe break durante ato e, simultaneamente, serão apresentadas palestras sobre o andamento e as providências que o Sindjus-MA vem tomando a respeito de cada questão prioritária para a categoria.

Destaque (abaixo) para as causas mais prioritárias para o servidor da Justiça no Maranhão

1. Reposição inflacionária de 2015 e 2016 e definição de data base da categoria via implementação do novo Plano de Cargos Carreiras e Vencimento (PCCV);

2. Incorporação definitiva dos 21,7% relativos à Lei Estadual nº 8.369/2006 por via legislativa, isto é, por encaminhamento de projeto de lei, de iniciativa do TJMA, para a Assembleia Legislativa do Maranhão; e incorporação dos 11,98% (URV). A incorporação tem efeitos na futura aposentadoria do servidor.

3. Pelo fim do desvio de função e do Assédio Moral no Poder Judiciário do Maranhão;

4. Pela realização do concurso de remoção, valorização do servidor de carreira e em defesa do instituto do concurso público.Servidor da Justiça do Maranhão, no dia 2 de agosto, vista-se de preto, interrompa suas atividades por apenas duas horas e defenda seus direitos.

5. Ausência de Publicação da Recomendação n° 41 pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), sobre a orientação aos tribunais de fazer constar na sua previsão orçamentária reposição das perdas inflacionárias do ano.

Em tempo

A data da paralisação para o dia 2 de agosto foi estrategicamente definida para dois dias após o fim do recesso do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em 31 de julho. É que servidores da Justiça em todo o país aguardam a publicação da Recomendação 41/2012, do próprio CNJ, para que os tribunais brasileiros incluam em seus orçamentos anuais dotação específica para a reposição das perdas inflacionárias.

 

O Maranhão será palco de grande Encontro que vai discutir potencial da Pesca

Um grande encontro para discutir  o potencial da pesca será realizado nos próximos dias 17 e 18 de Agosto, no Maranhão. Quem anunciou a boa nova foi o secretário- adjunto da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), Márcyo Costa, durante reunião com representantes do IFMA.

Secretário-Adjunto Márcio Costa (de terno), ao lado de servidores da Sagrima

O encontro que tem como objetivo discutir e capacitar agentes do setor da Pesca no Maranhão, contará, ainda, com a participação especial do ex-ministro da Pesca, Altemir Gregolin, que será o palestrante oficial do evento.

De acordo com o secretário- adjunto, Márcyo Costa, esse encontro será de fundamental importância para o setor , uma vez que servirá para capacitar os agentes envolvidos na cadeia de pescados, visando aproveitamento do potencial e valorização  de nossas riquezas naturais.

– Esse encontro será um marco para o setor da Pesca no Maranhão. Serão dois dias de muito aprendizado, capacitação, e sem dúvida nenhuma, os pescadores do Maranhão que irão participar só tem a ganhar -, destacou Márcyo Costa.

O evento ainda deverá reunir todos os agentes envolvidos na cadeia da pesca, assim como criadores de camarão e tilápia.

Para poder se aparecer, Flávio Dino extrapola mais de 9 milhões de reais em gastos com imagem do Governo

O mesmo orçamento que assegurou aumento com gastos na Comunicação, sobretudo para uso em propaganda institucional, não apresentou ampliação de investimentos na mesma proporção para setores como Saneamento, Esportes, Comércio e Infraestrutura.

Para 2017, ano pré-eleitoral, a Secretaria de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos (SECAP) já possui a previsão de orçamento de R$ 58,9 milhões

Se tem alguém que deseja ser beneficiado nesse governo Flávio Dino (PCdoB), basta beijar o chão que o “seu menino” Márcio Jerry – secretário de Comunicação e Articulação Política – pisa. O governo comunista tem sido uma espécie de “pai” para o presidente do PCdoB no Maranhão.

Basta começar a gerir uma pasta, que lá vai o papaizão Flávio Dino fazer graça para o Jerrinho e injetar milhões em sua conta bancária .. Ops, na pasta a qual o secretário gere.

O mais novo agrado – em milhões – que MJ recebeu do governador do Maranhão – aquele que gerencia o pobre estado maranhense igual ou até pior do que aqueles a quem antes ele criticava – foi um abastecimento de mais de R$ 9 milhões para uso em Comunicação Social, ou seja, gastos com a imagem do governo. E para quem administrar? Sim, o próprio “menino” do governador.

Enquanto a saúde do estado pede socorro, médicos estão deixando de trabalhar por falta de pagamentos, a falsa imagem de um Maranhão perfeito adentra casas, com propagandas enganosas e os nossos ouvidos são contaminados por falsas ladainhas de que está tudo bem, está tudo legal.

Imirante

O governador Flávio Dino destinou mais R$ 9 milhões para a Secretaria de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos (Secap), comandada pelo presidente do PCdoB no Maranhão, secretário Marcio Jerry.

Os recursos, que tinham aplicação específica para serviços da dívida interna, foram remanejados, por meio de decreto, do Tesouro Estadual. O decreto está publicado no Diário Oficial do dia 12 de junho deste ano.

Com o aporte de mais R$ 9 milhões, a pasta de Marcio Jerry, pré­-candidato a deputado federal pelo PCdoB, passa a contar com pelo menos 67,9 milhões somente para uso na comunicação do Governo do Maranhão.

O montante é cerca de R$ 24 milhões a mais do que o governador Flávio Dino utilizou para o segmento no ano passado, o segundo de sua gestão.

O orçamento do Executivo para 2017 aprovado na Assembleia Legislativa no fim do ano passado foi de R$ 18.261.620.064,00 bilhões. Exatos R$ 4,1 bilhões a mais do que teve a ex­-governadora Roseana Sarney (PMDB) para executar no último ano de gestão. Deste montante, Dino ampliou em mais de R$ 15 milhões os recursos para as despesas com Comunicação Social.

Em 2016, por exemplo, ele teve um orçamento que apontava para uma estimativa der gasto de 43,8 milhões com essa rubrica.

Já este ano, a previsão subiu para R$ 58,9 milhões. Chega-­se agora à marca de R$ 67,9 milhões com o remanejamento de mais R$ 9 milhões.

Sem prioridade – O mesmo orçamento que assegurou aumento com gastos na Comunicação, sobretudo para uso em propaganda institucional, não apresentou ampliação de investimentos na mesma proporção para setores como Saneamento, Esportes, Comércio e Infraestrutura.

Em dezembro do ano passado, por exemplo, quando a peça era debatida na Assembleia Legislativa, a mínima oposição chegou a questionar o “pouco” investimento nos setores.

Uma deputada apontou cortes. “Saneamento, menos 16,75%; na área do Comércio e Serviços, menos 39,17%. E Desporto e Lazer, que também não será prioridade alguma para Flávio Dino, menos 28,98%”, destacou. A peça, contudo, foi aprovada pelo Legislativo daquela forma.

Saiba Mais

Na semana passada, O Estado revelou que a Hering Táxi Aéreo já faturou R$ 8,4 milhões sem licitação no Governo Flávio Dino. O valor refere­se a pagamentos efetuados após os três aditivos ao contrato inicial, de 2015, com a Secretaria de Estado do Governo (Segov) – para atender às demandas de viagens do governador e de seus auxiliares mais próximos – e por meio de uma dispensa de licitação, da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Prefeito Luís Fernando inaugura mais uma Unidade Básica de Saúde em Ribamar

Dando continuidade ao trabalho de reconstrução e expansão dos serviços de saúde no município, o prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Silva, inaugurou nesta quinta-feira (28) a nova Unidade Básica de Saúde do Cohatrac V. Participaram da concorrida solenidade de inauguração o deputado estadual Bira do Pindaré, o vice-prefeito Eudes Sampaio e os vereadores, além da comunidade.

A nova UBS possui equipe médica qualificada e é dotada de estrutura completa com consultórios médicos, odontológicos, farmácia, sala de vacinação, sala de nebulização, consultório do fumante, área de estacionamento dentre outras dependências, além de equipe composta por cerca de 15 profissionais entre médicos, enfermeiros, dentistas, e agentes comunitários.

O objetivo, de acordo com o prefeito Luís Fernando, é atender, de forma qualificada, não apenas os moradores da região como também pacientes do entorno. “Foram anos sem o equipamento enquanto o povo sofria com o abandono da obra. Hoje, porém, além de retomarmos a normalidade dos serviços, estamos ampliando as ações na área da saúde. Com esta, em apenas sete meses, já entregamos três unidades. Isso tudo é resultado de trabalho e planejamento”, disse o prefeito.

A entrega da UBS é uma realidade que chega em bom momento para os moradores que já não suportavam mais o descaso com a saúde do município. Dona Maria Cleone conta que a situação era tão caótica que a dona de casa pensou em ir embora.

– A UBS estava abandonada e os moradores sem atendimento voltado à saúde. Agora, com a conclusão da obra, tenho certeza que vamos ter voz para juntos lutarmos contra o que não é correto e não nos faz bem – desabafou.

De acordo com o secretário municipal de saúde, Tiago Fernandes, os moradores não terão apenas um prédio físico, terão atendimento de qualidade. “Além de todo corpo técnico que é excelente, vamos também oferecer tratamento odontológico, exames preventivos do colo do útero, testes rápidos, vacinação e oferta de medicamentos para pacientes atendidos durante consulta médica”, enumerou.

Presente à cerimônia de inauguração, o deputado estadual, Bira do Pindaré, falou dos avanços na área, além da valorização da população com a entrega de novos equipamentos públicos. “Estamos cooperando para devolver dignidade à população. Já destinamos emendas para colaborar com a recuperação da malha viária e hoje mais ainda recurso para a compra de ambulância para a região”, finalizou.

Deputado Júnior Verde faz balanço dos trabalhos legislativos realizados no primeiro semestre de 2017

Em entrevista ao programa Café com Elda Borges, conduzido pela apresentadora Elda Borges, da TV Assembleia, o deputado estadual Júnior Verde (PRB) fez um balanço das ações realizadas no legislativo estadual no primeiro semestre deste ano.

Em entrevista à Tv Assembleia, deputado contou as ações que vem realizando pelo Maranhão

Durante o recesso, o parlamentar intensificou as viagens em municípios maranhenses, fortalecendo as bases políticas e colhendo demandas da população. Nos primeiros seis meses de 2017, sua atuação teve destaque.

 Dentre as principais ações, Júnior Verde destacou a aprovação dos limites territoriais de São Luís, Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, por meio da Comissão de Assuntos Municipais e a iniciativa inédita, que foi a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) dos Conselhos Tutelares. “A PEC garante a cada cem mil habitantes uma unidade da instituição e foi um grande avanço para o trabalho realizado pelos conselheiros, em defesa das nossas crianças e adolescentes”, explicou.

O parlamentar também lembrou dos esforços para conseguir a convocação dos subjudices; da PEC, em tramitação, que garante a necessidade da recomposição anual dos agentes, considerando os aposentados ou os que deixam a atividade por qualquer motivo; além das diversas proposições em defesa dos municípios maranhenses, entre elas, a ponte de São Félix de Balsas, a estrada que liga os municípios de Vitorino Freire a Paulo Ramos e a MA-006 que vai ligar os municípios de Pedro do Rosário a Zé Doca, interligando a Baixada à região do Alto Turi. “Muito fizemos, mas ainda há muito trabalho pela frente”, completou.

Polícia Federal deflagra Operação contra a pedofilia ; Maranhão está incluído

Operação da PF contra a pedofilia atinge 14 Estados. A ação é uma sequência da operação Glasnost, deflagrada em novembro de 2013

A Polícia Federal (PF) cumpriu mais 72 mandados judiciais dentro da segunda fase da Operação Glasnost, que combate a exploração sexual de crianças e o compartilhamento de pornografia infantil na internet. A ação é continuação da operação deflagrada em novembro de 2013, quando foram cumpridos 80 mandados judiciais, entre eles, 30 prisões em flagrante por posse de pornografia infantil.

Foram ainda identificados e presos diversos abusadores sexuais, bem como resgatadas vítimas, com idades entre 5 e 9 anos. No Maranhão, uma pessoa foi presa em flagrante durante um mandado de busca e apreensão. De acordo com informações, a pessoa detida no Maranhão está entre uma das 20 que foram presas em todo o país.

De acordo com a PF, 350 policiais cumprem nesta terça-feira (25) 72 mandados de busca e apreensão, três de prisão preventiva e dois de condução coercitiva. As ações ocorrem em 51 municípios do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Ceará, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Piauí, Pará e Sergipe.

A PF informou ainda que a investigação teve como base o monitoramento de um site russo. Ele era usado como “ponto de encontro” de pedófilos de vários países. As investigações identificaram centenas de usuários, brasileiros e estrangeiros, que compartilhavam pornografia infantil na internet, bem como diversos abusadores sexuais e produtores de pornografia infantil. “Os investigados produziam e armazenavam fotos e vídeos de crianças, adolescentes e até mesmo de bebês com poucos meses de vida, muitos deles sendo abusados sexualmente por adultos, e as enviavam para contatos no Brasil e no exterior”, diz a nota da PF.

O nome da operação, Glasnost, faz referência ao termo russo que significa transparência. A palavra foi escolhida porque a maior parte dos investigados utilizava servidores russos para a divulgação de imagens de menores na internet e para contatos com outros pedófilos ao redor do mundo.

Do Portal Guará/AgBr

Inscrições para o Fies, no segundo semestre, começaram hoje, 25

Agência Brasil

As inscrições ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o segundo semestre deste ano começam hoje (25). Serão oferecidas 75 mil novas vagas aos estudantes que procuram um financiamento para cursar o ensino superior em instituições de ensino privadas. O prazo para as inscrições vai até sexta-­feira (28).

A relação dos candidatos será divulgada no dia 31 de julho

As instituições e os cursos ofertados podem ser consultados na página eletrônica do Fies Seleção. A relação dos candidatos pré­-selecionados será divulgada no dia 31 de julho, quando também será aberta a lista de espera. Os estudantes pré­-selecionados deverão concluir a inscrição pelo Sistema Informatizado do Fies (SisFies), entre 1º de agosto e 8 de setembro.

Mudanças

Apesar das mudanças anunciadas no início do mês no Fies para 2018, neste semestre continuam valendo as regras atuais. Poderão se inscrever os estudantes que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com média das notas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero. O candidato também precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

A partir de 2018, o Novo Fundo de Financiamento Estudantil será dividido em três modalidades. No total, o programa vai garantir 310 mil vagas, sendo que 100 mil serão ofertadas para estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos a juro zero, incidindo a correção monetária.

Juiz atende ação popular e manda suspender decreto que aumentou tributos sobre combustíveis

“A decisão liminar (provisória) vale para todo o país e atendeu a pedido feito em uma ação popular, movida pelo advogado Carlos Alexandre Klomfahs”.

O juiz substituto Renato Borelli, da 20ª Vara Federal de Brasília, determinou nesta terça-feira (25) a suspensão imediata do decreto publicado na semana passada pelo governo, que elevou a alíquota de PIS/Cofins que incide sobre a gasolina, o diesel e o etanol. Advocacia-Geral da União (AGU) informou que vai recorrer da decisão assim que for notificada.

O magistrado citou, entre outras ilegalidades, o não cumprimento da “noventena”, prazo de 90 dias entre a edição da norma e sua entrada em vigor.

 A decisão liminar (provisória) vale para todo o país e atendeu a pedido feito em uma ação popular, movida pelo advogado Carlos Alexandre Klomfahs.

Apesar de determinar a suspensão imediata do decreto, tecnicamente a decisão só vale quando o governo for notificado. A decisão também determina o retorno dos preços dos combustíveis.

O aumento começou a valer na sexta (21). Segundo o governo, a tributação sobre a gasolina subiu R$ 0,41 por litro e mais que dobrou: passou a custar aos motoristas R$ 0,89 para cada litro de gasolina, se levada em consideração também a incidência da Cide, que é de R$ 0,10 por litro.

A tributação sobre o diesel subiu em R$ 0,21 e ficou em R$ 0,46 por litro do combustível. Já a tributação sobre o etanol subiu R$ 0,20 por litro.

Maranhão

Para o PROCON/MA, a notícia é recebida com comemoração. O presidente do órgão, Duarte Júnior afirmou que o PROCON continuará “acompanhando de perto e fiscalizando para garantir qualidade, volume e, agora, a redução imediata dos preços praticados aos consumidores maranhenses”.

Bom, então que já comece hoje!

Governo do Maranhão inicia reforma em imóvel para instalar Casa de Apoio do Hospital de Câncer

Governo garante que imóvel contará com 21 leitos para atender, de forma humanizada, o acompanhamento dos familiares durante o tratamento dos seus entes

O Governo do Maranhão iniciou a reforma em imóvel para instalar a Casa de Apoio do Hospital de Câncer do Maranhão (HCM), em São Luís.

Localizada a poucos metros do hospital, na Rua São Pantaleão, área do Centro da cidade, a Casa de Apoio vai estender a assistência humanizada, também, aos acompanhantes dos pacientes internados na unidade de referência estadual, na maioria dos casos, residentes do interior do estado. O propósito da Casa de Apoio é garantir o acompanhamento por parte dos familiares durante o tratamento dos seus entes, de forma digna, com acomodações e estrutura adequada.

O imóvel, com área total de 1.630m², terá 21 leitos, refeitório, área de vivência, cozinha, banheiros, sala de TV, sala de leitura e área administrativa. De acordo com informações de representantes do estado, a previsão de finalização da obra é para início de setembro. Anteriormente, no local, funcionava a Fundação da Criança e do Adolescente do Maranhão (Funac).

Atendimento 

O diretor clínico do Hospital de Câncer do Maranhão, Arthur Jucá, ressalta que a Casa de Apoio reflete o novo perfil da unidade e da saúde no Maranhão.  “O que nós queremos, com mais esse equipamento, é humanizar ainda mais a saúde, principalmente para os pacientes que já são tão sensibilizados e os seus familiares, que precisam viver o tratamento do câncer com eles”, disse o diretor.

No caso de quem vem do interior, Arthur Jucá lembrou que eles ainda enfrentam a dificuldade de não ter onde ficar ou ter que gastar com abrigo e alimentação. “Isso torna a situação ainda mais difícil e a Casa é uma forma de darmos mais esse suporte e tranquilidade a essas pessoas”.