A votação do próximo domingo, 2 de outubro, está garantida

eleicoes-2016-reforma-politica-mudancas
Saiba sobre locais de votação alterados e onde votar

A Justiça Eleitoral garante que o esquema montado para as eleições, que conta com apoio do Exército, Polícias Federal, Militar, Civil e Corpo de Bombeiros, permitirá a segurança de todos os envolvidos no processo eleitoral que culmina com a votação do próximo domingo, 2 de outubro.

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta, 30 de setembro, os desembargadores Lourival Serejo e Raimundo Barros, presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (respectivamente), e o tenente coronel Carlos Frederico de Azevedo Pires, comandante do 24º Batalhão de Infantaria Leve, pediram tranquilidade aos eleitores e esclareceram acerca do transporte de urnas até os locais de votação com escolta policial.

O desembargador Lourival Serejo declarou que a responsabilidade da distribuição das urnas da região metropolitana é dos juízes de primeiro grau acertada com os Correios, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros e que não há hipótese de atrasar o início da votação, marcada em todo o país para as 8h (formato MP4).

Já o corregedor explicou que o início da distribuição das urnas estava prevista para a manhã desta sexta, porém, devido aos últimos acontecimentos e ameaças de queima dos equipamentos, ela foi suspensa para ser feita com escolta policial (formato MP4).

Por sua vez, o comandante do 24º BIL informou que, com a autorização do TSE para que tropas federais atuem em mais 7 cidades do estado, somam em 850 homens do Exército que trabalharão durante as eleições, sendo que o efetivo do Maranhão será completado por batalhões do Pará (formato MP4).

Venda de bebida, locais de votação alterados e onde votar

De acordo com a Portaria 720/2016 da Secretaria Estadual de Segurança Pública, entre as 18h deste sábado (1º) até a meia-noite do domingo (2), está proibida a venda, fornecimento e consumo de bebida alcoólica ou de substâncias de efeitos semelhantes em locais públicos ou de acesso público.

Cinco seções eleitorais que funcionavam nas escolas Carlos Saad, da Vila Mauro Fecury I, funcionarão na Unidade Cônego Sidney Castelo Branco Furtado da Vila Ariri. Já 2 seções da escola Darcy Ribeiro do Sacavém foram deslocadas para o Jardim de Infância da própria escola. A mudança decorre dos ataques que estas escolas sofreram na noite da quinta-feira, 29. Mesários e administradores de prédio já foram avisados sobre a alteração.

Quem tem dúvidas de onde vota é só acessar o endereço eletrônico www.tre-ma.jus.br, guias eleitor / título e local de votação ou ligar para o número 0800 098 5000 (Disque Eleitor).

 Fonte: TRE-MA
FacebookTwitterGoogle+WhatsAppEmail

Eleitores maranhenses vão às urnas no domingo, 2 escolher prefeitos e vereadores de 217 cidades

2c60ef_1171ffd373fa4dca80995aa189b63185-mv2
A votação para vereador e prefeito acontece no próximo domingo (02), nos 217 municípios maranhenses

Em coletiva realizada na tarde da última quarta-feira, 28, os desembargadores Lourival Serejo (presidente) e Raimundo Barros (corregedor) do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, além do procurador regional eleitoral Thiago Ferreira de Oliveira, conversaram com a imprensa acerca das eleições 2016.

Ao iniciar a coletiva, o desembargador Lourival Serejo agradeceu à imprensa pelo apoio prestado nestas eleições que não causaram nenhuma polêmica ou desconforto à Justiça Eleitoral. “Acredito que a imprensa se afirmou neste ponto do lado útil tanto no aspecto técnico como no crítico porque no momento que ela faz observações dos candidatos, prestam serviço para despertar a consciência do eleitor na escolha do melhor. Obrigado e parabéns aos senhores por esta atuação”, pontuou.

Continuando, o presidente considerou que estas eleições apresentam peculiaridades jamais enfrentadas, mas que confia na eficácia dos preparativos, porque o TRE-MA teve muito cuidado com os mínimos detalhes, visto que não foi registrado ainda nenhum incidente fora do comum.

O corregedor Raimundo Barros, que coordena o Gabinete de Segurança Institucional das Eleições 2016, informou que “só da Polícia Militar serão mais de 7 mil e 500 homens trabalhando e o TSE autorizou força federal para 45 municípios”.

Já o procurador regional eleitoral, ratificou esperar eleições seguras e limpas no próximo domingo (02), destacando o preparo do Ministério Público para fiscalização do processo. “Por se tratarem de eleições municipais, cabe ao Ministério Público apurar os ilícitos eleitorais e formular as representações que serão julgadas pelos juízes nas zonas. No caso da Procuradoria Regional Eleitoral, cabe coordenar os trabalhos dos promotores e também emitir pareceres nos julgamentos da Corte de registros de candidaturas, direito de respostas, entre outros. Nestas eleições, já analisamos mais de 500 processos. Também reafirmo que este período véspera do pleito é muito importante e exige tranquilidade do eleitor, que deve denunciar as irregularidades através de canais de denúncias disponíveis, desde que elas atendam aos requisitos mínimos”, explicou.

Números

– 4 milhões 611 mil e 247 eleitores (2.091.758 biometrizados – 45,36%);
– 217 municípios;
– 111 zonas eleitorais;
– 16 juntas especiais;
– 82 postos avançados de transmissão;
– 3 centrais avançadas de transmissão;
– 168 juízes;
– 5.731 locais de votação (260 em São Luís);
– 15.931 seções (1.968 de São Luís);
– 19.947 urnas eletrônicas (4.016 de contingência);
– 63.724 mesários (7.872 de São Luís);
– 44 municípios com biometria;
– 671 servidores;
– 636 profissionais de apoio;
– forças federais: 45 cidades;
– policiais: 240 (federais); 7.560 (militares, sendo 2.560 só na capital), 2.200 (civis); 292 bombeiros (que atuarão especificamente na guarda de urnas); 270 (rodoviários federais).

 Fonte: TRE-MA
FacebookTwitterGoogle+WhatsAppEmail

Telhado de vidro: Eduardo Braide diz que nunca foi investigado por órgãos federais; ele falou a verdade?

eduardo-braide-debate-tv-mirante-1-940x540
Candidato Eduardo Braide tem tentado passar a imagem de bom moço, salvador da Pátria. Mas como um político tradicional e de velhas práticas, engana e subestima a população de São Luís. Tudo em nome da ganância de se tornar a qualquer custo, prefeito

Participante do debate na TV Mirante após conseguir aparecer com 5% da pesquisa do Instituto Ibope MA-05305/2016, o deputado estadual e candidato do PMN à prefeitura de São Luís, Eduardo Braide, falou sobre sua trajetória política que, segundo ele, seria limpa, proba.

Contudo, num embate com o candidato pela coligação “Por Amor a São Luís”, Wellington 11 (PP), sobre o envio de emendas para o esquema criminoso que atuou na prefeitura de Anajatuba, Braide afirmou que nunca foi investigado.

Ele falou a verdade?

Documentos oficiais mostram que não.

COAF

Relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) — órgão federal que fiscaliza verbas federais que são destinadas às administrações estaduais e municipais —, aponta que o candidato foi alvo de investigação do órgão, que encontrou movimentações financeiras atípicas feitas por ele.

Sigiloso, o documento é de uso exclusivo das autoridades encarregadas de apurar crimes de “lavagem” de dinheiro e mostra, no trecho, “pessoas incluídas pelo COAF”, o nome de Eduardo Braide marcado como “consta”.

Relatório de intercâmbio financeiro do COAF

Ministério Público Federal e Polícia Federal

Devido as movimentações financeiras atípicas feitas por Braide, o Ministério Público Federal (MPF) requisitou à Polícia Federal, no dia 17 de março de 2014, a instauração na Notícia de Fato nº 1.01.004.000033/2014-31.

O documento mostra que Eduardo Braide supostamente praticou crimes e que a investigação contra ele foi iniciada a partir de Relatório de Inteligência Financeira, encaminhado pelo pelo COAF, com notícias sobre movimentações financeiras atípicas envolvendo as sociedades empresarias Vieira e Bezerra Ltda – ME, A.J.F. Júnior Batista Vieira – ME, Escutec – Pesquisa de Mercado e de Opinião Pública Ltda e A4 Serviços e Entretenimento Ltda, bem como outras diversas pessoas físicas e jurídicas a elas relacionadas.

O volume nas movimentações financeiras de Braide e das empresas, segundo o documento informa, supera a casa dos R$ 25 milhões. E mais: uma das pessoas investigadas pelo COAF, Matilde Sodré Coqueiro, que aparece em várias operações em especie tituladas por essas empresas, seria empregada da Vieira e Bezerra Ltda – ME e da Escutec – Pesquisa de Mercado e de Opinião Pública Ltda, ao mesmo tempo em que era funcionária de cargo em comissão da Assembleia Legislativa do Maranhão, nomeada justamente no gabinete de Eduardo Braide.

Ofício do MPF pedindo a instauração de investigação contra Eduardo Braide
Despacho do MPF pedindo a instauração de investigação contra Eduardo Braide

Caso Anajatuba

Toda a investigação do COAF, MPF e do pedido para a entrada da PF no caso é explicado pela descoberta de um esquema criminoso que roubou dinheiro público dos cofres municipais de Anajatuba — além das prefeituras de Caxias, Trizidela do Vale, Tuntum, Itapecuru Mirim, Codó, Alcântara, Parnarama e Mirinzal.

O esquema envolvia, conforme documento oficial da Superintendência Regional da Polícia Federal no Maranhão, a empresa A4 Serviços e Entretenimento Ltda, dentre outras empresas controladas por um dos chefes da Organização Criminosa (Orcrim), o agiota Fabiano Carvalho Bezerra — e chegou a ser alvo de reportagem do quadro“ Cadê o dinheiro que tava Aqui?”, do programa Fantástico, da Rede Globo.

A documentação aponta ainda que pai do próprio candidato do PMN, o ex-deputado estadual Carlos Braide, também atuava com agiota no esquema, e que o homem responsável pela montagem dos processos de fraudulentos, José Antônio Machado de Brito Filho, mais conhecido como Zé Filho, também era nomeado como assessor do candidato Eduardo Braide.

Nas investigações, o MPF apurou ainda que até mesmo a esposa do agiota Fabiano Carvalho Bezerra, Natasha Alves Lesch, também era assessora de Eduardo Braide na AL-MA.

Depoimento sobre nomeados no gabinete do deputado Eduardo Braide

Mesmo com todas essas provas, Braide sempre negou tudo, processou todos os jornalistas e blogueiros que revelaram as investigações, exigindo que as publicações sejam retiradas do ar — inclusive a do ATUAL7 — e anda para cima e para baixo com uma declaração dada pela PF quando não quer espantar seus investigados. Afinal, quem quer pegar galinha, não diz xô.

As informações são do blog Atual 7

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppEmail

Ônibus estão circulando normalmente nesta sexta-feira, mas podem parar

A onda de ataques e vandalismo em São Luís que há 2 dias vem aterrorizando a população hoje tem um novo capítulo.

Os ataques de queima à ônibus e até escolas estavam acontecendo durante a noite, período em que o fluxo de pessoas nas ruas é menor. Hoje, 30, os crimes começaram a acontecer em plena luz do dia. Do jeito que áudios de integrantes de facções divulgaram em grupos de WhatsApp.

cemar-e1475241459231
Veículo de uma prestadora de serviço da Cemar sendo incendiado

Nesta manhã, um carro da CEMAR foi incendiado na Via Expressa – funcionários foram ordenados a descerem do veículo – e um ônibus no bairro Tambaú, área do Maiobão – município de Paço do Lumiar.

Com esses ataques, o Sindicato dos Rodoviários informou, em entrevista, a uma rádio da capital que as ações de vandalismo podem resultar na suspensão do transporte público coletivo nas próximas horas.

O presidente do Sttrema, Isaías Castelo Branco ainda garantiu que 100% da frota está na rua desde as primeiras horas da manhã, no entanto, caso tenha indícios de novos ataques, os ônibus serão recolhidos.

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppEmail

Com foco e determinação Aníbal Lins mantém campanha forte e contagiante na reta final

Em uma concorrida disputa para a Câmara de Vereadores de São Luís, o candidato Aníbal Lins (90121) encara os últimos dias de campanha com o mesmo ritmo frenético com que começou sua caminhada.

Cotado entre os favoritos para uma vaga no parlamento municipal, Lins mantém as visitas às comunidades e prioriza o corpo a corpo na conquista do voto. Segundo o próprio candidato esse foi o diferencial do seu trabalho ao longo dos mais de 40 dias de campanha.

unnamed-1

“Ainda estamos a todo vapor e vamos manter o pique até o próximo sábado. Tenho certeza que fizemos uma campanha limpa e com propostas que traduzem o que a nossa gente quer e precisa. A mensagem do 90.121 foi entendida e bem aceita em todas as comunidades que nos receberam. Fizemos uma campanha dentro das comunidades, ao lado do povo. Foram dias e noites conversando e sentindo na pele as dificuldades do pai e da mãe de família, dos idosos, dos jovens. Realidade que vamos mudar para melhor, gerando oportunidade e devolvendo a dignidade dos nossos cidadãos”, garantiu Aníbal Lins.

Por onde passa, a campanha de Aníbal Lins tem chamado a atenção de moradores em razão da preocupação do candidato com os reais problemas de cada bairro. No último fim de semana Aníbal fez campanha no Anil, Cidade Operária, Vila Janaína e Bequimão. Sempre acompanhado de muitos jovens e apoiadores de seu trabalho nessas comunidades, o candidato fez caminhada, visitou casas e conversou com moradores sobre as suas propostas para melhorar a vida de quem vive na capital maranhense.

unnamed

Nesta semana, o candidato já esteve no Bairro de Fátima, onde recebeu apoio do ex-jogador de futebol Gabriel Soeiro, que tem um forte trabalho esportivo voltado aos jovens. Além das visitas, o candidato ainda tem programadas diversas panfletagens em semáforos, escolas e universidades, oportunidade que conversará com estudantes sobre o trabalho que realizará na Câmara.

Hoje, (29) Aníbal Lins terá o apoio de amigos e apoiadores da sua campanha em uma grande carreata que sairá do Bairro Liberdade e seguirá até o Anjo da Guarda, passando pelo Lira e Madre Deus. Com uma plataforma de trabalho robusta para São Luís, Aníbal Lins tem propostas para trânsito, saúde, educação, agricultura, mobilidade, geração de emprego e renda, turismo, segurança e moradia.

 Avaliação

Aníbal Lins avaliou positivamente a campanha eleitoral na capital. Segundo o candidato do Partido Republicanos da Ordem Social (PROS), as novas regras foram bem recepcionadas e as autoridades, mais uma vez, conduziram bem os trabalhos relativos à campanha eleitoral. “Esse quadro só comprova a evolução e o amadurecimento da nossa democracia. Esperamos que no próximo domingo tudo transcorra dentro da normalidade e que o cidadão de São Luís possa escolher bem os seus representantes para os quatro anos que vem pela frente”, finalizou.

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppEmail

São Luís não aceita mais reeleger prefeito que promete muito e realiza quase nada

Do Blog Robert Lobato

Ao final, vemos o quanto a 'mudança e a experiência' são iguais
Ao final, vemos o quanto a ‘mudança e a experiência’ são iguais

O município de São Luís é o farol político do Maranhão.

A partir do que acontece na nossa capital irradia para o resto do estado.

Maior cidade, maior população, principal colégio eleitoral, enfim, São Luís é o centro nervoso da política maranhense.

Há tempos São Luís é conhecida como a “Ilha Rebelde”, epíteto recebido graças ao fato da cidade sempre votar em candidatos não alinhados ao Palácio dos Leões, o que aconteceu, inclusive, em 2012 quando os ludovicenses elegeram Edivaldo Júnior prefeito.

Passados quatro anos daquela eleição, Edivaldo, hoje prefeito pelo PDT, vira candidato à reeleição como opção oficial do Governo do Estado.

Caso seja reeleito, o pedetista quebrará a tradição de rebeldia da cidade. Do contrário, São Luís continuará com a boa fama de Ilha Rebelde, mas com um novo e interessante ingrediente: o de não reeleger prefeito que não honra os compromissos de campanha.

Isso mesmo! O tucano João Castelo elegeu-se prefeito em 2008 ao derrotar o comunista Flávio Dino prometendo uma “nova São Luis” com direito a viadutos, novas escolas, saúde de primeira e até a grande novidade do VLT.

Após quatro anos de gestão, nada de muito prometido por Castelo foi realizado. Resultado: a população entendeu que o prefeito não merecia mais quatro anos à frente da cidade.

Pois é exatamente o que pode acontecer nestas eleições com o prefeito e candidato à reeleição Edivaldo. Dos principais compromissos da campanha de 2012, muita coisa ficou só no “gogó’.

Nada de GPS nos ônibus, nenhuma ciclovia, nenhuma grande avenida construída, nadica de nada do hospital Jackson Lago, a Central de Engenharia de Tráfego ficou no esquecimento, as sub-prefeitura foi só miguelagem, o corredor de transporte nunca veio, o tal BRT virou lenda, e por aí vai. O candidato prometeu muito e prefeito faz quase nada.

Nesse sentindo, a nossa querida Ilha Rebelde pode continuar com tão honrosa denominação por não eleger candidato dominado pela catinga do sovaco dos Leões, com o acréscimo de não reeleger prefeito que promete e não cumpre o prometido.

Isso que é rebeldia, siô…

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppEmail

Wellington denuncia estar sendo seguido e fotografado por Hilux de placa OJB 2761 (São Luís)

Na manhã desta quinta-feira, 29 o deputado estadual e candidato à Prefeitura de São Luís, Wellington do Curso (PP), requereu junto ao Governo do Estado e Presidência da Assembleia Legislativa, pedido de apuração urgente do fato que afirma “estar sendo seguido, monitorado e fotografado por um veículo Hylux preta – OJB 2761 (São Luís)”.  

Pedido de investigação foi protocolado pelo próprio deputado
Pedido de investigação foi protocolado pelo próprio deputado

Wellington ainda solicita que através do ofício protocolado, o secretário de Segurança do Estado e Polícia Federal tome devidas providências.

d4a906ff-afb6-4615-9824-7a45fc7d7f269dd11f5e-44bb-4d32-9899-69defe455e47

É de suma importância que as autoridades tomem atitudes aguerridas diante dos casos que vêm acontecendo por todo o estado. A exemplo de atentados e mortes a políticos, principalmente, durante esse período eleitoral.

Em tempo

Na tarde de ontem, 28 o ex-prefeito e candidato à prefeitura de Itumbiara, interior de Goiás,  Zé Gomes, foi morto a tiros durante carreata eleitoral. O vice-governador de Goiás, José Eliton (PSDB), que também participava do ato foi baleado na barriga. O advogado da prefeitura de Itumbiara, Célio Rezende, também foi atingido.

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppEmail

Jairzinho Filho será eleito vereador de São Luís com a vontade do povo

Já dizia o ditado “filho de peixe, peixinho é”.

13082742_1685955518333257_3600391207033184006_n
“No meu mandato, o povo vai continuar com a palavra” – Jairzinho Filho

Jairzinho Filho, radialista, apresentador do programa ‘O povo com a palavra’ e orgulhosamente conhecido por ser filho do eterno Jairzinho – o amigo do povo – teve o convite dos amigos aceito, disputar uma vaga na Câmara Municipal nestas eleições de 2016.

Querendo dar continuidade aos projetos e trabalhos desenvolvidos pelo seu pai, que foi responsável pela fundação de mais de 80 bairros em São Luís, a incluir o bairro Anjo da Guarda, bairro em que o candidato cresceu, Jairzinho é defensor do lema “meu pai deu a terra e eu vou lutar para que as famílias tenham a posse, em definitivo, com os seus títulos”.

Levantando as bandeiras da:

  • Regularização Fundiária – para que as famílias tenham título de propriedade de suas terras, possibilitando, assim, a linha de crédito;
  • Reestruturação da Guarda Municipal;
  • Apoio aos concursos públicos municipais – lutar para garantir aos concursados a posse em suas vagas
  • Politização da classe da Enfermagem – representar de forma direta e contínua a classe de enfermeiros e técnicos para o fortalecimento dos profissionais;
    – Pela realização iminente de um concurso público para os profissionais e estudantes da área
    – Pela valorização salarial
    – Por melhores condições de repouso
    – Pela criação de uma coordenação de estágio (técnico e superior)
  • Defesa da pessoas com deficiência

14390654_1745105339084941_6427635894065209974_n

O postulante a uma vaga no legislativo municipal é conhecido por ser um homem bem posicionado em suas convicções, por dar oportunidade de vez e voz a metade da população que tem, na maioria das vezes, os seus direitos esquecidos. Com isso, disputando uma vaga para representar os anseios coletivos do povo, Jairzinho Filho, acredita que chegou o momento de potencializar ações que há anos já vem realizando, visando contribuir, de forma mais abrangente, com o desenvolvimento e cumprimentos de políticas públicas e sociais às milhares de famílias ludovicenses, utilizando o seu suporte de mandato parlamentar para isso.

Filho possuiu histórico de realizações na cidade e acredita que tem uma vida de contribuições à comunidades que adota.

“Estou nessa luta, pleiteando uma vaga na Câmara de Vereadores, onde poderei ampliar ainda mais o alcance do meu trabalho, projetos e iniciativas. Quero poder potencializar a minha representatividade em favor de uma população que carece de atenção e olhar sensível do Poder Público”, afirmou o candidato a vereador Jairzinho Filho.

 

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppEmail

Pesquisa Ibope confirma que haverá 2° turno entre Wellington e Edivaldo

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Pesquisa do Instituto Ibope confirmou, em divulgação na noite desta quarta-feira (28), no JMTV 2ª edição, da TV Mirante, que o deputado estadual e candidato a prefeito da coligação “Por Amor a São Luís”, Wellington 11 (PP), estará no segundo turno das eleições, disputando com o atual prefeito e candidato a reeleição, Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

Mesmo sendo alvo, diariamente, de ataques e notícias inverídicas produzidas pela campanha de Edivaldo Jr, que continua usando a máquina pública a seu favor, Wellington, em todos os cenários – seja na pesquisa estimulada ou na contabilização apenas dos votos válidos – aparece bem posicionado na segunda colocação e garantido na próxima etapa do pleito eleitoral em São Luís.

Na pergunta estimulada, na qual são apresentados ao eleitor os nomes dos candidatos, Wellington apresentou 28% das intenções de voto, 20% a mais que Eliziane. O atual prefeito pontuou com 38%.

Quando foram levados em consideração somente os votos válidos, excluindo-se brancos e nulos, o candidato progressista apareceu com 32% das intenções de voto. Edivaldo Jr. pontuou com 42% e Elizane Gama (PPS) com apenas 9%.

img-20160928-wa0112

Rejeição – Wellington continua com um dos menores índices de rejeição.

Apenas 16% dos entrevistados afirmaram não nele no dia 02 de outubro.

Segundo a pesquisa Ibope, ela ouviu 805 eleitores em São Luís, entre os dias 24 e 28, com margem de erro de 3 pontos percentuais. O registro na Justiça Eleitoral recebeu o número MA-05305/2016.

 Pontuação dos demais candidatos

 – Fábio Câmara (PMDB): 4%

 – Rose Sales (PMB): 3%

 – Cláudia Durans (PSTU): 2%

 – Valdeny Barros (PSOL): 1%

 – Zeluis Lago (PPL): 0%

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppEmail

Agora é Lei: Período de tolerância em estacionamentos privados de São Luís é de 30 minutos

d8dd197a-8bf1-443a-a678-b59893d89404

Uma boa notícia para quem achava um absurdo, uma intolerância ter que pagar estacionamentos de até R$ 5, 00, em locais privados de São Luís, principalmente em shoppings da capital, por ter permanecido no local, muitas vezes, por apenas 15 minutos.

O presidente do PROCON/MA Duarte Júnior informou, em Nota, na manhã desta quarta-feira, 28, que, a partir de agora todos os estacionamentos privados de São Luís (como em shoppings, hotéis, hospitais etc.) devem garantir o período mínimo de 30 minutos de gratuidade.

A medida foi determinada pela lei municipal nº 6113/2016 e é constitucional, tendo em vista que trata de assunto de interesse local, resguardada sua competência aos municípios, conforme art. 30, I, da Constituição Federal de 1988.

A mencionada Lei Municipal garante o respeito aos princípios constitucionais da razoabilidade e da proporcionalidade, na medida em que fixa um tempo razoável para que o consumidor possa fazer a opção entre “estacionar” ou apenas “transitar rapidamente” no estabelecimento. Além disso, com esta lei é assegurado o cumprimento dos artigos 5º, XXXII, 170, V da CF/88 e 4•, II e III, do CDC, garantindo a harmonização dos interesses dos participantes das relações de consumo e compatibilizando a proteção do consumidor com a necessidade de desenvolvimento econômico, de modo a viabilizar os princípios nos quais se funda a ordem econômica, como a propriedade privada, livre concorrência e defesa do consumidor, sempre com base na boa-fé e equilíbrio nas relações entre consumidores e fornecedores.

“Nas próximas semanas, iniciaremos as ações de orientação dos consumidores e estabelecimentos em prol do cumprimento da citada legislação para que os estacionamentos privados possam se adaptar e respeitar a nova norma. Afinal, acreditamos que, muito mais do que sancionar, o diálogo é a melhor maneira de assegurar a verdadeira harmonia nas relações de consumo”, garantiu a Nota.

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppEmail