Em baixa e quase ninguém lembrando mais que existe, Pinto da Itamaraty desiste da corrida à Câmara Federal

Não pegou muito de surpresa a informação da desistência do ex-deputado e atual suplente de Senador, Pinto da Itamaraty (SD), dando conta de que não concorrerá mais a uma das 18 vagas para a Câmara Federal.

Segundo informações do próprio suplente, em entrevista a uma rádio da capital, Pinto afirmou que o motivo da desistência se dá em razão de um apoio irrestrito à candidatura de deputado estadual do ex-secretário estadual de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, presidente do partido o qual agora faz parte, Solidariedade. Além disso, pretende “se jogar de corpo e alma” no projeto de reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB).

Sem prestígio até mesmo em suas principais bases de apoio, Pinto prometeu coordenar a campanha majoritária do chefe comunista, na região metropolitana de São Luís, Baixada Maranhense e região do Munim.
Segundo ele, o seu apoio e dedicação se estenderá, também, ao candidato forçado do governo ao Senado, Weverton Rocha (PDT).

Enfim!
Só sendo!

Deputado Júnior Verde se reúne com diretores e técnicos de Institutos para buscar ampliação da regularização fundiária no Maranhão

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) participou na última quarta-feira (15), de uma reunião técnica que teve o objetivo de buscar a ampliação da regularização fundiária no Maranhão por meio de um Termo de Cooperação.

O encontro teve a participação do diretor do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), Joseil Ferreira, do técnico do Instituto de Terras do Maranhão (Iterma), Raimundo Filho e do representante do programa Terra Legal (INCRA), Saller Trovão.

– Defendemos o trabalhador e acreditamos que a regularização fundiária ajudará a fortalecer o produtor rural do nosso estado. Esse Termo de Cooperação entre os órgãos ajudará a definir e a regularizar as terras que contribuem para o crescimento da economia no Maranhão – ressaltou deputado, que é candidato a reeleição.

O Imesc tem estudos e projetos voltados à identificação e delimitação dos limites territoriais no Maranhão. O material será utilizado na construção do Termo de Cooperação que delimitará as terras dos produtores rurais ao longo do Estado.

– O momento é muito importante porque parte da iniciativa dos três órgãos que têm interesse de fazer o perfil do assentado, não só na questão física quanto no meio social-econômico, para que esses beneficiários consigam se identificar como cidadão – destacou Joseil Ferreira, que pontuou ainda o fato de a iniciativa ser capitaneada pelo parlamentar.

Uma das frentes de trabalho de Júnior Verde, desde o início do mandato, é o fortalecimento do trabalhador rural e o candidato não tem medido esforços para que esse segmento tenha qualidade de vida.

– Vamos utilizar os trabalhos e análises feitas pelo Imesc para acelerar os processo da regularização fundiária e da obtenção dos títulos das terras no nosso estado, fazendo assim com que as famílias conquistem seus títulos mais rapidamente – garantiu Raimundo Filho durante a reunião.

O encontro contou ainda com a presença do pesquisador do Departamento de Estudos Territoriais do Imesc, Getúlio Martins; o assessor jurídico George Adriano; e o diretor de Assentamento e Desenvolvimento Rural do Iterma, Rener Santos.

– Esse encontro orquestrado pelo deputado estadual Júnior Verde é muito importante porque nos ajuda a identificar quem de fato é beneficiário dos programas do governo e contribui para a fortalecimento do identidade do trabalhador rural no nosso estado – reiterou Saller Trovão.

Com obra paralisada e ignorando decisão judicial, governador Flávio Dino abandona feira da Cidade Operária e deixa entregue à sujeira e urubus

Lideranças da Feira da Cidade Operária denunciaram o estado precário da feira da Cidade Operária e cobram do Governo do Estado o cumprimento de sentença da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, expedida desde fins de 2015, conforme ação movida pelo Ministério Público, que obrigava o governo Flávio Dino de reformar toda a infraestrutura da feira. Como não houve avanço, o caso foi novamente encaminhado, pelos feirantes, ao gabinete dos deputados estaduais que vêm auxiliando na luta dos trabalhadores.

Os feirantes afirmam que já houve a licitação (Concorrência Pública nº 007/2018 Sinfra),  desde 29 de maio deste ano, para contratação de empresa para realização da obra, mas que até agora nada foi feito.

De acordo com a decisão judicial, o Governo do Estado deveria inserir no orçamento estadual a previsão de verba necessária para a realização da reforma total da Feira da Cidade Operária. Foi estabelecido um prazo de 30 dias para que o Executivo divulgue o programa e cronograma da obra e foi fixada multa diária de R$ 2 mil em caso de descumprimento da ordem judicial.
Os problemas estruturais e administrativos da Feira da Cidade Operária foram amplamente discutidos em audiência pública realizada no dia 18 de novembro de 2015, em sessão promovida na Assembleia Legislativa pela Comissão de Assuntos Econômicos da Assembleia.
Feira da Cidade Operária dominada por urubus
Entre os pontos principais da audiência, ficou deliberado o envio de vários encaminhamentos ao poder público, solicitando providência quando a questão da segurança, em especial a conclusão da reforma do prédio do 6º Batalhão da PMMA; limpeza e saneamento básico, além da organização dos feirantes que exercem a atividade nos boxes do mercado e na parte exterior do prédio, ocupando calçadas e estacionamentos.

Minha imagem do dia: Em tempos de ódio, o amor cobrirá multidão de pecados

Eu não poderia terminar o dia de hoje, 16, mesmo com o coração triste e apertado, pelas imagens brutais, sem dó e trágicas, que repercutiram durante todo o dia, sem sobrepor a tamanha maldade, com imagens de amor, de zelo, de muito dengo, de cumplicidade, de dia a dia e de muito, muito cuidado.

Esse é Senna Alves. Poderia apresentá-lo como o meu filho de 4 patas. Mas, ele é muito mais do que isso.
Ele o amor da vida vida da mamãe, há 5 anos já!

Em tempos de ódio, o amor cobrirá multidão de pecados!

Deputado Júnior Verde segue cumprindo compromissos, lutando por direitos da população e melhorias nos serviços aos maranhenses

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) se reuniu na semana passada com o diretor de Estudos Ambientais do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC), Josiel Ferreira e o assessor jurídico da instituição para discutir mais um vez sobre os limites territoriais dos municípios maranhenses e suas respectivas regularizações fundiárias.

– Ter os limites dos municípios definidos é muito importante para ao cidadão maranhense, porque contribui para a identificação dele com a sua localidade e ainda garante a cobrança de direitos de moradia e qualidade de vida do município ao qual ele pertence – afirmou o parlamentar durante a reunião.

Júnior Verde foi autor do Projeto de Lei que regularizou e definiu os limites territoriais dos municípios que compõem a grande ilha, juntamente com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e IMESC.

– Quem ganha com essa conquista é o cidadão maranhense, que pode hoje saber a qual município pertence e assim, cobrar do gestor de sua cidade os direitos que são assegurados a cada cidadão – pontuou Josiel Ferreira.

Júnior Verde profere palestra em curso preparatório

Na tarde do último sábado, 11, o deputado estadual Júnior Verde (PRB) proferiu uma palestra a alunos de curso preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) na capital maranhense.
Na oportunidade, o parlamentar abordou temas como Filosofia, História e fez um apanhado sobre a Política, como ela nasceu e como ela é vista atualmente.

– Conversar com jovens que estão ainda definindo a suas convicções é revigorante para nós, porque nos faz lembrar que temos de continuar trabalhando em defesa desses cidadãos – comentou Júnior Verde, que é pré-candidato a reeleição.

Os alunos assistiram atentamente à palestra proferida pelo deputado, que antes de ser político, foi professor durante alguns anos. “Fui professor durante um tempo da minha vida e sinto bastante saudade dessa vivência de sala de aula, bem como do convívio com os alunos que ainda estão em formação social. Aproveito para agradecer ao amigo Werbeth pelo convite e pela oportunidade de relembrar os tempos de professor”, completou.

Júnior Verde reúne centenas de pescadores no interior do Estado

No último final de semana, o deputado estadual Júnior Verde (PRB) participou de compromissos em diversos municípios do interior do Estado. O parlamentar segue realizando um mandato participativo, ouvindo demandas da população e buscando meios para atendê-las.

No sábado, o pré-candidato a reeleição participou da I Conferência da Pesca na Região do Turi, na cidade de Santa Luzia do Paruá, onde reafirmou seu compromisso de continuar defendendo os pescadores maranhenses.

– Durante todo o nosso mandato, trabalhamos em defesa do povo maranhense e os pescadores são uma parte fundamental da economia, não só no nosso Estado, mas no Brasil inteiro – apontou o parlamentar durante o evento, que reuniu centenas de presidentes de Associações de Pescadores de toda a região.

Ainda no sábado, Júnior Verde esteve no município de Governador Nunes Freire, onde participou de mais uma reunião com pescadores da cidade e novamente reafirmou a sua luta pelos pescadores.

– Nós temos no Governo Federal uma importante ajuda com o amigo Dayvison, que é secretário nacional da Pesca, uma indicação do nosso partido que certamente tem um olhar especial pelos pescadores maranhenses – informou.

Além dos presidentes de Associações e Sindicatos, estiveram presentes nas duas reuniões o secretário nacional da Pesca, Dayvison de Sousa, e o deputado federal Cleber Verde, além de lideranças das duas cidades e pescadores com seus familiares.

Com muita animação, boa aceitação e otimismo, deputado Wellington do Curso começa campanha de releição nas ruas

Percorrer o Maranhão, ouvir a população e dar voz ao que o povo solicita ou denuncia. Essas sempre foram as características do mandato popular e participativo do deputado estadual Wellington do Curso (PSDB), que já declarou que continuará firme em defesa do povo do Maranhão.

Foi a coragem para lutar, a independência e a humildade fizeram com que o deputado estadual Wellington se tornasse o mais atuante e o que já mais apresentou projetos na Assembleia Legislativa.

Quem acompanha o meu blog, o qual, por coincidência, estreou em Fevereiro de 2015, início do novo parlamento no legislativo maranhense, pôde – e ainda pode – acompanhar e comprovar todo o mandato político do deputado Wellington.

Wellington foi e é aquele deputado que não esperou passar os 4 anos para colocar a cara na rua de novo atrás de voto. Não!
Wellington foi durante esses quase 4 anos de mandato o deputado do povo, literalmente.
O deputado de estar nas feiras.
O deputado de colocar as necessidades de cada família, de cada maranhense, no topo de suas prioridades.
Wellington foi o deputado de pouco gabinete e muita rua. Um mandato que se fez de forma popular,  ouvindo a população.
Ao lado de feirantes. Ao lado de professores grevistas. Ao lado de mães que reivindicavam aulas para os seus filhos. Ao lado de aprovados em concursos que nunca foram chamados. Ao lado de policiais. Ao lado dos idosos, com projetos. Ao lado dos animais. Ao lado das famílias. Ao lado das donas de casa. Ao lado das crianças. Ao lado dos estudantes. Ao lado dos empresários. Ao lado dos profissionais de todas as áreas. Enfim!
Sendo, de fato, o porta-voz do povo mais esquecido que não tem nem vez e nem voz no nosso estado.

Seja no gabinete ou ouvindo a população nas ruas; o trabalho não para!

Ao falar sobre a reeleição, o deputado Wellington, que começou a campanha na feira do João Paulo, destacou que continuará onde sempre esteve “no meio do povo e nas ruas do Maranhão”.

– Como deputado estadual, nunca fui um parlamentar fechado, de gabinete. Começamos a nossa campanha em nossas origens, na feira. O nosso mandato e a nossa reeleição nasce nas ruas, no meio do povo. Ouvindo cada maranhense, apresentando as solicitações, formalizando as denúncias. Visitando os interiores do nosso estado, captando as ideias e lutando por um Maranhão melhor.
Foi com força e coragem que já fizemos muito pela população do nosso estado. Agora, continuaremos juntos rumo à reeleição e em defesa dos professores, estudantes, policiais, servidores públicos, feirantes, donas de casa, empresários…lutando por aqueles que fazem com que nós tenhamos um mandato popular com a cara do povo do Maranhão. Vamos juntos –
afirmou o deputado Wellington.

Como pode ser classificada um ser humano que maltrata e mata, intencionalmente, animais?

Por causa da atrocidade e maldade da profissional de saúde, um cachorro morreu e o outro foi hospitalizado

Segundo informações do Portal Guará, a enfermeira Anna Giselle Ferreira Atan prestou depoimento na noite de hoje (16) na Delegacia Especial de Meio Ambiente. Giselle apareceu em um vídeo, que viralizou na internet, atropelando dois cachorros, de forma intencional, na última terça-feira (14).

Eu, particularmente, não tive coragem de olhar o vídeo cruel e desastroso e, muito menos, olhar fotos (já fiquei aqui com vontade de chorar). Isso é muita maldade!

A Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH) afastou de suas funções a enfermeira Gisele Atan.
O vídeo cruel da atrocidade da profissional da área da saúde foi divulgado nas primeiras horas desta quinta-feira, 16, ganhando revolta e repercussão nacional.

Por meio de uma rede social, o presidente da EMSERH, Vanderley Ramos anunciou o afastamento da enfermeira da empresa.

“A respeito do episódio envolvendo a empregada da EMSERH, Gisele Atan, apesar de ocorrido no ambiente de sua vida privada, quero expressar o sentimento de toda a empresa de profunda indignação e desaprovação, informando que a empregada já se encontra suspensa de suas funções”, afirmou Vanderley.

Sobre o andamento do caso, a delegada Caroliny Fernanda dos Santos da Delegacia Especial de Meio Ambiente informou que todo o levantamento sobre o fato já foi feito e que deve ser concluído ainda esta semana, a fim de que seja encaminhado à Justiça.

O Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão (Coren-MA) também se manifestou sobre o caso e informou, por meio de nota, que repudia o ato praticado.

O Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão (Coren-MA) vem através da presente nota esclarecer que repudia veemente o ato supostamente praticado pela profissional inscrita nesse Conselho onde ocasionou o atropelamento de dois cachorros em via pública, no dia 14 de agosto de 2018, conforme imagens divulgadas em redes sociais. Ato contínuo, informamos que iremos tomar as providências cabíveis em face a profissional envolvida no presente caso; Por fim, estaremos aguardando os desdobramentos do caso e acompanhando o trabalho das autoridades competentes para auxiliar no que for cabível.

Indiciamento

Em caso de indiciamento, o crime é o de maus tratos a animais, previsto na Lei de Crimes Ambientais, que pode ser agravado pelo óbito de um dos animais. A pena inicial é de 3 meses a 1 ano, mas pode ocorrer um aumento de 1/3 a 1/6 da pena pelo óbito.

Em tempo

O caso está tomando repercussão nacional, onde a famosa ativista Luísa Mell compartilhou o vídeo da cena crime em sua conta pessoal no Instagram, A atriz e ativista pede justiça e exige que o governador Flávio Dino tome as providências cabíveis.
O famoso padre Fábio de Melo também também se pronunciou sobre o assunto “Como é que essa pessoa consegue dormir”?  indagou o religioso.

Dada a largada: Campanha eleitoral nas ruas começou, oficialmente, hoje, 16 de Agosto

Estão autorizadas, até o dia 6 de outubro, véspera do primeiro turno, a distribuição de material gráfico, a realização de caminhadas, carreatas ou passeatas e o uso de carro de som pelas ruas, divulgando jingles ou mensagens dos candidatos.
Até 5 de outubro, são permitidos anúncios pagos, na imprensa escrita e a reprodução, na internet, limitados a dez por veículo, em datas diversas, para cada candidato, com tamanho máximo de um oitavo de página de jornal padrão e um quarto de página de revista ou tabloide.

Começou, oficialmente, hoje, quinta-feira, 16 de Agosto a propaganda eleitoral.
Pela legislação, as regras são rígidas e claras – exigem menos barulho e obediência a horários e normas. A propaganda eleitoral na internet é permitida desde que não seja paga. Os diretórios partidários deverão instalar nas sedes serviços telefônicos para atender aos eleitores.

Os partidos e as coligações só poderão utilizar alto-falantes ou amplificadores de som, nas suas sedes ou em veículos, das 8h às 22 horas. O horário para o uso de aparelhagem de sonorização fixa é mais flexível das 8h à meia-noite, podendo ser prorrogado por mais duas horas quando se tratar de comício de encerramento de campanha.

Até 6 de outubro, os partidos e coligações poderão distribuir material gráfico, promover caminhada, carreata, passeata ou utilizar carro de som pelas ruas para divulgar jingles e mensagens de candidatos.

Um dia antes, em 5 de outubro, será permitida a divulgação paga, na imprensa escrita e a reprodução na internet. No jornal impresso, de até dez anúncios de propaganda eleitoral, por veículo, em datas diversas, para cada candidato, no espaço máximo, por edição, de 1/8 (um oitavo) de página de jornal padrão e de 1/4 (um quarto) de página de revista ou tabloide.

Com o número 1321, Aníbal Lins registra candidatura a deputado federal pelo PT-MA

Segundo Aníbal Lins é “hora de lutar em Brasília por geração de empregos sem a retirada de direitos”

O economista Aníbal Lins, oficial de justiça do Poder Judiciário Estadual e presidente licenciado do Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão (Sindjus-MA), registrou nesta quarta-feira, 15 de agosto, com o número 1321, sua candidatura a Deputado Federal pelo Partido dos Trabalhadores (PT) do Maranhão.

Com o objetivo de facilitar a aliança de âmbito nacional entre o PT e PCdoB, Aníbal Lins aceitou a orientação da senadora Gleisi Hoffman, presidente nacional do PT; e do próprio ex-presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, para desistir da sua candidatura ao Governo do Estado pelo PT e apoiar a aliança nacional entre o PT e o PCdoB.

Contudo Aníbal Lins entra na disputa por uma cadeira na Câmara Federal com a mesma motivação e compromisso de fortalecer a campanha pela libertação de Luís Inácio Lula da Silva, de apoiar sua candidatura à Presidência da República nas eleições do próximo dia 7 de outubro; e para defender, de maneira inexorável, os direitos adquiridos dos trabalhadores do campo e da cidade, que foram duramente atacados pelo Governo Michel Temer e pela atual composição do Congresso Nacional, após o impeachment da presidente Dilma Rousseff, em 2016.

A partir de agora, Aníbal Lins pretende percorrer todo o Estado do Maranhão, conversar com suas bases no funcionalismo público, mas também com os trabalhadores rurais, estudantes, população LGBT, militantes dos Direitos Humanos e Movimentos Eclesiais de Base, praticantes de religiões afro, dentre outros segmentos organizados da sociedade civil. “Eu não acredito em democracia sem povo. Quero fazer um mandato participativo, aberto à participação direta dos trabalhadores e da sociedade civil. Por isso também decidi que a “Agenda Unificada para o Desenvolvimento com Justiça Social”, documento que contém as propostas das Centrais Sindicais para o próximo Congresso Nacional, será a minha Carta Compromisso nesta eleição perante todos os maranhenses”, declarou.

Sendo eleito Deputado Federal, Aníbal Lins pretende defender a realização de um “Plebiscito Revogatório das Reformas Trabalhistas e do Congelamento dos Investimentos Sociais por 20 anos”. Isto é, ele defende que a população seja consultada sobre as mudanças na Legislação Trabalhistas e na mudança dos critérios de destinação de recursos públicos para a área social promovidas por Michel Temer e seus aliados. “Precisamos retirar o país da recessão, promover o investimento público, gerar empregos e sem retirar direitos. O Brasil quer e merece ser feliz de novo”, concluiu.

Blog Diego Emir

Em grande festa Hospital Rodrigues Landim, maior Centro de Referência Oftalmológica do Norte e Nordeste do Brasil é reinaugurado em Belém/Pa

Idealizador e proprietário do HRL, Janderson Landim e sua esposa Márcia Landim

Na noite da última quarta-feira, 20, o Grupo R Landim comemorou a reinauguração do maior Centro de Referência em Oftalmologia Rodrigues Landim do Norte e Nordeste do Brasil. O evento que marcou a nova era do Hospital Rodrigues Landim (HRL) aconteceu na Fábrica 242, na cidade de Belém, na presença de familiares, amigos e funcionários do presidente Janderson Landim. Um grande show nacional foi dedicado à comemoração com o cantor Dinho Ouro Preto (Capital Inicial).

Após um breve período de reformas, o HRL conceituado no mercado paraense como um dos melhores hospitais oftalmológicos da região e adjacências traz em seu complexo de saúde ocular a instalação de equipamentos modernos e de altíssimo padrão. Além de continuar contando com um corpo de médicos e profissionais altamente capacitados para atendimento humanizado à população.

DIFERENCIAL

O serviço que o Hospital  presta à população belenense vai além de qualidade em atendimento e exclusividade nos procedimentos oftalmológicos.

Tem, também, o diferencial da proposta de assistência itinerante aos moradores dos municípios do Pará. Um serviço totalmente gratuito, através da “Semana da Saúde Visual”, que leva à população palestras relacionadas à saúde visual, avaliações da acuidade visual, exames como os de movimentos oculares, fundoscopia, biomicroscopia, medição de pressão intraocular, além de procedimentos mais complexos como tratamentos de infecção conjuntiva cirurgias refrativas de miopia e astigmatismo e transplante de córneas, fechando o ciclo dos atendimentos com prescrição e doação de colírios, contando com profissionais altamente competentes, equipamentos portáteis e de última geração,  a nível mundial.

Outra novidade que a Rede HRL trás em seu espaço, é o atendimento pela rede SUS. Em funcionamento desde 2017, o Hospital dispõe de cinco centros cirúrgicos, com capacidade de realizar até 500 procedimentos por semana.

Semana da Saúde Visual

A ação “Semana da Saúde Visual”, já percorreu mais de 40 municípios paraenses, dentre eles, Brasil Novo, Medicilândia, Rurópolis, Belterra, Alenquer e outros, além de ser uma das ações assistenciais mais esperadas do Nordeste brasileiro, principalmente no Piauí. Hospital Rodrigues Landim, unidade Belém, situa-se em uma das melhores localizações e de maior confluência, Rua dos Mundurucus, oferecendo acessibilidade e uma logística melhor aos pacientes.