Alô Prefeitura! Praça de lazer na Cidade Operária está sendo engolida por matagal

Um local feito e ideal para o lazer do dia a dia se tornou um deserto e morada de mato em toda a sua estrutura. Falo da pracinha de lazer localizada próximo ao Residencial Luiz Rocha, ao lado da UEMA – Universidade Estadual do Maranhão.

Imagine os moradores terem uma opção de lazer ao lado de suas casas, ótimo para soltar as crianças a tarde para brincar e correr, sentar com amigos e vizinhos para bater o papo da tarde. Seria totalmente relaxante se na realidade fosse desse jeito, não é mesmo? Mas, não! O ruim é que “esse local” já existiu há muito tempo e, hoje, o que os moradores encontram é muito mato e descaso por parte da prefeitura que parece não estar nem um pouco preocupada em manter “a cara limpa e cuidada” do local. Quem vive próximo ao ambiente reclama de pagar impostos e ver esse abandono no bairro.

20150514_174531[1]

“Esse espaço público de lazer está jogado às cobras. Eu nunca achei mesmo que esse prefeito tenha feito alguma coisa em nossa melhoria, mas até um local desse que a população merece, por direito, está desse jeito, totalmente abandonado e se tornando a cada dia mais perigoso, pois com esse mato tomando de conta da praça fica escuro e de vez em quando acontece assalto”, relatou uma moradora do conjunto.

A importância de espaços públicos destinados à vivência do lazer existe e é necessário que o IMPUR – Instituto de Paisagismo Urbano tome para si as responsabilidades e devolva à população pelo menos um parte do que lhes cabe. O lazer está entre os direitos sociais assegurados pela Constituição Brasileira.

One thought on “Alô Prefeitura! Praça de lazer na Cidade Operária está sendo engolida por matagal

  • 14/05/2015 at 23:00
    Permalink

    Quanto absurdo! Já levei meus filhos pra brincar várias vezes nessa pracinha. Além de não termos ambientes como estes no bairro da cidade operária para levar nossas crianças, os poucos que existem são abandonados por falta de manutenção. Lamentáve!

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?