E a novela continua … TSE devolve cargo de Deputado Federal para Alberto Filho


dep-alberto-filhoDeoclides-macedojuliaoamin

Bom .. só não se sabe até quando?

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), dando continuidade à ‘novela de mandato’ que envolve Alberto Filho (PMDB), Deoclides Macedo (PDT) e Julião Amin (PDT), na noite de ontem (3) devolveu o cargo de Deputado Federal a Alberto Filho, desfazendo a decisão do TRE/MA – Tribunal Regional Eleitoral -, a qual cassava o diploma do deputado, reeleito nas eleições do ano passado, 2014. Só para lembrar, o TSE é o mais alto patamar eleitoral do país.

Mediante a essa decisão, o agora secretário de Trabalho do Estado, Julião Amin – que tinha sido diplomado no lugar de Alberto Filho, devido ao coeficiente eleitoral da qual o PDT fazia parte -, volta para a suplência e também ‘manda para casa’ Deoclides Macedo, seu companheiro de partido que tinha assumido em seu lugar o cargo de deputado federal, depois da decisão do ministro Dias Toffoli, do TSE, validando os seus 56.171, os quais a priori não tinham sido reconhecidos pela Justiça Eleitoral por conta de suas contas serem reprovados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), quando este era prefeito de Porto Franco.

A nova decisão do TSE determina que o TRE/MA diplome (de novo) Alberto Filho como titular do mandato.

Quem não deve ter gostado nada disso deve ter sido a cúpula do governo Flávio Dino (PCdoB), pois o que já era sabido pela titular do blog era que haveria uma dobradinha entre Julião Amin e Deoclides Macedo – cada um passaria dois anos um no lugar do outro, para que assim os dois pudessem ser contemplados no governo -, depois dessa, não sei como a situação fica.

Qual é a sua opnião sobre essa matéria?